Celulares

Por Isabele Scavassa, para o TechTudo

Divulgação/Apple

O iPhone SE 2020 continua firme e forte no portfólio da Apple mesmo após a chegada do iPhone 13. Lançado em abril de 2020, o modelo lembra smartphones antigos por repetir o mesmo design do iPhone 8, de 2017. Ele traz detalhes de ficha técnica encontrados no elogiado iPhone 11 Pro Max, como o potente processador A13 Bionic. Nas linhas a seguir, saiba se vale a pena comprar o iPhone SE 2020 mais de um ano depois do seu lançamento.

Ele desembarcou no Brasil pelo preço sugerido de R$ 3.699, mas hoje já pode ser encontrado por cifras que partem de R$ 3.199 na Amazon. – uma queda de R$ 500. O SE 2020 chama a atenção de quem privilegia o custo-benefício. Apesar de ser o item mais básico do catálogo da maçã, está longe de ser um telefone limitado.

Lançado em 2020, modelo básico da Apple continua integrando o catálogo da fabricante. — Foto: Divulgação/Apple

PONTOS POSITIVOS

1. Leitor de impressão digital

iPhone SE (2020) conta com Touch ID para desbloquear a tela — Foto: Divulgação/Apple

A última vez que o recurso marcou presença entre os dispositivos da Apple foi no iPhone 8. A partir do iPhone X e suas variantes, a empresa da maçã resolveu deixar de lado a tecnologia do Touch ID. O leitor de impressão digital saiu de cena para dar espaço ao Face ID, mecanismo de reconhecimento facial para desbloquear a tela. Ele é um dos sistemas mais eficientes na detecção de rostos.

Apesar da tecnologia mais recente ter acompanhado três gerações de iPhones – do X ao 13 –, alguns consumidores apontam a falta do leitor de digitais como algo negativo. Um levantamento demonstrou que um dos motivos para não migrar do Android para o iOS com o lançamento do iPhone 13 era justamente a falta do Touch ID

2. Tela diminuta

iPhone SE 2 foi lançado em abril de 2020. — Foto: Apple / Reprodução

A tela de 4,7 polegadas no iPhone SE 2020 tem proporções menores do que as presentes nos celulares da Apple lançados nos últimos anos. Os números também são inferiores quando comparados aos de modelos de marcas concorrentes, que costumam oferecer aparelhos que esbanjam espaço, com no mínimo 6 polegadas. Apesar disso, a tela diminuta do aparelho pode se tornar um ponto positivo entre os consumidores que buscam smartphones menores.

Isso porque aparelhos com tamanho reduzido costumam ser mais fáceis de ser manuseados ou guardados no bolso, por exemplo. Outro celular da Apple que também é voltado para esse tipo de consumidor é o recém-lançado iPhone 13 Mini, que possui display de 5,4 polegadas.

Apesar de o iPhone SE 2020 ter tela menor que a do novo Mini, ele possui medidas maiores: enquanto o SE - com bordas maiores - possui 67,3 x 138,4 x 7,3 mm (L x A x P), o iPhone 13 Mini apresenta 64,2 x 131,5 x 7,4 mm (L x A x P).

3. Sistema com garantia de atualização

O iPhone SE 2020 sai de fábrica com o iOS 13. Apesar disso, a Apple tem o padrão de garantir suporte por no mínimo cinco anos, o que deve assegurar uma longa vida útil ao software do aparelho. Já está disponível, por exemplo, o update para o iOS 15, com maior possibilidade de personalizações e mais segurança quanto aos dados coletados por apps.

Conheça as funções do novo iOS 15

Conheça as funções do novo iOS 15

Entretanto, a atualização do sistema pode deixar alguns usuários receosos quanto ao desempenho do celular. Relatos em fóruns online pontuam respostas mais lentas após o update, um dos motivos de preocupação. Para evitar que isso aconteça, a Apple passou a entregar apenas os pacotes de segurança, de modo a evitar mudanças mais elaboradas e pesadas, caso o usuário prefira assim.

4. Preço

iPhone SE 2020 tem resistência à água — Foto: Divulgação/Apple

Por se tratar de um modelo de entrada, o iPhone SE 2020 possui ficha técnica mais simples que os demais telefones da marca. Consequentemente, ele apresenta também preços mais em conta, para quem busca um produto da maçã mas quer gastar o mínimo possível. No site da Apple, os valores são de R$ 3.699 para a versão de 64 GB e R$ 4.199 para a de 128 GB. Já a Amazon cobra R$ 3.199 e R$ 3.599, respectivamente.

É possível notar a grande diferença de preço entre o SE 2020 e as versões mais recentes do iPhone ao compará-lo com o iPhone 13 Mini, que custa a partir de R$ 6.599 na versão de 128 GB. O concorrente interno que possui valores mais aproximados é o iPhone 11, que pode ser encontrado por R$ 4.999 (64 GB) e R$ 5.499 (128 GB) na loja oficial. Ele sai por R$ 4.599 e R$ 5.105 na Amazon, respectivamente.

5. Processador A13 Bionic

iPhone SE 2020 usa chipset A13 Bionic, o mesmo usado no iPhone 11. — Foto: Divulgação/Apple

A ficha técnica do iPhone SE 2020 contempla alguns componentes do iPhone 11, como é o caso do processador. O chip A13 Bionic marca presença nos dois modelos e possui atualizações em comparação ao processador anterior, com desempenho 20% mais veloz tanto na computação geral (CPU) quanto em gráficos (GPU). Seu consumo de energia caiu 30%, de acordo com a fabricante.

Alguns recursos do iPhone 11 também se repetem no iPhone SE 2020, como a presença do True Tone, uma espécie de ajuste dinâmico do balanço de branco na tela, bem como suporte ao moderno padrão Wi-Fi 6 e ferramentas de realidade aumentada (AR).

PONTOS NEGATIVOS

1. Falta de suporte para cartão de memória

Aparelhos da Apple não trazem gaveta para microSD. — Foto: Divulgação/Sandisk

Assim como os demais iPhones, o SE 2020 não conta com suporte para cartão microSD, o que automaticamente exclui a possibilidade de expansão do armazenamento. Para esse modelo em específico, a Apple destinava três opções de espaço para dados: 64 GB, 128 GB e 256 GB.

Atualmente é possível encontrar apenas as duas primeiras versões, fator que pode interferir negativamente na hora da escolha entre consumidores que buscam uma mais espaço para arquivos.

2. Câmera traseira

iPhone SE (2020) usa apenas uma lente na câmera traseira. — Foto: Divulgação/Apple

Na contramão das câmeras duplas, triplas e até quádruplas que acompanham os celulares atuais, o iPhone SE opta por manter a lente única na câmera traseira. Assim como no iPhone 8, o sensor é de 12 MP e conta com abertura de f/1.8. Os recursos contemplam o Smart HDR para melhorar contrastes e estabilizador ótico da imagem para evitar os borrões nos registros.

Mesmo que o celular tenha especificações semelhantes aos recém-lançados da Apple, como o sensor de 12 MP e a opção pelo modo retrato, a única lente no arranjo fotográfico pode sinalizar uma desvantagem. Cabe lembrar ainda que, para além disso, as peças usadas na construção da câmera são mais sofisticadas na nova geração, com maior capacidade de captação de luz e de redução de ruído de imagem, por exemplo.

A ausência de uma câmera extra impede a captura de uma foto com ângulo maior ou com zoom reduzido. Vale destacar que mesmo alguns aparelhos de entrada trazem conjuntos elaborados, como é o caso do Galaxy A02S, com arranjo triplo.

3. Design muito antigo

iPhone SE (2020) tem três opções de cores: branco, preto e vermelho. — Foto: Divulgação/Apple

O iPhone SE 2020 reaproveita o design do iPhone 8, que não está mais no catálogo da Apple. Embora as especificações técnicas acompanhem tendências recentes, como um processador atualizado e o suporte para um sistema recém-lançado, a estrutura segue padrões antigos.

Sem notch e outros recortes no painel, as bordas superiores e inferiores tomam uma parte significativa do display, o que interfere diretamente no aproveitamento da tela. Isso pode fazer diferença na decisão daqueles que buscam por produtos com design mais moderno ou por telas mais espaçosas.

Ficha técnica do iPhone SE 2020

Especificações iPhone SE 2020
Lançamento abril de 2020
Preço de lançamento R$ 3.699
Preço atual R$ 3.199
Tela 4,7 polegadas
Resolução de tela 1334 x 750 pixels
Processador A13 Bionic
Memória RAM não informado
Armazenamento 64 e 128 GB
Cartão de memória sem suporte
Câmera traseira 12 MP
Câmera frontal 7 MP
Sistema operacional iOS 13
Bateria não informado
Dimensão e peso 148 g
Cores preto, branco e vermelho

Com informações da Apple

6 fatos sobre o iPhone 13! Preços, novidades e tudo que você precisa saber!

6 fatos sobre o iPhone 13! Preços, novidades e tudo que você precisa saber!

Nota de transparência: Amazon e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação. Os preços mencionados podem sofrer variação e a disponibilidade dos produtos está sujeita aos estoques.

Mais do TechTudo