Celulares

Por Filipe Garrett, para o TechTudo

Reprodução/Samsung

O Galaxy S20 FE chegou ao mercado brasileiro como uma opção mais econômica da Samsung em relação aos S20 mais caros. Inicialmente equipado com o processador Exynos 990, depois o celular passou a ser encontrado também com o chip Snapdragon 865, da Qualcomm. Até hoje há confusão entre os modelos. Nas linhas a seguir, confira as diferenças.

Atualmente as duas versões coexistem no mercado, com fichas técnicas praticamente idênticas. O S20 FE foi lançado por R$ 4.499 e o modelo com o processador da gigante sul-coreana pode ser encontrado com descontos de mais de R$ 1.500. O modelo com o chip Snapdragon tem preços a partir de R$ 4.990 na Amazon. Já a versão mais antiga, com o Exynos, aparece por R$ 2.787.

O Galaxy S20 FE tem recursos premium, antes vistos apenas em celulares topo de linha — Foto: Divulgação/Samsung

Processadores

Como afirmado anteriormente, tanto a versão com o processador Exynos (modelo G 780 F) quanto o produto com Snapdragon (G 780 G) continuam disponíveis no mercado, então é bom o consumidor ficar atento na hora da compra. Ao observar as especificações de ambos, a impressão é de que os dois produtos são praticamente iguais, mas há diferenças importantes entre eles.

O Exynos vem com oito núcleos, dos quais dois rodam a alta velocidade (2,75 GHz), dois têm perfil intermediário, a 2,5 GHz, e outros quatro se destinam a tarefas de baixo consumo, com velocidade de 2 GHz. Já o Snapdragon 865 também é octa-core, mas divide seus núcleos de forma diferente: um deles é de alta performance a 2,84 GHz, três são intermediários de 2,42 GHz e quatro de baixo consumo, rodando a 1,8 GHz.

Galaxy S20 FE pode ser encontrado com processadores diferentes — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Além dessas diferenças, o Snapdragon vem com processador gráfico (GPU) integrado Adreno 650. Por outro lado, o Exynos, que é fabricado pela Samsung, dispõe de um Mali G77 MP11. Historicamente, os Adreno são tecnicamente superiores aos Mali.

O AnTuTu Benchmark, que testa desempenho de celulares, realizou um agregado da pontuação média obtida por cada processador na ocasião do lançamento da linha S20 original – não FE, portanto. Na bateria de testes, o Exynos 990 perde para o Snapdragon por muitos pontos.

No resultado geral, o processador da Qualcomm fez 539.184 pontos contra 516.138 do chip da Samsung. Detalhando esses resultados, há categorias que ajudam a entender melhor onde estão os gargalos: em UX, designação que engloba a “experiência de uso” são 83.640 em favor do Snapdragon contra 75.463 do Exynos. Em “Mem”, referente ao uso de memória do aparelho durante testes, o 865 faz 76.930 pontos contra 75.463 do rival.

O AnTuTu observa que, em performance computacional bruta da GPU, o Exynos 990 chega bem perto do Snapdragon 865. O site especula ainda que as diferenças encontradas na comparação podem ter a ver com o comportamento do Exynos ao ativar os 120 Hz na tela, além de um agendamento mais conservador pela Samsung e que não tira tanto proveito dos núcleos de alta velocidade.

Comparação dos dois processadores usando S20 Plus dá uma ideia da vantagem do Snadragon — Foto: Reprodução/AnTuTu Benchmark

Já o PhoneBuff, outra plataforma de testes de aparelhos, dá sustentação a queixas de que a versão com Exynos esquenta demais. O site fez uma comparação com os Galaxy S20 equipados com os dois processadores para descobrir qual deles aproveita melhor a bateria: o modelo com o Snapdragon ficou 9 horas e 4 minutos de tela ligada, enquanto que o Exynos esgotou a bateria em 8 horas e 14 minutos.

Há uma clara vantagem para a versão com Snapdragon. Descontado o processador, os dois S20 FE são iguais: ambos são vendidos no Brasil com 6 GB ou 8 GB de memória RAM. O armazenamento pode ser de 128 GB ou 256 GB, inclusive com opção de aumento via cartão microSD de até 1 TB.

Tela e design

A tela é igual entre as duas variações do S20 FE: o display usa tecnologia AMOLED e registra taxa de atualização máxima de 120 Hz. Já a resolução é Full HD+ de 2400 x 1080 pixels, resultando numa densidade de pixels por polegada alta de 407 ppi.

Galaxy S20 FE S20 está disponível em seis cores: vermelho, lavanda, laranja, menta, naval e branco. — Foto: Foto: Divulgação/Samsung

Com certificação IP68, o S20 FE vem com uma aparência que lembra bastante os S20 convencionais e mesmo o S21: a tela tem bordas mínimas e só é interrompida por um pequeno furo no topo para a câmera de selfies.

Com vidro na tela e metal nas laterais, o S20 FE corta custos com um painel traseiro em plástico. A versão mais em conta do S20 está disponível em seis cores: vermelho, lavanda, laranja, menta, naval e branco.

Câmeras

O Samsung Galaxy S20 FE vem com três câmeras na parte traseira — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

O sistema de câmeras do S20 FE é triplo: a câmera principal é de 12 MP com lente wide de f/1.8, há uma ultra wide também de 12 MP e um sensor de 8 MP com lente teleobjetiva de f/2.4, capaz de zoom óptico de 3x, além de zoom digital de até 30x.

Com estabilização óptica de imagens, a câmera do S20 FE pode gravar em 4K a 60 FPS e produzir fotos com auxilio da IA (Inteligência Artificial) para realçar qualidade. O celular tem suporte a modo retrato, registra imagens em RAW e permite que o usuário alterne entre as diferentes lentes na hora de fotografar para escolher a melhor composição. Para selfies, o S20 FE é servido de uma lente de 32 MP.

Bateria

Galaxy S20 FE possui bateria suficiente para um dia de uso, de acordo com a Samsung — Foto: Divulgação/Samsung

O Galaxy usa uma bateria de 4.500 mAh de capacidade bruta, suficiente para um dia todo de uso, nas contas da Samsung. Compatível com recarga rápida, o S20 FE vem acompanhado de carregador de 25 Watts na caixa, capaz de recuperar 50% da bateria do celular em apenas 30 minutos de tomada.

Sistema e recursos

O Galaxy S20 FE já recebeu a atualização do Android 11 — Foto: Paulo Alves/TechTudo

O S20 FE é um produto de 2020 que sai da caixa com o Android 10, mas a atualização para a versão 11 do sistema já se encontra disponível. Além disso, assim como outros modelos da Samsung, o telefone roda com a interface One UI. Assim como os Galaxy S mais caros, há leitor de digitais embutido na tela.

Sem 5G, o S20 FE brasileiro tem conectividade Wi-Fi 6 (802.11ax), além de Bluetooth 5.0. Os smartphones, independentemente do processador, também oferecem GPS e NFC, tecnologia que permite pagamento por aproximação. Sem saída para fone de ouvido, o S20 FE traz o dispositivo AKG com entrada USB-C na caixa.

Preços

A opção com o Snapdragon, que parte de R$ 4.990 na Amazon, é mais cara, mas é mais recomendada pelo melhor desempenho. Já o modelo com o Exynos 990 pode ser encontrado por R$ 2.787 no marketplace da Amazon.

Galaxy S20 FE

Especificações Galaxy S20 FE 780G Galaxy S20 FE 780F
Lançamento Maio de 2021 Novembro de 2020
Preço de lançamento - a partir de R$ 4.499
Preço atual a partir de R$ 4.990 a partir de R$ 2.787
Tela 6,5 polegadas 6,5 polegadas
Resolução de tela Full HD+ (2400 x 1080 pixels) Full HD+ (2400 x 1080 pixels)
Processador Snapdragon 865, octa-core de até 2,84 GHz Exynos 990, octa-core de até 2,7 GHz
Memória RAM 6 ou 8 GB 6 ou 8 GB
Armazenamento 128 ou 256 GB 128 ou 256 GB
Cartão de memória microSD de ate 1 TB microSD de ate 1 TB
Câmera principal tripla, 12, 8 e 12 MP tripla, 12, 8 e 12 MP
Câmera de selfies 32 MP 32 MP
Sistema operacional Android 10 com atualização para Android 11 Android 10 com atualização para Android 11
Bateria 4.500 mAh 4.500 mAh
Dimensões e peso 159,8 x 74,5 x 8,4 mm; 190 gramas 159,8 x 74,5 x 8,4 mm; 190 gramas
Cores vermelho, lavanda, laranja, menta, naval e branco vermelho, lavanda, laranja, menta, naval e branco

Com informações de Samsung, AnTuTu, GSM Arena e PhoneBuff

Nota de transparência: Amazon e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação. Os preços mencionados podem sofrer variação e a disponibilidade dos produtos está sujeita aos estoques.

Mais do TechTudo