Internet

Por GoDaddy

Getty Images

Tirar uma ideia do papel e começar a dar corpo a ela na Internet não precisa ser um processo longo nem custoso. Em live do projeto Do Zero ao Um com o TechTudo, o country manager da GoDaddy no Brasil, Luiz D’Elboux, mostrou como o empreendedor e os profissionais autônomos podem buscar oportunidades com as estratégias digitais corretas, a fim de se conectar com seus possíveis clientes.

Para D'Elboux, em um cenário econômico conturbado e de muitas incertezas, como agora, é essencial conhecer as estratégias e as ferramentas que fazem render os esforços para captar novos clientes.

Além da boa presença em redes sociais, uma empresa sem site com domínio próprio perde a chance de aproximar-se de um novo público que está buscando por seus produtos e serviços no Google.

Por exemplo, levantamento recente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas mostra que 97% das pessoas pesquisa na Internet o valor dos produtos que pretendem comprar antes de ir a uma loja física.

"Existem excelentes opções, hoje em dia, para você começar sua presença virtual. Muita gente acha que ainda pode ser caro começar um negócio na internet, mas essa não é mais a realidade. Temos produtos muito acessíveis e o primeiro passo é mesmo o empreendedor colocar a sua marca e ter o seu domínio", reforça D’Elboux.

Na conversa, apresentada pela jornalista Thays Scavacini, o executivo listou três passos essenciais para os pequenos empresários começarem a construir sua presença digital:

Passo 1 - Registrar um domínio para a ideia de negócio

O domínio é o endereço da empresa na Internet. A GoDaddy é a maior empresa do mundo em registro e comercialização de domínios, porém, nos últimos anos, evoluiu para auxiliar os clientes na criação de sites otimizados e funcionais.

Atualmente, a GoDaddy oferece o pacote exclusivo Site + Marketing de R$ 14,90 por mês, que inclui registro de domínio e todas as ferramentas que você pode precisar para profissionalizar sua presença digital.

O executivo da companhia demonstrou na live que uma pessoa pode registrar um domínio por menos de R$ 6 pelo primeiro ano, escolhendo uma extensão diferenciada. Ao invés de optar pelos convencionais “.com” e “.com.br”, existem opções mais baratas e mais criativas, como .shop, .online, .site, .digital e .store, entre muitas outras.

A GoDaddy oferece quase 500 alternativas de extensões que podem ajudar a reforçar a marca da empresa e complementar de forma criativa o domínio.

Esse endereço deve ser curto, fácil de memorizar e escrito da mesma forma em que é pronunciado, para ser encontrado em buscas por voz. Por exemplo, uma cafeteria pode registrar um domínio “.cafe”, enquanto uma loja de sapatos pode ter seu endereço como “sapataria.shop”, que podem construir uma marca mais memorável do que o tradicional “.com.br”.

É possível fazer a busca de domínios e extensões na página inicial da GoDaddy. Caso as palavras ou expressões que você deseja já tenham sido registradas, além de mostrar alternativas, a companhia pode procurar o dono original e fazer uma oferta pelo endereço.

2 - Criar um site para o projeto e compartilhar com a rede de contatos

O próximo passo é criar um site para o seu domínio registrado, que vai consolidar a presença da empresa ou do profissional na Internet, transmitindo uma visão de mais segurança e profissionalismo para os futuros clientes conhecerem sua história, seus produtos e serviços.

Para D’Elboux, um site é como um funcionário incansável, que trabalha 24 horas por dia nos 365 dias do ano. Um site bem construído, que utilize as palavras certas e informações corretas em seu conteúdo, vai ser melhor posicionado nas buscas do Google e de outras plataformas, até mesmo para quem procura por lojas ou soluções com base na localização, como "padaria perto de mim".

Além dos serviços para profissionais especializados, a GoDaddy oferece a ferramenta de criação de sites para teste gratuito por 30 dias, inclusive, com permissão para publicação.

A plataforma básica é intuitiva, com diversas dicas que vão guiando o processo, e trabalha com modelos prontos para segmentos e tipos de negócios. Se desejar, o trabalho do empreendedor é apenas substituir as imagens e os textos por seu próprio conteúdo. A vantagem é a facilidade de uso, que permite que até pessoas com nenhuma intimidade com programação ou ferramentas de design consigam chegar a um bom resultado.

O site pode ter páginas para os produtos oferecidos, com riqueza de informação e imagens; uma seção contando a história da empresa, falando do propósito e da missão, para conquistar a confiança do consumidor; e também mostrando os processos e a logística.

Com um conteúdo bem construído e usando as palavras certas para o segmento, o site vai começar a aparecer nas buscas do Google e de outros serviços. "É preciso estruturar bem o site, ter boas descrições dos produtos, pesquisar as palavras-chave e criar conteúdo baseado nessas palavras. As primeiras posições nas buscas valem ouro e são possíveis se você faz um trabalho persistente e com qualidade", afirma D’Elboux.

Para ajudar, a plataforma da GoDaddy conta com recursos de otimização de SEO (Search Engine Optimization, ou otimização para mecanismos de busca), também comparando com negócios similares, para que o site cresça baseado em práticas de sucesso.

"Recomendamos começar primeiro pelo site, simples, com as imagens dos produtos, para ir compartilhando. As pessoas vão começar a pedir preço por e-mail ou Whatsapp. Quando você começar a receber pedidos, é a hora de montar uma loja online", indica o executivo.

A seção da loja é acrescentada ao site e já pode ser integrada aos Correios e serviços de envio, para determinar frete, e a meios de pagamento, pela mesma plataforma da GoDaddy.

3 - Criar uma marca e deixar as redes sociais mais profissionais

A terceira dica do executivo da GoDaddy é aproveitar o potencial das redes sociais ao máximo, mas sem depender unicamente delas. Como ele frisou, um site com domínio registrado passa uma imagem mais confiável e profissional.

Ao mesmo tempo, vimos as duas principais redes sociais e o aplicativo de mensagens mais usado no Brasil saírem do ar na mesma tarde, há duas semanas, deixando milhões de lojas e empresários sem ter como atender seus clientes. Quem tinha um site estabelecido com loja online não teve esse problema.

Para ajudar empreendedores e profissionais a profissionalizar sua presença nas redes sociais, a GoDaddy lançou o GoDaddy Studio, ferramenta gratuita que tem um plano premium com outros serviços da empresa.

É um criador de designs personalizados e exclusivos, também a partir de modelos pré-prontos, para criar posts do Facebook, Instagram e Twitter, stories, capas para os perfis, anúncios, cartazes e panfletos. Conta também com um criador de logos, para que a marca ganhe uma identidade visual própria.

"Vemos muito empreendedor usando suas redes pessoais, mas isso não passa seriedade. O ideal é criar sua identidade visual com uma similaridade entre os posts, usando as mesmas cores e o seu logo. Assim, você eleva o nível visual da sua empresa e aparece de forma mais atraente e profissional", comenta o country manager da GoDaddy no Brasil.

Ao final, uma presença digital consolidada e que apresente resultados de sucesso vai ser fruto do uso de todas as possibilidades, com um site e loja online bem construídos e posicionados em buscas orgânicas e redes sociais ativas, com alto índice de interação do público.

O projeto Do Zero ao Um, realizado pelo TechTudo em parceria com a GoDaddy, tem como objetivo ajudar os profissionais e pequenos empreendedores a colocarem suas ideias em prática utilizando todos os recursos que o mundo digital proporciona. A página reúne conteúdos para incentivar ideias, tendências de mercado e roteiros passo a passo para quem está começando a estruturar sua presença digital.

GoDaddy
Mais do TechTudo