Por Lucas Santos, para o TechTudo

Divulgação/Compology

Uma iniciativa sustentável foi implementada na cidade de Miami, nos Estados Unidos, com objetivo de tornar o sistema de reciclagem mais moderno, eficiente e barato. Câmeras serão instaladas em algumas lixeiras da cidade com objetivo de identificar quando há grande quantidade de resíduos para coleta. A iniciativa começará em 40 lixeiras de prédios municipais, da polícia, dos bombeiros e de parques, numa parceria entre serviço público e uma empresa de tecnologia.

As câmeras posicionadas dentro das lixeiras tiram de três a cinco fotos por dia e encaminham para a de nuvem da empresa. Em seguida, um sistema de inteligência artificial é responsável por analisar as imagens e definir se a lixeira está cheia e quando a coleta será feita. Outro destaque é a identificação do tipo de lixo, pois assim é possível conscientizar a população sobre o descarte responsável e reciclagem dos itens.

Câmera registra imagens ao longo do dia para saber quando a lixeira está cheia para a coleta — Foto: Divulgação/Compology

Com a coleta programada para quando as lixeiras estão cheias, a proposta é que o caminhão de lixo circule com menos frequência. Como resultado, espera-se que a emissão de CO2 seja reduzida, bem como o tráfego nas vias da cidade, despejo ilegal e a poluição sonora. Outro ponto que se destaca é o custo operacional, pois o caminhão coletor tende a percorrer um caminho menor quando não há a necessidade de verificar quais lixeiras estão cheias pela cidade.

Segundo as especificações da empresa, as câmeras alocadas nas lixeiras são resistentes à agua com certificação IP67 e contam com uma bateria que tem autonomia de cinco anos. A câmera de ângulo amplo contém GPS, Bluetooth, NFC e acelerômetro. As dimensões do dispositivo são de 10,1 cm (A) x 13,2 cm (L) x 9,1 cm (P), e o peso é de cerca de 520 g.

Câmera não ocupa muito espaço dentro da lixeira — Foto: Divulgação/Compology

A empresa já é conhecida nos Estados Unidos por implementar sistemas de reciclagem que auxiliam na redução de emissões e custos operacionais. Há parcerias com restaurantes de fast food e a empresa de segurança ADT Security. Segundo o governo de Miami, os dados obtidos nessa fase do projeto servirão como base para a execução de um projeto de medição de resíduos para as instalações municipais e empresas privadas da cidade.

Com informações de Fast Company e Governo de Miami

Cinco acessórios para casa inteligente

Cinco acessórios para casa inteligente

Mais do TechTudo