Celular
Publicidade

Por Isabele Scavassa, para o TechTudo

Divulgação/Motorola

A Motorola renovou a linha de celulares básicos com os recém-lançados Moto E20 e Moto E40, que vieram para ocupar o espaço deixado por modelos como o Moto E7. Ambos possuem tela de 6,5 polegadas, mas diferem em praticamente todas as demais especificações – e no preço. Confira a seguir a ficha técnica de cada um.

O Moto E20 desembarcou no Brasil em setembro de 2021 pela cifra de R$ 999 com duas opções de cor: cinza ou azul. Já o Moto E40 chegou logo em seguida, em outubro, por R$ 1.499 e nas tonalidades grafite ou rosê.

Moto E40 é lançado por R$ 1.499 — Foto: Divulgação/Motorola

Tela e design

As telas de ambos os aparelhos de entrada da Motorola apresentam 6,5 polegadas com resolução HD+ de 1600 x 720 pixels. Tal formato é comumente visto em telefones de entrada e não confere tanta qualidade quanto ao encontrado em painéis Full HD, por exemplo.

Outro aspecto em comum entre os dispositivos é o painel IPS LCD, que tende a entregar cores menos vivas, principalmente o preto, que pode ter um aspecto acinzentado.

O Moto E20 conta com um notch em formato de gota para abrigar a câmera frontal — Foto: Reprodução/ Motorola

Entretanto, no caso do Moto E40, uma das especificações que pode compensar os números mais baixos da resolução é a tela de 90 Hz, taxa de atualização que se sobressai entre a maior parte dos modelos da categoria, que contam com apenas 60 Hz, a taxa presente no E20. Essa característica tende a conferir maior fluidez na transição de imagens, apesar de consumir um pouco mais de bateria para isso.

No design, os aparelhos possuem algumas pequenas diferenças. Enquanto o Moto E40 aposta na câmera alocada em um furo na tela, o Moto E20 mantém o notch em formato de gota. Apesar dos esforços para o maior aproveitamento da tela na parte superior, a borda inferior de ambos tem destaque acentuado na moldura. A parte traseira, por sua vez, segue a mesma lógica tanto no E20 quanto no E40 e alinha as lentes do conjunto fotográfico na vertical.

Câmera

No quesito câmeras, o E20 conta com um conjunto duplo que comporta um sensor primário de 13 MP e outro de profundidade com 2 MP. Dessa forma, o celular consegue entregar registros com fundo desfocado, proporcionando o efeito do modo retrato.

Moto E40 investe em câmera tripla com lentes de até 48 MP — Foto: Divulgação/Motorola

Já o Moto E40 chega com uma lente a mais no arranjo e investe na tecnologia Quad Pixel, que combina quatro pixels em um para conferir maior sensibilidade no registro de imagens feitos em locais com pouca luminosidade. A câmera tripla possui um sensor principal com 48 MP, além do macro e de profundidade com 2 MP cada.

O destaque do conjunto vai para o sensor principal, pela quantidade de megapixels em comparação com o E20, mas também pela câmera macro, que pode trazer mais possibilidades na captura de fotos. Com essa tecnologia, o smartphone consegue, por exemplo, tirar fotografias de perto com riqueza de detalhes.

No que diz respeito às câmeras frontais, o sensor do Moto E20 disponibiliza 5 MP, enquanto o do E40 garante 8 MP para as selfies. Um dos poucos aspectos em comum fica por conta da gravação de vídeos que, em ambos os casos, é feita em Full HD+ a 30 fps (quadros por segundo).

Desempenho e armazenamento

Ambos os aparelhos usam processadores de oito núcleos da Unisoc, que devem entregar resultados satisfatórios na realização de tarefas básicas do cotidiano sem engasgos. Enquanto o Moto E20 usa o modelo T606, que alcança velocidade de até 1,6 GHz em conjunto com a placa gráfica ARM Mali-G57, o E40 conta com a versão T700, com 1,8 GHz de desempenho máximo.

Moto E40 conta com processador Unisoc T700 de oito núcleos — Foto: Divulgação/Motorola

Com base na ficha técnica dos dois celulares, é possível dizer que o E40 tende a entregar respostas mais rápidas. Esse destaque se repete também no armazenamento, visto que o primeiro modelo garante pelo menos 64 GB de espaço para dados, enquanto o segundo reserva apenas 32 GB. A memória RAM também segue essa lógica ao conferir 2 e 4 GB nos respectivos aparelhos. Ambos contam com suporte a cartão microSD, que permite expansão de memória aos smartphones.

Bateria

A capacidade da bateria demarca uma diferença de 1.000 mAh entre um celular e outro. Nesse caso, o Moto E40 consegue entregar 5.000 mAh, enquanto o E20 traz 4.000 mAh – o que também é um número significativo, já que deve proporcionar até 40 horas longe das tomadas, segundo a Motorola.

Capacidade da bateria do Moto E40 é de 5.000 mAh — Foto: Divulgação/Motorola

Se o E20 proporciona quase dois dias de autonomia, o E40 consegue proporcionar 76 horas ininterruptas de música, 14 de reprodução de vídeo e até 10 horas de navegação na internet. Embora eles se diferenciem nos mAh do componente, a recarga conta com a mesmo dispositivo, que é o carregador rápido com potência de 10 Watts da Motorola.

Versão do Android

Tanto o E20 quanto o E40 chegam com o Android 11 nas configurações de fábrica. Entretanto, o Moto E20 roda o sistema na versão Go Edition, uma alternativa mais leve e que geralmente é usada em alguns telefones de entrada. Apesar da breve distinção, os dois celulares conseguem oferecer funções como a de permissão única aos apps, que limita o acesso dos aplicativos ao microfone e à câmera, conferindo maior privacidade aos usuários.

Navegação por gestos é uma das novidades do Android 11 Go — Foto: Divulgação/Google

A navegação por gestos também chega ao Android 11 Go, assim como a barra de notificações com parte dedicada às mensagens. Ainda no quesito do sistema operacional, vale dizer que os dois celulares tendem a receber atualização para a versão mais recente, o Android 12, que deve começar a ser distribuída em breve.

Recursos adicionais

Entre os recursos disponíveis, é possível citar o leitor de impressão digital, que fica alocado na traseira dos dois celulares, mais precisamente na logo da Motorola. Outro aspecto comum aos dois modelos é o botão de acesso rápido ao Google Assistente, localizado na lateral dos telefones.

Moto E20 e Moto E40 trazem sensor de impressão digital na traseira — Foto: Divulgação/Motorola

Em termos de conectividade, eles trazem suporte ao Wi-Fi de até 2,4 GHz e Bluetooth 5.0, capaz de transferir dados duas vezes mais rápido do que a versão anterior dessa tecnologia, a 4.2. A rede usada é a 4G LTE, ou seja, nenhum dos dois dispositivos oferece a internet de quinta geração. As entradas contemplam a porta P2, para fones, e USB-C para o carregador incluso na caixa.

Preço

Os dois telefones chegaram ao Brasil no segundo semestre de 2021. Os valores de R$ 999 no Moto E20 e R$ 1.499 no Moto E40 continuam sem alterações. Ambos entregam o esperado de smartphones básicos, mas por R$ 500 a mais o consumidor pode levar para casa recursos adicionais como câmera tripla, bateria de 5000 mAh, maior capacidade de armazenamento interno e processador mais veloz.

Moto E20 vs Moto E40

Especificações Moto E20 Moto E40
Lançamento setembro de 2021 outubro de 2021
Preço de lançamento R$ 999 R$ 1.499
Preço atual R$ 999 R$ 1.499
Tela 6,5 polegadas 6,5 polegadas
Resolução de tela HD+ HD+
Processador Unisoc 1606 Unisoc T700
Memória RAM 2 GB 4 GB
Armazenamento 32 GB 64 GB
Cartão de memória sim, microSD sim, microSD de até 1 TB
Câmera principal dupla, 13 MP e 2 MP tripla, 48 MP, 2 MP e 2 MP
Câmera frontal 5 MP 8 MP
Sistema operacional Android 11 (Go) Android 11
Bateria 4.000 mAh 5.000 mAh
Dimensões e peso 185 x 75,6 x 8,5 mm; 185 g 165,1 x 75,7 x 9,1 mm; 198 g
Cores cinza e azul grafite e rosê

Com informações da Motorola (1, 2)

Mais do TechTudo