Celulares

Por Willian Rodrigues, para o TechTudo

Divulgação/Samsung

O Galaxy M62 é um dos celulares com maior bateria do mercado brasileiro. São 7.000 mAh de capacidade, número que o coloca à frente, inclusive, de smartphones que pertencem a categorias superiores, como iPhone 13 ou Galaxy S21. Lançado por R$ 3.499, o smartphone é encontrado na Amazon por R$ 2.313 – queda de R$ 1.186. Saiba tudo sobre o aparelho da Samsung nas linhas a seguir.

O celular está disponível nas cores azul ou preto e possui tela de 6,7 polegadas AMOLED Plus, 128 GB de armazenamento interno e 8 GB de memória RAM. A câmera traseira possui quatro sensores, sendo o principal de 64 MP.

Galaxy M62 — Foto: Divulgação/Samsung

Ficha técnica do Galaxy M62

  • Tamanho da tela: 6,7 polegadas
  • Resolução da tela: 2400 x 1080 pixels
  • Painel da tela: Super AMOLED Plus
  • Câmera principal: quádrupla, 64, 12, 5 e 5 MP
  • Câmera frontal: 32 MP
  • Sistema: Android 11, One UI 3.1
  • Processador: Exynos 9825 (octa-core de até 2.73 GHz)
  • Memória RAM: 8 GB
  • Armazenamento: 128 GB
  • Cartão de memória: sim, microSD de até 1 TB
  • Capacidade da bateria: 7.000 mAh
  • Dual SIM: Dual SIM (nano SIM)
  • Peso: 218 gramas
  • Cores: azul e preto
  • Anúncio e lançamento: agosto de 2021
  • Preço de lançamento: R$ 3.499
  • Preço atual na Amazon: R$ 2.313

Tela e design

Em relação ao design, um dos primeiros aspectos que chama a atenção no aparelho é a cor. O Galaxy M62 possui coloração metalizada e em degradê que dá um estilo diferenciado ao smartphone. Apesar disso, o plástico é o material aplicado no acabamento, que também não conta com proteções como Gorilla Glass para o vidro ou certificação IP para água e poeira.

Galaxy M62 possui tela infinita e cor degradê, nas cores azul e preto — Foto: Divulgação/Samsung

A tela também tende a chamar a atenção pela vivacidade das cores e brilho, uma vez que conta com um display Super AMOLED Plus. A resolução Full HD+ associada às 6,7 polegadas da superfície devem proporcionar imagens nítidas, sem deixar os pixels aparentes.

Já o sensor biométrico é montado na lateral do aparelho, pouco abaixo do botão de volume e numa posição bastante confortável para o dedo polegar (caso seja destro). O dispositivo possui conexão USB-C, porém da geração 2.0, mais antiga que a presente nos aparelhos premium atuais. Por outro lado, a conexão garante acesso a pen-drives e outros assessórios graças ao OTG.

Câmera

O Galaxy M62 dispõe de um conjunto de quatro câmeras na parte traseira:

Já na parte frontal, a câmera de 32 MP (f/2.2) promete selfies de qualidade para os proprietários do modelo intermediário da Samsung.

Outros atrativos encontrados nas câmeras do smartphone são o Modo Noturno, que deve proporcionar fotos de qualidade mesmo com pouca luz, e o recurso Single Take, que gera várias fotos e vídeos com um único toque no disparador por meio de Inteligência Artificial.

Câmeras do Galaxy M62 — Foto: Divulgação/Samsung

Ambas as câmeras – principal e frontal – filmam em 4K a 30 quadros por segundo. Não há qualquer menção à estabilização de imagem, seja digital ou ótica.

Desempenho e armazenamento

A Samsung já é conhecida por equipar boa parte dos seus smartphones com o processador de montagem própria, o Exynos, que não agrada parte dos clientes. O Galaxy M62 não é exceção e conta com o Exynos 9825, com oito núcleos e velocidade entre 1,95 e 2,73 GHz. Trata-se de um sistema potente, que deve garantir bom desempenho e economia de energia. É o mesmo processador do Galaxy Note 10.

As semelhanças com o celular de 2019 não param por aí, uma vez que ele também recebeu o mesmo chip gráfico (Mali-G76 MP12) do antigo topo de linha da Samsung. Além disso, o smartphone conta com 128 GB de armazenamento e 8 GB de memória RAM.

Bateria

Talvez o quesito que mais chame a atenção neste smartphone seja a sua bateria parruda de 7.000 mAh, uma das mais potentes entre os celulares disponíveis no mercado. E ainda que existam aparelhos com bateria maior ou que as letras miúdas no site da Samsung façam crer que a capacidade nominal pode ser um pouco menor, o componente deve garantir energia para dois dias longe da tomada.

Outro ponto importante é o carregamento rápido de 25 Watts, que deve proporcionar o carregamento completo da bateria em pouco menos de duas horas. O aparelho vem com carregador na caixa. Além disso, é possível utilizar o celular em carregamento reverso com aparelhos compatíveis como assessórios ou outros smartphones, por meio da conexão USB-C.

O Galaxy M62 tem uma bateria gigante, de 7.000 mAh — Foto: Divulgação/Samsung

Versão do Android e recursos adicionais

O smartphone vem com o Android 11 embarcado de fábrica. E uma vez que a Samsung prometeu atualização da linha M por quatro anos, o celular deve chegar bem a 2024. Essa garantia é benéfica pois possibilita a continuidade de aplicativos, além do acesso às contas Google, que podem ficar comprometidas caso o sistema não seja atualizado.

A carteira virtual Samsung Pay está presente no aparelho. Aliás, ele é um dos primeiros telefones da linha M a contar com o recurso que realiza pagamentos por aproximação (via NFC) e dispensa o cartão físico.

Preço e disponibilidade

Anunciado em agosto de 2021 por R$ 3.499, hoje o Galaxy M62 é encontrado por R$ 2.313 na Amazon. As cores azul e preto têm tratamento metalizado, o que garante um design elegante ao aparelho. Tais características o colocam no mesmo patamar de aparelhos como o Galaxy A52S.

Com informações de Samsung e GSM Arena.

Nota de transparência: Amazon e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação. Os preços mencionados podem sofrer variação e a disponibilidade dos produtos está sujeita aos estoques.

Mais do TechTudo