Fones de ouvido

Por Raquel Freire, para o TechTudo


Os AirPods 2 foram lançados pela Apple em março de 2019. A segunda geração do fone de ouvido sem fio manteve o design de sucesso do estreante da linha, mas com algumas melhorias técnicas, como o chip H1 — presente também nos AirPods Pro e nos AirPods 3, este último lançado em outubro de 2021. Outra característica aplaudida é a compatibilidade com a Siri, que permitiu ao fone ser controlado por meio de comandos de voz.

O modelo chegou ao Brasil com preço de R$ 1.349 em sua versão de entrada, sem estojo de recarga sem fio. Hoje, a mesma variante custa R$ 1.649 na loja oficial da maçã. Além de ter ficado mais caro, as especificações — que não incluem recursos como cancelamento ativo de ruído e resistência à água — podem ser um pouco defasadas em relação a fones de ouvido atuais. Confira a análise da ficha técnica do AirPods 2 e veja se vale a pena comprar o fone mais de dois anos após seu lançamento.

Confira análise da ficha técnica dos AirPods 2 e veja se vale a pena comprar fone da Apple em 2021 — Foto: Divulgação/Apple

Ficha técnica AirPods 2:

  • Lançamento: março de 2019
  • Preço: R$ 1.649
  • Peso: 4 g
  • Cores: branco
  • Conectividade: Bluetooth 5.0, Lightning
  • Bateria: 5 horas (24 horas com estojo)
  • Microfone: sim
  • Chip: H1

Design

O visual dos AirPods 2 é praticamente o mesmo do seu antecessor — e dos seus sucessores também, a saber. Como sempre, a Apple investiu em um design minimalista e elegante, com corpo todo em branco. Pequeno e leve, o fone tem 4 cm de altura, 1,6 cm de largura e 1,8 cm de espessura, pesando 4 g.

O modelo tem design auricular — ou seja, não fica dentro do canal auditivo. Isso é aliado ao fato de que ele não traz ponteira de silicone, resulta em menor isolamento acústico.

Outra crítica constante do aparelho da Apple é a de que ele cai com facilidade da orelha. No entanto, nos testes do TechTudo, realizados com a primeira geração dos AirPods, isso não aconteceu. O gadget ficou firme mesmo balançando a cabeça, resultado que deve se repetir com o sucessor, já que até o peso é o mesmo.

AirPods 2 tem design auricular e visual minimalista — Foto: Divulgação/Apple

Bateria e estojo de recarga

Os AirPods 2 conseguem reproduzir até cinco horas de música direto e até três horas de conversação com uma só recarga, tempo obtido nos testes da Apple com volume a 50%. Já uma carga de 15 minutos permite tocar até três horas de áudio ou até duas horas de conversação telefônica. Dentro do estojo de recarga, por sua vez, o fone reproduz 24 horas de música ou até 18 horas de conversação.

O estojo possui conector Lightning e pode ser recarregado sem fio, por meio do padrão Qi, usado pela maioria dos dispositivos de carregamento wireless. Na parte da frente há um indicador LED que mostra o status da bateria, sinalizando quando a carga está completa.

Qualidade de som

A Apple não divulga as especificações de áudio dos AirPods, portanto é impossível fazer uma análise estrita da ficha técnica neste quesito. É possível projetar, no entanto, que o desempenho seja um pouco superior ao da primeira geração do fone, tendo em vista que houve melhoria no processamento com a introdução do chip H1. De acordo com a fabricante, ele possui capacidade melhor de transmissão de voz sem chiados.

Os AirPods originais, que foram testados pelo TechTudo, entregam graves pouco encorpados. A qualidade sonora foi, em geral, semelhante a dos EarPods, modelo com fio da maçã.

Apple AirPods 2 deve entregar áudio mais limpo que o antecessor, mas mantendo graves pouco encorpados — Foto: Divulgação/Apple

Funcionalidades

Os AirPods 2 podem ser ativado com o comando de voz "E aí, Siri?", da mesma forma que os AirPods 3 e Pro. Na prática, isso significa que o usuário pode falar diretamente, sem precisar dar toques no fone, como acontecia na primeira geração.

Ele também conta com compartilhamento de áudio, funcionalidade que permite ouvir conteúdos junto com outra pessoa. Cada pessoa precisa ter um par de AirPods e pode controlar o volume de forma independente.

Outros recursos presentes nos modelos atuais, entretanto, não fazem parte da segunda geração. Essa ausência engloba cancelamento de ruído ativo, resistência a água e suor, áudio espacial e rastreamento dinâmico de cabeça, que criam um ambiente sonoro mais imersivo em conteúdos (filmes ou músicas) compatíveis com a função.

Compartilhamento de áudio é um dos recursos dos AirPods 2 — Foto: Divulgação/Apple

Preço

Os AirPods 2 custam R$ 1.649 na loja oficial, mas podem ser encontrados no varejo nacional por preços a partir de R$ 995. Cabe lembrar que, no site da Apple, os AirPods 3 saem por R$ 2.399. Já os AirPods Pro podem ser encontrados por R$ 2.000 na Amazon e os AirPods Max têm preço de R$ 6.899 na varejista.

Quando comparado com marcas rivais, o modelo fica bastante caro, algo já esperado para um produto Apple. O Xiaomi Air 2 SE, que traz design "chupado" dos AirPods e ficha técnica quase idêntica, custa R$ 145 na loja oficial da Xiaomi.

Já o JBL Reflect Flow, que foi considerado o melhor fone de ouvido na IFA 2019, é encontrado com preços a partir de R$ 594. Ele faz parte da linha Reflect, que certifica a fidelidade do som estéreo do dispositivo, e traz como outros atrativos bateria com dez horas de reprodução de música, Bluetooth 5.0 e certificação IP67, o que faz dele à prova d'água e poeira.

Nota de transparência: Amazon e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação. Os preços mencionados podem sofrer variação e a disponibilidade dos produtos está sujeita aos estoques.

Mais do TechTudo