Celulares

Por Thássius Veloso

Helito Beggiora/TechTudo

Diversos brasileiros e brasileiras acordaram neste domingo (07) sem ter a real noção de que horas são: descobriram mais tarde que o celular entrou em horário de verão por engano, adiantando em uma hora. O mesmo ocorreu em 2020. Como se sabe, no país não há mais este mecanismo por decisão do presidente Jair Bolsonaro.

Por ora não há nenhuma manifestação das fabricantes de smartphones. No entanto, os relatos no Twitter dão uma pista importante: o problema parece estar concentrado em telefones com sistema Android (produzido pelo Google), principalmente os fabricados pela Samsung.

Confira o caminho no Android para corrigir o erro — Foto: Reprodução/TechTudo

Em linhas gerais, é importante compreender que os smartphones saem de fábrica com uma espécie de calendário com gatilhos automáticos para horários especiais em determinadas datas. Sistemas operacionais com todas as atualizações não costumam sofrer desta pane, mas é o tipo de coisa que pode afetar aparelhos que não receberam as correções e otimizações de software.

Novamente, parece ser o caso aqui. Os telefones que hoje entraram em horário de verão parecem ter na memória uma programação baseada numa regra estipulada pelo então presidente Michel Temer num decreto assinado em dezembro de 2017, quando determinou que a hora especial entraria em vigor no primeiro domingo de novembro (justamente hoje).

Esta regra praticamente não teve vigência pois, no ano subsequente, seu início foi deslocado para 18 de novembro por causa das provas do Enem. Já em 2018, Bolsonaro enterrou de vez o horário de verão.

Em nota ao TechTudo, o Google explicou que as diversas modificações nas regras do horário de verão impactaram diretamente no Banco de Dados Global da IANA (em português, Autoridade para Atribuição de Números de Internet), que é utilizado por smartphones e dispositivos eletrônicos para garantir que o consumidor esteja sempre na hora certa, onde quer que esteja.

A empresa ressaltou ainda que a pane pode voltar a ocorrer na data em que estaria previsto o fim do horário de verão, o terceiro domingo do mês de fevereiro de 2022 (dia 20), caso a medida ainda estivesse valendo.

Alguns participantes de redes sociais também se queixaram do problema em aparelhos eletrônicos como decodificadores de TV por assinatura. Nestes casos, será necessário fazer o ajuste manual do relógio.

Passo 1. Acesse as configurações do Android e toque em "Sistema".

Passo 2. Toque em "Data e hora" e desative as opções "Data e hora automáticas" e "Fuso horário automático".

Após a ativação manual de data e hora, o celular não receberá atualizações automáticas que ativariam o horário de verão.

Mais do TechTudo