Jogos de tiro

Por Filipe Garrett, para o TechTudo


Battlefield 2042 é o próximo jogo de tiro da histórica série, com lançamento previsto para 19 de novembro. Deixando de lado os conflitos históricos de Battlefield 1 e Battlefield 5, o novo game se passa em um futuro próximo e promete muitas novidades na gameplay. Há um novo modo, o Hazard Zone, alternativa aos Battle Royale, além do Portal, em que jogadores podem criar partidas com as regras que quiserem, misturando mapas e exércitos de diversas eras retratada ao longo da série.

O jogo desenvolvido pela EA/DICE terá download disponível para PlayStation 4 (PS4) e Xbox One, PlayStation 5 (PS5), Xbox Series X/S e PC. Nos consoles de última geração o valor é de R$ 399, enquanto nos demais o título sai a R$ 299. Já nos computadores é possível encontrar o game por R$ 249 na Origin. O TechTudo reuniu cinco novidades de Battlefield 2042 que chamaram atenção. Veja a seguir:

Battlefield 2042 chega em 19 de novembro com conflito armado no futuro próximo — Foto: Divulgação/Electronic Arts

1. Modo Hazard Zone

Hazard Zone é um novo modo de jogo que será introduzido em Battlefield 2042. Segundo comentários de desenvolvedores, descrições da EA e o que se pode compreender de um breve trailer, ele terá pelotões em que jogadores terão de recuperar dados de drives em satélites caídos pelo mapa. Como todas as tropas no mapa terão a mesma missão, a tendência é de que as batalhas sejam de larga escala.

Os desenvolvedores do jogo têm deixado claro em várias declarações que Hazard Zone não é um Battle Royale, mas sim um modo novo de jogo que aproveita traços clássicos da série – mapas grandes, jogo cooperativo entre squads, veículos e objetivos –, adaptando essas características a um formato novo. A DICE afirma ainda que, além da habilidade em ação, as equipes terão de mostrar conhecimento sobre o jogo, já que a escolha de equipamentos e especialistas pode afetar o equilíbrio dos confrontos de forma perceptível.

2. Modo Portal

Battlefield 2042 traz novo modo Battlefield Portal no qual jogadores poderão misturar elementos de diferentes jogos da série para criar seu próprio campo de batalha — Foto: Reprodução/Electronic Arts

Descrito como uma “carta de amor aos fãs da série” durante o evento de lançamento do jogo às vésperas da E3, Portal é um novo modo de jogo em Battlefield 2042. Ele é uma ferramenta em que jogadores podem criar suas próprias partidas: há um editor de lógica para criar objetivos, sendo possível jogar a histórica consistência pela janela.

Além de permitir aos jogadores manipularem o jogo para definir o modo como quiserem e com os objetivos que preferirem, Portal também mistura diferentes eras e tecnologias. É possível criar uma partida em Gulf of Oman de Battlefield 3 usando o exército alemão da Segunda Guerra Mundial contra soldados cheios de gadgets dos Battlefields que se passam atualmente, por exemplo. Mais do que equilíbrio, o modo é visto como um sandbox para que jogadores soltem a criatividade e definam eles mesmos como desejam curtir o game.

3. Especialistas

Especialistas substituem completamente o antigo sistema de classes — Foto: Divulgação/Electronic Arts

Se Hazard Zone mexe com a curiosidade e Portal atrai os veteranos da série, os novos especialistas terão personagens que substituem o sistema de classes, trazendo cada um traços únicos de gameplay.

Nos jogos anteriores da série, ao jogar como assalto ou médico, o jogador tinha um escopo definido de armas e equipamentos, além de conjunto limitado. Além disso, ficava fácil entender de pontos fortes, fracos e capacidades especiais para contribuir com o esforço do time. Os novos especialistas podem ser personalizados pelos jogadores para usar qualquer tipo de arma e equipamento, criando uma mudança que ainda não foi bem digerida pela comunidade.

4. Robô Ranger e veículos

Robô Ranger é uma das novidades do novo Battlefield — Foto: Divulgação/EA

Não seria Battlefield sem veículos: o jogo terá um arsenal variado de motos, carros, blindados, tanques, helicópteros e caças que os jogadores poderão usar nos mapas para locomoção ou como vantagem tática – defensiva ou ofensiva – na hora de conquistar ou manter objetivos.

Uma novidade de 2042 é o Ranger: seguindo o design dos robôs-cachorro que já são realidade, ele consiste em um auxiliar que pode ser convocado pelo jogador para assumir alguns papeis, como unidade de reconhecimento para inspecionar áreas do mapa, servir de guarda ou mesmo como arma. É possível, por exemplo, determinar um alvo para que o Ranger alcance e ataque com o recurso de autodestruição.

5. Customização

Personagens poderão ser customizados a partir de itens desbloqueados ao completar desafios — Foto: Reprodução/ EA Play Live

Diferente dos dois últimos jogos da série (Battlefield 1 e Battlefield 5), Battlefield 2042 se passa em um futuro próximo e não tem design tão amarrado no contexto histórico das duas grandes guerras mundiais. Dessa forma, personagens do novo game podem ser personalizados de maneira mais aprofundada pelos jogadores, corrigindo uma queixa daqueles que se decepcionaram pela “mesmice” dos uniformes históricos nos últimos lançamentos da franquia.

O título terá nível de personalização maior e permitirá aos jogadores personalizarem a aparência de seus especialistas, assim como armamento e veículos disponíveis. Itens de personalização serão obtidos no jogo a partir da conclusão de desafios específicos, método de desbloqueio que também vale para equipamentos e itens aplicados nas armas.

MELHORES LANÇAMENTOS DE JOGOS DE TIRO EM 2021!

MELHORES LANÇAMENTOS DE JOGOS DE TIRO EM 2021!

Mais do TechTudo