Publicidade

Por Pedro Cardoso, para o TechTudo


Parece que o futuro da comunicação humana ganha novos contornos após o grande anúncio do Facebook (agora Meta) na semana passada. Nesta terça foi a vez da Microsoft divulgar a chegada de avatares 3D ao Teams, um passo para o desenvolvimento do metaverso da companhia. Deste modo, os usuários poderão marcar reuniões remotas envolvendo personagens virtuais em substituição ao uso tradicional da câmera. O anúncio ocorreu durante o evento Ignite 2021.

De acordo com o site TechCrunch, os avatares integram o recurso chamado Mesh for Teams, idealizado para oferecer ambientes de trabalho em realidade virtual e realidade aumentada, não só para o software de reuniões, mas também para outras ferramentas de produtividade da companhia, posteriormente.

Microsoft Teams terá reuniões virtuais em ambientes 3D — Foto: Divulgação/Microsoft

Para acessar a ferramenta, o usuário pode utilizar um smartphone, óculos VR de terceiros ou o HoloLens, dispositivo da Microsoft com recursos de realidade mista. Segundo John Roach, CTO da divisão de serviços digitais da empresa, o recurso foi “projetado para tornar as reuniões online mais pessoais, envolventes e divertidas.”.

Desta forma, como as imagens oficiais divulgadas indicam, o usuário do Teams poderá realizar uma reunião em um ambiente totalmente virtual em 3D ou aparecer em uma reunião tradicional por câmera com o seu avatar, no lugar de sua imagem pessoal, enquanto outras pessoas interagem normalmente.

Será possível usar os avatares na reuniões por câmera também — Foto: Divulgação/Microsoft

Neste primeiro momento, os avatares podem pegar emprestado a voz do participante e reagir com os mesmos movimentos da boca enquanto a pessoa fala. No futuro, a Microsoft quer utilizar a câmera para que o desenho possa repetir os movimentos da cabeça, acompanhando também as expressões faciais do próprio usuário.

A apresentação de hoje deixou claro que a proposta da Microsoft é criar o seu próprio metaverso. “Pense no metaverso como uma nova versão – ou uma nova visão – da internet, onde as pessoas se reúnem para se comunicar, colaborar e compartilhar com presente virtualmente em qualquer dispositivo.”, concluiu Roach.

Com informações de TechCrunch

Mais do TechTudo