Redes sociais

Por Eduardo Bartkevihi, do Home Office


Um perfil do Twitter denominado "Yassify Bot" está fazendo sucesso ao publicar imagens editadas com vários filtros de beleza do FaceApp, aplicativo de inteligência artificial para edição de fotos. Os personagens escolhidos para a transformação visual vão de famosos como Mark Zuckerberg e figuras históricas como o monge Martinho Lutero até personagens fictícios. O caráter artificial e exagerado das edições chamou a atenção e transformou os posts em memes, fazendo do perfil uma febre na Internet.

A prática de exagerar propositalmente no uso de filtros para criar rostos irreais tem nome: “yassificação”. O termo, do qual deriva o título do perfil "Yassify Bot", circula na comunidade LGBTQIA+ com frequência desde o ano passado. Engraçadas e um tanto quanto assustadoras ao mesmo tempo, as fotos "yassificadas" são uma crítica ao padrão de beleza completamente irrealista das redes sociais.

Perfil no Twitter tira sarro de padrões de beleza e vira febre na Internet; na imagem, versões 'yassificadas' de Joe Biden e Kamala Harris — Foto: Reprodução/Twitter

Qual o melhor editor de vídeos? Opine no Fórum do TechTudo

O uso do FaceApp para edição e compartilhamento de imagens pouco realistas não é novidade. Em 2017, o aplicativo foi bastante procurado pelos usuários que desejavam visualizar seus rostos com filtros de aparências mais novas e mais velhas. No ano de 2020, uma nova moda surgiu: o desafio para "mudar de gênero", no qual as pessoas realizavam edições em selfies pessoais.

A conta "Yassify Bot" surgiu em outubro de 2020, e é administrada por Denver Adams, um estudante de arte não binária. Em entrevista ao site Teen Vogue, ele explica que acompanha as edições há alguns anos e, após ver um meme "yassificado" da atriz Toni Colette ganhar grande repercussão, entendeu que as pessoas ainda gostavam desse tipo de conteúdo.

Nova moda para 'yassificar' personagens viraliza na Internet; procedimento é realizado pelo FaceApp — Foto: Emanuel Reis/TechTudo

Embora as publicações sejam realizadas há mais de um ano, o perfil viralizou recentemente. Atualmente, cerca de 159 mil pessoas acompanham a conta pelo Twitter, onde Denver realiza postagens diariamente. Pedidos de novas edições são pagos: na bio do perfil é possível encontrar um link do Paypal para a submissão de solicitações.

Entre as edições que viralizaram está a imagem do Mark Zuckerberg, o empresário norte-americano dono do Facebook, empresa que mudou seu nome recentemente para Meta. O tweet conta com milhares de curtidas e centenas de retweets, além de diversas respostas de usuários que interagem entre si.

Mark Zuckerberg é um dos diversos famosos que tiveram sua foto 'yassificada' — Foto: Reprodução/Eduardo Bartkevihi

Outro famoso que foi "yassificado" foi o cantor Eminem. Na imagem editada, o rapper sofreu mudança de gênero, recurso bastante utilizado pelos usuários que editam fotos no FaceApp.

Eminem 'yassificado' em publicação do Twitter — Foto: Reprodução/Eduardo Bartkevihi

Uma montagem diferente realizada pelo estudante foi uma reconstrução forense denominada "Ditchling Road Man". A imagem mostra um homem entre 25 e 35 anos, que viveu há cerca de 4200 anos, e teve seu corpo encontrado em 1921, na Inglaterra. Esses e outros conteúdos que viralizam são publicados em outras redes sociais, como TikTok e Facebook.

‘Ditchling Road Man’ reconstruído e editado pelo Yassify Bot — Foto: Reprodução/Eduardo Bartkevihi

Em entrevista à Teen Vogue, Denver Adams falou sobre a experiência de fazer as edições. “Algumas delas foram muito engraçadas para mim, algumas me fizeram rir muito. Mas eu provavelmente já postei 400 até agora, e acho que talvez 10 tenham me feito rir alto. Talvez seja porque eu já fiz muitas [edições]. Para mim, a piada perdeu a graça mais rápido”, afirmou o estudante.

Como entrar na brincadeira

Para "yassificar" uma imagem, o usuário deve baixar o aplicativo FaceApp em celulares Android e iPhone (iOS). Feito isso, basta selecionar uma foto e aplicar uma série de filtros no rosto das pessoas. Vale modificar os cabelos, alterar a cor dos olhos, inserir maquiagens e realizar mudanças na pele da pessoa escolhida. Quanto mais exageradas forem as edições, mais "yassificada" ficará a foto.

Com informações de Twitter, Teen Vogue e The New York Times

Veja também: Twitter: veja curiosidades sobre as redes sociais

Twitter: veja curiosidades sobre as redes sociais

Twitter: veja curiosidades sobre as redes sociais

Mais do TechTudo