Por Shoptime

Samsung/Reprodução

Muita gente faz confusão sobre o sistema operacional do celular com o sistema que comanda eletrodomésticos inteligentes, como geladeira e ar-condicionado smart. Faz diferença ter um aparelho com Android ou iOS? Existe problema de compatibilidade? O Shoptime explica a seguir.

O conceito de smart home envolve o uso da tecnologia para oferecer praticidade, conforto, acessibilidade e segurança. É essencial que ocorra uma boa integração dos aparelhos portáteis dos moradores, como smartphone e tablet, com os eletrodomésticos e eletrônicos conectados e também com os dispositivos smart da casa, como iluminação, tomadas, câmeras de segurança, TVs e caixinhas de som inteligentes.

Atualmente, ambos os sistemas operacionais de celular e tablet mais populares, Android do Google e iOS da Apple, costumam funcionar sem problema para comandar os dispositivos, com integração com os principais sistemas dos dispositivos smart e com os assistentes virtuais, como o Google Assistente.

De forma geral, independentemente de você ter um celular com Android ou um iPhone ou iPad, é preciso instalar os aplicativos das marcas dos eletrodomésticos, para controlar os equipamentos. A LG usa o LG ThinQ, a Samsung utiliza o SmartThings, a Electrolux tem o Electrolux Home+, enquanto os produtos da Positivo Casa Inteligente têm um app próprio, os itens de iluminação da Philips Hue usam um aplicativo do mesmo nome, e assim por diante.

Os usuários vão instalar os apps dos dispositivos smart, conforme indica o manual de instruções, para ter um controle total da operação dos itens. E todos os apps costumam estar disponíveis tanto para iOS como para Android, com as mesmas funcionalidades.

No caso de geladeiras smart com tela, como os modelos da Samsung disponíveis por aqui, ela roda um sistema parecido com o das Smart TVs da marca, que é o Tizen, e que oferece bastante integração com seus smartphones e tablets (que utilizam uma versão modificada do Android) e com a utilização do Bixby, assistente da própria Samsung.

No entanto, dificilmente um usuário de outro celular Android ou de iPhone vai ficar de fora ou ter problema para sincronizar sua agenda e outras informações com a tela interativa da geladeira smart.

Com os apps dos eletrodomésticos e dispositivos instalados em um dos celulares da casa (ou em todos), um assistente virtual, como o Google Assistente, pode centralizar os comandos e operações, por meio do Google Home. Para uma geladeira Samsung Family Hub, a central de comando também pode ser o próprio eletrodoméstico, com comandos por voz e na tela.

Com todos os equipamentos conectados no mesmo Wi-Fi, não há muito com o que se preocupar. É só seguir as instruções e incluir todos os dispositivos e aparelhos na mesma central de comando.

O mais indicado é que todos os moradores tenham os principais apps dos dispositivos e o aplicativo do assistente virtual instalado em seus celulares ou tablets, para poderem controlar todas as funções dos equipamentos. Um smart speaker com Google Assistente, por exemplo, vai receber e transmitir comandos de voz para os dispositivos, mas pode ser complicado fazer ajustes mais precisos, como o tom de uma iluminação smart ou uma função especial da geladeira conectada.

A exceção é mesmo a Siri, que funciona apenas em produtos da Apple, mas nem é de grande ajuda quando pensamos nas casas brasileiras, visto que a marca ainda não trabalha fortemente pela integração de dispositivos por aqui e nem lançou seu smart speaker no nosso mercado.

Visite o Shoptime para conhecer outros dispositivos inteligentes, eletrodomésticos e eletrônicos smart para transformar a sua casa.

Aproveite a Liquida Shoptime, com ofertas de até 70% de desconto. Você pode comprar pelo site ou baixar o app Shoptime, que tem vantagens exclusivas e permite acompanhar a sua entrega.

Shoptime
Mais do TechTudo