Wearables

Por Danilo Paulo de Oliveira, para o TechTudo

Divulgação/Apple

Após diversas denúncias sobre invasão de privacidade do Apple AirTag viralizarem nas redes sociais, a Apple lançou um “guia de segurança pessoal do usuário”. O material tem como objetivo explicar como os consumidores podem manter seus dados pessoais seguros enquanto utilizam AirTags, iPhones e outros produtos da marca.

Em 2021, o jornal Washington Post alertou que o rastreador da Apple – feito para localizar objetos como malas, bolsas e bicicletas – poderia ser usado para perseguir pessoas. No TikTok, diversos usuários também fizeram denúncias sobre o dispositivo, que poderia ser utilizado, inclusive, para planejar roubos.

AirTag: kit com quatro peças custa R$ 1.249 — Foto: Divulgação/Apple

O guia de segurança da Apple

De acordo com a companhia, o manual para dispositivos Apple é uma ferramenta criada para usuários que estejam preocupados com a segurança pessoal, bem como aqueles que podem estar sujeitos a situações de perseguição ou assédio por meio do dispositivo.

O material é dividido em quatro tópicos principais, sendo um deles exclusivo para ensinar como remover o acesso às suas informações de pessoas que entraram sem permissão no seu dispositivo, bem como “cortar laços digitais” com aqueles que você não deseja mais manter contato.

Guia de segurança pessoal Apple — Foto: Reprodução/Apple

A página ainda tem um tópico chamado “O que fazer se você acha que alguém pode ter acesso ao seu dispositivo ou contas”, em que há um tutorial explicando como usar a lista de verificação para remover possíveis acessos indesejados. O guia também inclui informações sobre dados de localização, incluindo o aplicativo Buscar iPhone.

O material ainda mostra como usar rapidamente o modo SOS de emergência em dispositivos e como informar automaticamente a um amigo que o usuário chegou em casa com segurança.

Disponibilidade do guia de segurança

Por enquanto o guia está disponível apenas em inglês no site da Apple para clientes nos Estados Unidos. A empresa afirma que irá atualizar regularmente o manual e destaca que as dicas e instruções valem principalmente para os dispositivos que rodam a versão mais recente dos sistemas operacionais da companhia, como é o caso do macOS 12.1, iOS 15.2 e iPadOS 15.2.

Com informações Apple

Entenda o que fazer se o smartphone cair na água

Entenda o que fazer se o smartphone cair na água

Mais do TechTudo