Publicidade

Por Shoptime

Reprodução

Queridinho dos arquitetos e designers de interiores, o cooktop imprime um ar mais sofisticado e dá a sensação de ampliar a cozinha, com a continuidade das linhas das bancadas. Para quem já se decidiu em trocar o fogão de piso por um cooktop, o Shoptime vem explicar as diferenças entre os eletrodomésticos a gás e por indução.

Pode-se dizer que cooktops são a "parte de cima" de um fogão, sem um forno embutido. Eles precisam ser instalados em uma bancada de pedra, cimento, porcelanato ou outro material, e exigem um detalhamento técnico e um corte perfeito para um ajuste sem problemas.

Por isso, eles são indissociáveis de cozinhas planejadas e bancadas sob medida. O resultado, como dissemos, é um ambiente de visual contemporâneo e a sensação de espaço maior, pela continuidade das bancadas. O cooktop ainda dá a alternativa da instalação do forno em outro local da cozinha - ou da ausência do forno, caso não seja necessário.

Você precisa decidir o modelo do seu cooktop antes de finalizar o projeto de marcenaria e da bancada. Mesmo que as empresas esperem para fazer o último ajuste do corte da pedra e marcenaria no local, os profissionais precisam saber o tamanho e o tipo de instalação necessária.

Esses eletrodomésticos são encontrados com dois tipos de alimentação: elétrica e a gás.

Gás: Cooktops a gás demandam uma fonte de GLP (gás de botijão) ou gás natural (gás de rua encanado). Existem modelos com diversos tipos de bocas, dupla, tripla ou quadrichama, além de trempes que podem ser finas ou mais robustas em ferro. A mesa pode ser de inox ou vidro temperado.

Elétricos: Os cooktops elétricos estão disponíveis em duas versões: os convencionais funcionam pelo aquecimento de uma resistência que, em modelos mais modernos, ficam sob uma mesa vitrocerâmica de fácil limpeza.

E existem os cooktops elétricos de indução. Mais seguros e modernos, nesses equipamentos o calor é gerado por um campo eletromagnético transferido diretamente para a panela. Por isso, elas devem ser de ferro fundido ou inox com fundo triplo.

Vantagens e desvantagens

Cooktops a gás são mais baratos e aceitam todos os tipos de panelas.

Os cooktops elétricos por indução costumam ser mais caros e exigem panelas de fundo plano e reforçado ou com fundo triplo.

Com mesa vitrocerâmica, eles costumam ser mais fáceis de manter. Além do usuário não se queimar ao encostar na mesa, o alimento tampouco queima ou resseca se derramar, o que vai facilitar a limpeza.

Nos cooktops por indução, o calor é transferido diretamente para a panela. A boca ou ponto de contato só funciona quando há uma panela posicionada sobre ele.

A geração de calor por indução é muito mais rápida, o que economiza tempo de cozimento. E a panela aquecida pelo campo magnético recebe 100% da energia gerada, sem perda para o ambiente, como costuma ocorrer com a chama do fogão ou cooktop a gás.

Por fim, é importante saber que um cooktop por indução tem maior consumo de energia, na comparação com cooktops elétricos ou a gás. Porém, como ele tem maior potência e menos desperdício de calor, seu funcionamento é mais eficiente.

Visite o Shoptime para conhecer novidades em eletrodomésticos e pesquisar os cooktops em promoção.

Aproveite a Liquida Shoptime, com ofertas de até 70% de desconto. Você pode comprar pelo site ou baixar o app Shoptime, que tem vantagens exclusivas e permite acompanhar a sua entrega.

Shoptime
Mais do TechTudo