Celular
Publicidade

Por Isabele Scavassa, para o TechTudo

Rubens Achilles/TechTudo

O iPhone 12 Pro foi anunciado em 2020 com inovações importantes, como o suporte à rede 5G, tecnologia MagSafe, um novo tipo de painel de tela e proporções maiores do que a geração anterior. Nas linhas a seguir, saiba todos os detalhes sobre a ficha técnica do celular da Apple.

Ele desembarcou no Brasil por cifras a partir de R$ 9.999. Pouco mais de um ano após o lançamento, o iPhone 12 Pro pode ser encontrado na Amazon por R$ 8.519, uma queda de R$ 1.490.

iPhone 12 Pro foi lançado em 2020 — Foto: Reprodução/ Apple

Ficha técnica do iPhone 12 Pro (Apple)

  • Tamanho da tela: 6,1 polegadas
  • Resolução da tela: 2532 x 1170 pixels
  • Painel da tela: OLED
  • Câmera principal: tripla, 12, 12 e 12 MP
  • Câmera frontal: 12 MP
  • Sistema: iOS 14
  • Processador: A14 Bionic
  • Memória RAM: não informado
  • Armazenamento: 128, 256 e 512 GB
  • Cartão de memória: sem suporte
  • Capacidade da bateria: não informado
  • Telefonia: Dual SIM (nano e eSIM)
  • Peso: 187 gramas
  • Dimensões: 146,7 x 71,5 x 7,4 mm
  • Cores: prata, grafite, dourado e azul
  • Anúncio e lançamento: outubro de 2020
  • Preço de lançamento: a partir de R$ 9.999
  • Preço atual: R$ 8.519 (Amazon)

Conheça 6 fatos sobre a linha do iPhone 13

Conheça 6 fatos sobre a linha do iPhone 13

Tela e design

A tela do iPhone 12 Pro traz 6,1 polegadas, mesmo tamanho visto no iPhone 12, modelo com recursos mais básicos. Ela possui resolução de 2532 x 1170 pixels e painel OLED, uma novidade que passou a integrar a composição dos telefones a partir de 2020. Com a tecnologia renovada, os aparelhos puderam exibir imagens com cores mais vivas e com uma transição sem muitos rastros.

A tela do iPhone 12 Pro possui resolução de 2532 x 1170 pixels — Foto: Divulgação

No entanto, vale destacar que o iPhone 12 Pro não possui taxa de atualização de 120 Hz, que chegou apenas na geração seguinte do telefone da Apple – o iPhone 13 Pro. O modelo também possui apenas 60 Hz nesse quesito, taxa inferior a de concorrentes como o Galaxy S21 e o Xiaomi Mi 11. Tal tecnologia permite maior fluidez das imagens, principalmente durante a exibição de jogos para celular.

Em termos de design, o iPhone 12 Pro não traz muitas atualizações em comparação com o antecessor. O notch avantajado é mantido, bem como o módulo de câmeras quadrado na parte traseira.

O que muda é a composição da tela, que agora chega com o Ceramic Shield. A novidade garante maior proteção contra riscos e arranhões e trabalha com uma tecnologia de cristais de nanocerâmica para assegurar resistência. Além disso, o display saltou de 5,8 polegadas para 6,1 polegadas.

iPhone 12 Pro está disponível em quatro cores — Foto: Reprodução/Apple

Outra especificação que marca presença na ficha técnica do celular é o IP68, certificação de resistência à água e poeira que permite o mergulho do telefone em uma profundidade de até seis metros por 30 minutos. São quatro cores: prata, grafite, dourado e azul

Câmera

As câmeras do iPhone 12 Pro se distribuem em três: principal, ultra wide e teleobjetiva. Todas elas posuem 12 MP de resolução, mas trazem aberturas diferentes. Dessa forma, o aparelho consegue registrar fotos com ângulos amplos, possibilitado pela grande angular, mas também capturar imagens distantes com maior eficiência – encargo da teleobjetiva.

iPhone 12 Pro conta com três câmeras e sensor LiDAR — Foto: Rubens Achilles/TechTudo

Nossos testes mostraram que o sensor principal consegue fazer bons cliques por conta do diafragma bem aberto. Ele possibilita fotos de excelente qualidade mesmo em locais com pouca luminosidade.

Entretanto, a lente teleobjetiva pode deixar a desejar na aproximação, já que entrega zoom ótico de apenas 2x – o digital, em que há perda de qualidade, chega a 10x. É válido pontuar que rivais como o Galaxy Note 20 Ultra conseguem realizar zoom de qualidade com 30x e chegar a 100x quando combinado com o zoom digital.

Dentre os recursos adicionais de câmera, aparecem o Modo Noite – que possui a função de otimizar as atividades da câmera em períodos e locais escuros – e também o scanner LiDAR. Essa última ferramenta é usada para fazer a detecção da distância real entre objetos, de modo a entregar resultados assertivos em termos de realidade aumentada.

A câmera de selfies continua com 12 MP e traz o True Depth, responsável pelo reconhecimento facial e pelas fotos com modo retrato. Por fim, vale mencionar que os arquivos podem ser salvos no formato RAW a partir do iPhone 12, o que otimiza a vida de quem trabalha com fotos e edição.

Desempenho e armazenamento

A ficha técnica do iPhone 12 Pro destaca a presença do chip A14 Bionic. Também no review, o TechTudo pôde constatar o desempenho satisfatório do processador, que quase não apresentou engasgos nos vários tipos de tarefas testadas. Ele foi o primeiro hexa-core da Apple com cinco nanômetros e chegou com a proposta de garantir maior eficiência energética e velocidade no processamento.

Linha do iPhone 12 inaugura o chip A14 Bionic — Foto: Reprodução/Apple

A memória RAM que opera em conjunto com o A14 Bionic é de estimados 6 GB, já que a empresa não divulga números oficiais. Já o armazenamento é dividido em três opções: 128 GB, 256 GB e 512 GB. O iPhone 12 Pro não traz suporte para expansão de memória via cartão microSD. Isso faz com que o consumidor tenha que se certificar de que o espaço escolhido na hora da compra seja o suficiente para armazenar todos os apps, fotos e documentos.

Bateria

A capacidade da bateria também não aparece nos documentos oficiais. Entretanto, testes indicam uma potência estimada de 2.815 mAh. O que se sabe é que os números devem entregar autonomia de um a dois dias, dependendo do uso. Quando utilizado de forma moderada, o telefone pode garantir pouco mais de 40 horas. Já sob uso mais intenso, considerando apps organizacionais e de trabalho, a duração cai para 36 horas.

Carregador MagSafe repõe a bateria com uma potência de 15W — Foto: Reprodução/Apple

Um dos destaques do aparelho é o suporte ao MagSafe, tecnologia de carregamento sem fio. Ela já estava presente nos MacBooks, mas passou a ser oferecida para celulares apenas com o lançamento da linha iPhone 12. O carregador sem fio usa um sistema de imãs para conectar o dispositivo que opera com a potência de 15W - 5W a menos que o limite de potência no carregamento com fio.

Uma das promessas da empresa é a de que o celular carregando com o Magsafe chegue em 50% da carga em apenas 30 minutos. Mas é preciso lembrar que o iPhone 12 também deu início à polêmica decisão da Apple de remover o adaptador de parede das caixas e entregar apenas o cabo Lightning de fábrica. Portanto, quem não tiver o acessório adquirido com modelos anteriores, precisará gastar um pouco com o dispositivo.

Sistema operacional e recursos adicionais

O iPhone 12 Pro sai da caixa com o iOS 14. Entretanto, está apto para receber o update para o iOS 15, sistema mais recente da Apple. A empresa se destaca pelo bom suporte aos telefones em termos de atualizações, o que pode ser um diferencial para quem busca updates por tempo prolongado.

iPhone 12 Pro roda iOS 14 na versão de fábrica — Foto: Rubens Achilles/TechTudo

O sistema atual permite usar a Siri offline e navegar no Safari por meio de gestos. Além disso, também é possível encontrar mais formas de personalização das ferramentas do telefone, bem como encontrar um iPhone mesmo quando estiver desligado.

No que diz respeito aos recursos, um dos destaques fica por conta da internet 5G. O iPhone 12 traz diversas novidades em relação à geração anterior e a conectividade otimizada para a internet mais rápida é um exemplo disso. A ficha técnica também inclui NFC, tecnologia que permite fazer pagamentos por aproximação sem a necessidade de ter um cartão por perto com o Apple Pay.

Preço

O iPhone 12 Pro foi lançado em outubro de 2020 por valores a partir de R$ 9.999, na versão com 128 GB. À medida que o espaço para dados aumenta, o preço aplicado também se eleva. O modelo está há pouco mais de um ano no mercado e por isso registra queda nas cifras iniciais. Por isso, hoje já é possível encontrá-lo na Amazon por cerca de R$ 8.509 na versão com 256 GB.

Com informações da Apple

Nota de transparência: Amazon e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação. Os preços mencionados podem sofrer variação e a disponibilidade dos produtos está sujeita aos estoques.

Mais do TechTudo