Campeonatos
Publicidade

Por Vinicius Lage, para o TechTudo


Após o início oficial da temporada de League of Legends (LOL), na última sexta-feira (7), os principais campeonatos promovidos pela Riot Games na categoria também estão para começar. De segunda (10) até o dia 14 de janeiro, as quatro maiores regiões do jogo voltam com suas ligas. Além delas, o CBLOL, que tem início no dia 22 de janeiro. Contando com premiações milionárias e muito prestígio, jogadores como Faker, ShowMaker e a campeã mundial EDG estarão disputando os títulos de suas respectivas ligas e uma vaga no Mid-Season Invitational.

O TechTudo montou uma lista com os principais times, jogadores e expectativas de cada uma das quatro grandes ligas de LOL do mundo. A lista está em ordem cronológica de início dos campeonatos neste ano. Os campeonatos da Riot Games podem ser assistidos nos canais oficiais da empresa no YouTube e na Twitch.

Campeã do mundo, EDG busca o sétimo título da LPL — Foto: Divulgação/LPL

Vale lembrar que outras ligas importantes, como a PCS (campeonato do Pacífico), ainda não têm data de início marcada. O mesmo acontece com torneios considerados menores, como a TCL (Turquia), VCS (Vietnã), LJL (Japão) e LLA (LATAM). Já o campeonato da Oceania (OPL) e o da Comunidade de Estados Independentes (LCL) estão com início marcado para final de janeiro e início de fevereiro, respectivamente.

LPL

O campeonato chinês é considerado um dos principais torneios de LOL do mundo, e já teve início nesta segunda-feira (10). Três dos quatro últimos campeões mundiais saíram da China, incluindo os vencedores do último Worlds, EDward Gaming. Além disso, o país apresenta o maior número de jogos entre todas as grandes ligas, contando com mais de 300 games durante a temporada regular. Outro destaque é o prêmio, estimado em aproximadamente R$ 1,7 mi (na cotação atual do dólar) para a equipe campeã.

Trazendo todos os jogadores campeões mundiais em novembro de 2021, a EDward Gaming é a grande favorita ao título da primeira temporada chinesa. Vale ressaltar que não há um campeão consecutivo na LPL desde a Royal Never Give Up (RNG), em 2018. Durante a intertemporada, foram muitas as mudanças nas escalações dos times da região, e algumas atraíram os olhos para a LPL. O lendário atirador Jian “Uzi’ Zi-Hao, por exemplo, considerado o melhor da história na sua posição, voltou ao competitivo e disputará o torneio pela Bilibili Gaming (BLG).

A LNG Esports adquiriu o meio Kim “Doinb” Tae-sang, campeão mundial pela FunPlus Phoenix (FPX) em 2019, enquanto a Victory Five (V5) contratou Song “Rookie” Eui-jin e o caçador Hung “Karsa” Hau-Hsuan. A RNG, por sua vez, manteve seus principais jogadores e volta como uma força a ser batida, tal qual a Top Esports (TES), campeã da Demacia Cup 2021 e que conta com o MVP da LPL Summer 2020, o meio Zhuo “knight” Ding.

LCK

Talento poderia ser uma palavra para resumir bem a LCK, que estreia nesta quarta-feira (12). Mesmo cheio de transações na intertemporada, o campeonato sul-coreano tende a continuar com as forças dos últimos anos no topo. DAMWON Gaming (DK), T1 e Gen.G (GEN) mudaram suas line-ups, mas continuam como favoritas em busca do prêmio estimado em quase R$ 1 mi.

Finalista do último mundial, a DK mudou completamente sua rota inferior e o topo, mas busca chegar ao seu quarto título seguido. Seria a primeira vez na história que uma organização (mesmo com rebrand) conseguiria tal feito. Além disso, colocaria o meio Heo “ShowMaker” Su de vez no debate de melhor jogador da história. A T1, por sua vez, busca o décimo título para a organização e para o meio Lee “Faker” Sang-hyeok.

DAMWON KIA na final do Mundial de LOL 2021; equipe é uma das favoritas para levar a LCK — Foto: Divulgação/Riot Games

Vice-campeã na primeira temporada do ano passado, a GEN foi quem mais se movimentou para reforçar a equipe. A organização investiu na contratação do meio Jeong “Chovy” Ji-hoon, uma das grandes forças na rota do meio sul-coreana e manteve o carregador Park “Ruler” Jae-hyuk. Kwangdong Freecs (KDF), Nongshim RedForce (NS) e DRX são os outros favoritos aos playoffs da primeira temporada da LCK.

LCS

A LCS chega com formato renovado e começa no dia 14 de janeiro com o torneio “Lock-In”, uma espécie de pré-temporada com premiação de R$ 850 mil para o time e R$ 285 mil a serem doados para uma instituição de caridade a escolha da organização. A temporada de primavera estadunidense tem início no dia 5 de fevereiro e termina em abril, com prêmio estimado em, aproximadamente, R$ 1,1 mi, sendo R$ 560 mil para o campeão.

Sempre entre os favoritos nos últimos anos e duas vezes vice-campeã na temporada passada, a Team Liquid (TL) trouxe Søren “Bjergsen” Bjerg da aposentadoria. Ele foi acompanhado pelo atirador Steven “Hans sama”, ex-Rogue (RGE) e um dos grandes atiradores da Europa nos últimos anos, além do topo Gabriël “Bwipo” Rau, ex-Fnatic (FNC). Com esse elenco, a equipe é a grande favorita a dominar o cenário estadunidense durante 2022.

Bjergsen volta ao LOL para competir pela Team Liquid — Foto: Divulgação/Team Liquid

Enquanto isso, a 100 Thieves (100) manteve o time campeão da temporada de verão e adicionou o topo Milan “Tenacity” Oleksij para ser a sombra do experiente Kim “Ssumday” Chan-ho. Falando em topos coreanos, a Cloud9 (C9) investiu na contratação de Park “Summit” Woo-tae, um dos grandes nomes da rota na Coreia do Sul nos últimos anos. A TSM, por sua vez, apostou em jogadores de outras regiões e jovens para a próxima temporada, chegando com três novos jogadores no line-up para voltar a vencer a LCS.

LEC

Celeiro de grandes jogadores do ocidente no League of Legends, a Europa também dá início a sua liga no dia 14 de janeiro. A premiação, tal qual a LCS, ultrapassa R$ 1 mi e o campeão embolsa aproximadamente R$ 513 mil. O torneio conta com times já bastante conhecidos, como Fnatic, G2 Esports (G2) e SK Gaming, além de equipes ascendentes como MAD Lions (MAD) e Rogue. A LEC promete uma temporada extremamente equilibrada e cheia de surpresas.

Após falhar em se classificar para o Mundial 2021, a G2 manteve apenas o meio Rasmus "Caps" Borregaard Winther e o experiente caçador Marcin "Jankos" Jankowski, e agora busca voltar aos holofotes. Para ser a grande favorita da temporada ao lado da Fnatic, a Team Vitality trouxe muitos reforços, sendo um deles conhecidíssimo do público: Luka "Perkz" Perković voltou para seu continente de origem e procura a consagração na região onde foi campeão oito vezes.

Em busca do primeiro título após quatro anos, a FNC contratou Marek "Humanoid" Brázda e o multi campeão Martin "Wunder" Hansen para a temporada 2022. Outros times para ficar de olho no velho continente são a nova Team BDS (ex-Schalke 04), MAD, atual bicampeã da LEC e Excel (XL).

Com informações de LoL Esports, Fandom (1, 2, 3 e 4) e Liquipedia (1, 2, 3 e 4)

VALORANT: confira as quatro skins de arma mais caras do game

VALORANT: confira as quatro skins de arma mais caras do game

Mais do TechTudo