Jogos de aventura

Por Rafael Monteiro, para o TechTudo


Horizon: Forbidden West é a aguardada sequência do jogo de aventura Horizon Zero Dawn para os consoles PlayStation. O título é desenvolvido pelo estúdio Guerrilla Games e publicado pela Sony. O game conta a história de Aloy, uma guerreira da tribo Nora em um mundo pós-apocalíptico habitado por máquinas de aparência animalesca. Após suas aventuras no primeiro jogo, ela agora precisará ir mais longe em busca de respostas, no "Oeste Proibido".

O lançamento de Horizon: Forbidden West está marcado para o dia 18 de fevereiro de 2022, com preço de R$ 299,90 no PlayStation 4 (PS4) e R$ 349,90 no PlayStation 5 (PS5). A versão do PS4 também fornecerá um upgrade gratuito para o PS5.

Horizon Forbidden West traz de volta a heroína Aloy em uma nova aventura para impedir uma praga que ameaça o mundo — Foto: Divulgação/Sony

A história de Horizon Forbidden West

O game é uma continuação de Horizon Zero Dawn e se passa seis meses após os eventos da aventura anterior, quando Aloy salva as tribos de sua região dos perigos do primeiro jogo. Agora, uma nova praga vermelha chamada Red Blight se espalha por toda parte e começa a destruir a vida animal e vegetal, além de causar terríveis tempestades com raios vermelhos nos céus.

Entre outros desafios encarados pela personagem estão pestes, Regalla e seus rebeldes, Sylens e suas trapaças, além de outros perigos. Para salvar o mundo mais uma vez, Aloy precisará encontrar tecnologias antigas nas ruínas da raça humana em um local bem distante, o Oeste Proibido.

Alguns personagens do jogo anterior aparecem novamente com algum destaque na história, como o guerreiro Erend, que fornece uma relíquia a Aloy. É esperado que a inteligência artificial Hades também retorne após ter escapado no final de Horizon Zero Dawn. No trailer de apresentação abaixo revelado na última quarta-feira (19), são apresentados alguns detalhes da história, além de mostrar cenários do jogo.

O mundo do Oeste Proibido

Jogadores poderão explorar o Oeste dos Estados Unidos em áreas que incluem a Califórnia, Nevada e Utah. Trata-se de um mapa maior do que o primeiro jogo, segundo os produtores. Entre os locais já confirmados está a ponte Golden Gate em São Francisco, que está em ruínas e em maior parte submersa. Haverá uma grande variedade de biomas comparado ao primeiro jogo, como selvas, penhascos congelados, desertos, águas profundas, cidades abandonadas e mais.

O Oeste Proibido em Horizon Forbidden West será um mundo aberto maior que o do game original, com diversos biomas diferentes — Foto: Reprodução/PlayStation Blog

Para atravessar este novo e extenso mundo, Aloy contará com várias novidades de gameplay. Assim como no game original será possível converter algumas máquinas em montarias. No entanto, em Horizon: Forbidden West, há uma maior quantidade de criaturas disponíveis, entre elas os Garravelozes, que parecem dinossauros.

Outro dispositivo chamado "Lança-Gancho" permitirá que Aloy suba rapidamente nos locais e uma nova mecânica de escalar livremente trará maior exploração vertical ao jogo. Uma vez no topo, usuários poderão descer facilmente com um novo Planador holográfico. O jogo também adiciona novas áreas submersas que podem ser exploradas.

Aloy é capaz de mergulhar e explorar a vida aquática em Horizon Forbidden West — Foto: Divulgação/PlayStation Brasil

Quem são os inimigos

Em Horizon Zero Dawn, jogadores enfrentavam inimigos humanos de outras tribos e também os animais mecânicos, porém sempre de maneira separada. No novo game a tecnologia de converter máquinas caiu na mão dos oponentes e agora eles conseguem utilizá-las a seu favor. No primeiro vídeo de gameplay do jogo, os produtores mostraram uma facção rebelde da tribo guerreira dos Tenakth com o auxílio de um Tremodonte, uma máquina como um Mamute ou elefante de batalha.

O Rastejador é um dos novos inimigos em Horizon Forbiden West e se assemelha a uma cobra — Foto: Reprodução/PlayStation Blog

Entre algumas das criaturas já mostradas há os novos Rastejadores, máquinas que se assemelham a cobras, e os Roladores, que parecem se cobrir de proteção e atacar ao rolar como um tatu. Existem ainda os Heliodos, criaturas voadoras que parecem pteranodontes e absorvem energia solar com suas asas. Alguns velhos conhecidos como os Bocarras estão de volta e há agora os Cavadores na água.

As novas habilidades de Aloy

O sistema de batalha em Horizon: Forbidden West parece familiar, mas ganhou muitas novidades. O combate corpo a corpo ganhou mais destaque, com um combo que pode ser desferido com a lança de Aloy. Além disso, existe um novo modo em que ela utiliza uma bateria para carregar seus ataques e torná-los mais poderosos. Ainda há elementos de stealth para eliminar inimigos sem ser visto, como se esconder no mato alto e atacar inimigos por trás.

Aloy ganhou novas habilidades em Horizon Forbidden West para ajudar em sua travessia, como escalar, usar o lança-gancho e planar — Foto: Reprodução/PlayStation Blog

Para enfrentar as máquinas, Aloy utiliza vários truques para compensar sua desvantagem de tamanho e capacidade ofensiva. Entre eles estão armadilhas, além de derrubar armas do próprio oponente para usá-las contra ele. Jogadores poderão usar flechas com efeitos especiais, lanças que carregam explosivos e um novo tipo de munição para o estilingue que utiliza uma seiva para travar o movimento inimigo temporariamente.

A evolução de Aloy

Durante a jornada, será possível evoluir Aloy, mas de uma maneira um pouco diferente em relação ao primeiro jogo. A árvore de habilidades nas quais jogadores adquiriam novas capacidades com pontos de experiência irá retornar. No entanto, agora as habilidades irão interagir com os trajes utilizados pela heroína. Cada veste destacará um estilo de jogar que poderá ter suas vantagens reforçadas pelas competências desbloqueadas na árvore de habilidades. Durante o combate, será fácil mudar de traje para explorar diferentes estratégias.

Os trajes terão grande importante em Horizon Forbidden West e farão parte da evolução de Aloy junto com a árvore de habilidades — Foto: Reprodução/PlayStation Blog

Nas cidades do game será possível encontrar costureiros que oferecem novos trajes e caçadores que vendem armas. Teremos ainda herbalistas com diferentes tipos de poções e itens úteis, além de cozinheiros que preparam refeições que podem ser levadas para a aventura. Uma nova mecânica de "Bancadas" permitirá também que Aloy melhore armas e trajes com itens obtidos de certos inimigos, como chifres, garras, presas ou caudas.

DualSense e áudio 3D

No PlayStation 5 especificamente, o joystick DualSense é utilizado para uma série de detalhes, como a tensão do lança-gancho e da corda do arco de Aloy nos gatilhos resistentes do controle. Uma curiosidade é que se o jogador não sentir a resistência no gatilho, significa que está sem flechas em sua aljava. Os inimigos também irão oferecer dicas auditivas para jogadores através do áudio 3D com sons diferentes de acordo com seu estado de alerta ou possibilidade de ataque.

Com informações de PlayStation Blog (1, 2, 3, 4, 5, 6 e 7), PlayStation Store, NME, The Verge, Polygon e Digital Trends

Mais do TechTudo