Por Filipe Garrett, para o TechTudo

Divulgação/Apple

A Apple pode apresentar uma nova geração dos AirPods Pro e renovar boa parte dos computadores com processadores M1 Pro e Max. Entre os candidatos à atualização, estão o MacBook Air e o iMac Pro, que pode ganhar tela Mini LED de 27 polegadas e a mesma taxa de 120 Hz presente nos MacBooks Pro.

A seguir, o TechTudo lista algumas expectativas para você ficar por dentro dos rumores sobre esses e outros possíveis lançamentos da marca para o ano que vem.

MacBook Pro é um dos candidatos a uma atualização no próximo ano — Foto: Divulgação/Apple

A nova geração dos fones de ouvido sem fio premium da Apple pode aparecer em 2022 com mudanças significativas. Segundo analistas de mercado, a expectativa em torno dos novos AirPods Pro é de que a Apple aplique um redesign completo do produto, eliminando completamente a haste característica dos fones e indo por um caminho mais minimalista.

AirPods Pro 2 podem aparecer sem as hastes — Foto: Divulgação/Apple

Outra novidade que pode pintar nos AirPods Pro 2 é a inclusão de uma série de sensores para monitorar a qualidade de vida e saúde do usuário. A eventual adição desses sensores daria aos fones de ouvido um apelo semelhante ao do Apple Watch, ao oferecer leitura em tempo real da condição do usuário em aparelhos da Apple.

Novos MacBook Air devem chegar em sete novas cores — Foto: Reprodução/Twitter/Jon Prosser

O MacBook Air ficou de fora das atualizações que a Apple promoveu em sua linha de notebooks com a chegada dos novos MacBook Pro em outubro. Vendido apenas com opção de processador M1, o portátil de “entrada” da maçã pode estar na mira da marca para uma atualização em 2022.

Os rumores acerca da nova geração do portátil apostam em design colorido — emprestando cores e linhas mais quadradas que estrearam no iMac com M1. A tela, que pode aparecer com bordas mais discretas, também deve apostar na tecnologia mini LED, sucesso nos novos MacBook Pro. Diferente deles, o Air teria apenas portas USB-C.

iMac Pro

iMac Pro pode seguir elementos que estrearam no iMac de 2021 — Foto: Divulgação/Apple

A versão de 27 polegadas do all in one da maçã pode chegar ao mercado no outono de 2022. O computador poderá aproveitar elementos do design do iMac de 24 polegadas, as telas mini LED de até 120 Hz já disponíveis nos MacBooks Pro, além de versões com processadores M1 Pro e M1 Max, que estrearam com sucesso nos notebooks da Apple lançados em 2021.

O design com maior superfície do que os laptops permitiria que os processadores entregassem ainda mais performance, tornando o computador uma proposta ainda mais atraente para criadores de conteúdo e profissionais que atuam em setores que exigem bastante poderio computacional.

Mac Pro atual é de 2019 e ainda roda com tecnologia da Intel e da AMD — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

De todos os computadores da Apple, o Mac Pro é aquele com rumores mais escassos e poucos vazamentos, algo que pode indicar que não há planos para uma nova geração tão cedo, como nos ciclos da workstation da Apple, que pode custar mais de R$ 500 mil no mercado brasileiro.

O que se espera de uma eventual novidade para a linha é a migração para os chips Apple Silicon com 32 núcleos, acompanhado de uma GPU integrada de 128, aposentando o uso dos Intel Core e Xeon — inclusive as Radeon Pro — usados nas últimas gerações. É possível também que o computador mais poderoso da Apple ganhe um redesign.

Mac Mini 2020 vem com M1: versão 2022 pode ganhar novos processadores — Foto: Divulgação/Apple

O MacBook Pro ganhou um generoso redesign em 2021 além de novos processadores, medida que diminui muito a possibilidade de uma intervenção mais drástica no design que, com tela mini LED de 120 Hz, retorno do HDMI e leitor de cartões de memória, foi muito bem recebido pelo consumidor e pela crítica. O que pode aparecer são MacBooks Pro com uma nova geração dos processadores M da Apple.

A coisa é um pouco diferente para o Mac Mini, cujo último ciclo ocorreu em 2020, junto com o MacBook Air. O desktop compacto da Apple está no mercado com o M1 e poderia eventualmente se beneficiar de opções com os M1 Pro e até mesmo o futuro M2, como indicam alguns vazamentos e relatórios produzidos por analistas de mercado.

Com informações de MacWorld, MacRumors (1, 2, 3 e 4) e 9to5Mac (1 e 2)

Mais do TechTudo