Por Bruno Magalhães, para o TechTudo


Com o início do processo de aquisição da Activision Blizzard pela Microsoft nesta última terça-feira (18), a Sony se pronunciou em favor de que os jogos da publicadora continuem multiplataforma. A declaração foi emitida por um porta-voz da empresa ao The Wall Street Journal nesta quinta-feira (20). A dona de franquias como Call of Duty, Diablo, Overwatch, Tony Hawk’s Pro Skater e Crash Bandicoot foi comprada pela Microsoft por US$ 68,9 bilhões (aproximadamente R$ 378 bilhões), mas o processo ainda depende da aprovação de órgãos governamentais.

Call of Duty continuará saindo em plataformas PlayStation após aquisição da Activision Blizzard, assegura Phil Spencer — Foto: Divulgação/Call of Duty

A aquisição pegou a indústria de surpresa e trouxe indagações sobre o futuro dos jogos da Activision Blizzard, que podem se tornar exclusivos de Xbox. Por isso, a Sony diz esperar que a Microsoft "siga acordos contratuais e continue assegurando que os jogos da Activision sejam multiplataforma".

Ainda nesta última quinta-feira (20), Phil Spencer, CEO da Microsoft Gaming, veio às redes sociais informar que conversou com líderes da Sony e confirmou o desejo da Microsoft de manter Call of Duty nas plataformas PlayStation, especificamente. “Confirmei nossa intenção de honrar todos os acordos existentes após a aquisição da Activision Blizzard e nosso desejo de manter Call of Duty no PlayStation”, escreveu o executivo no Twitter.

Phil Spencer acrescentou, ainda, que a Sony é uma parte importante da indústria e que valoriza o relacionamento entre as empresas. A declaração não é de impressionar, visto que os jogos da Activision Blizzard desempenham muito bem nas plataformas PlayStation. Call of Duty, por exemplo, sempre figura na lista de jogos mais baixados do PlayStation 4 (PS4) e PlayStation 5 (PS5), conforme é divulgado mensalmente no PlayStation Blog.

Na época que a Microsoft comprou a ZeniMax Media, proprietária da Bethesda, a empresa decidiu honrar contratos de exclusividade temporária que já estavam assinados com a Sony. Por isso, Deathloop saiu apenas para plataformas PlayStation nos consoles, assim como acontecerá com o vindouro GhostWire: Tokyo. Já Starfield e The Elder Scrolls 6 estão confirmados como exclusivos do Xbox.

Com informações de The Wall Street Journal e GameSpot

PlayStation 5 e Xbox Series: Qual console de nova geração comprar?

PlayStation 5 e Xbox Series: Qual console de nova geração comprar?

Mais do TechTudo