Jogos de estratégia

Por Fernando Braga — Redação


Total War: Warhammer III é o um jogo de estratégia baseado em turnos, desenvolvido pela Creative Assembly e publicado pela Sega. O jogo faz parte da série Total War e é o terceiro título a ser ambientado em um universo de fantasia. Com lançamento marcado para 17 de fevereiro, o game está 100% traduzido para português, é exclusivo para PC e ficará disponível através da Steam e Epic Games Store por R$ 252,00. Assinantes do Xbox Game Pass poderão aproveitar o título de graça.

Cinco anos após o lançamento de seu antecessor, Total War: Warhammer III traz diversas melhorias para se adaptar à geração atual. O TechTudo foi convidado para jogar uma versão de testes e conta detalhes da gameplay.

Em Total War: Warhammer III é possível utilizar uma grande variedade de monstros para defender seu reino e conquistar os objetivos — Foto: Divulgação/Sega

O que esperar?

Total War: Warhammer III definitivamente não é um jogo para qualquer um. Jogadores que nunca tiveram experiência em um dos jogos da franquia Total War precisarão de muitas horas até começarem a dominar todas as mecânicas presentes dentro do game. Até mesmo jogadores experientes em games de estratégia podem sofrer um pouco até entenderem todas as opções disponíveis.

Warhammer III é um game de estratégia em turnos que, além de trazer a expertise de muitos anos da franquia, também bebe da fonte de diversos outros jogos do mesmo gênero, para criar uma experiência imersiva de guerra. O game apresenta dois momentos distintos: o primeiro, chamado de “tabuleiro de xadrez”, engloba todas as regiões e nações. Nele, o jogador planeja onde deseja ir com seu exército e expandir seu território. Já o segundo momento é o do campo de batalha, local onde a ação de verdade acontece.

O jogador pode esperar campos de batalhas repletos de soldados — Foto: Divulgação/Sega

Momento do xadrez

Neste gigantesco “tabuleiro, cada jogador deve pensar cuidadosamente em suas ações a cada turno já que uma decisão errada pode custar muito caro. O sucesso da sua campanha vai depender da soma de diversos fatores como: economia, diplomacia, escolhas e até sorte.

Dentre esses fatores, podemos destacar a diplomacia com outras nações, que é um fator chave para o desenvolvimento e progressão. Nesta versão do jogo, a desenvolvedora apresentou uma inteligência artificial acima da média dos jogos de estratégia, como Civilization, por exemplo.

Cada nação possui zonas de controle e deve expandir sua influência para ter sucesso — Foto: Reprodução/Fernando Braga

Hora de liderar!

A segunda parte do jogo é aquela onde você encarna um verdadeiro general, em um campo de batalha imenso. Aqui você comanda seu exército em tempo real contra as tropas inimigas em batalhas épicas. Apesar da sensação de "ao vivo", é recomendado pausar as ações para decidir a melhor estratégia e posicionar suas tropas.

Muitos jogos do mesmo gênero costumam representar o número de tropas apenas com números, e uma unidade tem a força equivalente ao número de soldados. Já em Total War: Warhammer III, no momento das batalhas, você controla realmente cada soldado de seu exército em esquadrões e pode visualizar cada um de pertinho no campo de batalha.

Os 'Lords' possuem habilidades especiais que podem derrotar vários inimigos ao mesmo tempo — Foto: Reprodução/Fernando Braga

O jogador precisa pensar muito bem em suas estratégias no campo de batalha para ter sucesso, uma vez que ter o maior exército não é garantia de vitória. É importante pensar nas vantagens e desvantagens de cada unidade, como cavaleiros, soldados, arqueiros, lanceiros, entre outros. O tema de fantasia do título dá margem a infinitas possibilidades de unidades para cada exército. Isso dá ao jogo mais alternativas, como unidades voadoras, gigantes e muito mais.

Além disso, cada nação possui uma espécie de “herói”, como em Warcraft. Estes campeões vão ganhando experiência a cada batalha e o jogador precisa decidir o rumo da evolução de cada um, através de árvores de habilidades e equipamentos. Estes personagens são peça-chave no campo de batalha, usar suas habilidades no momento certo pode virar o rumo de um combate.

É preciso dominar as cidades e acampamentos inimigos para aumentar seu território — Foto: Reprodução/Fernando Braga

Conclusão

Esse jogo é perfeito para quem tem paciência e gosta de planejar muito bem suas ações em cada combate. Os afobados de plantão certamente passarão muita raiva, se quiserem só partir pra cima dos inimigos sem um plano. A franquia leva o gênero de jogos de estratégia ao pé da letra.

Total War: Warhammer III pode ser jogado tanto sozinho quanto multiplayer para até oito jogadores simultâneos, em modos cooperativos ou versus. Além disso, é possível jogar não só a campanha online, como outros modos mais rápidos como sobrevivência e dominação de pontos de controle. Essa decisão de investir mais nos modos cooperativos certamente pode trazer novos jogadores a partir do momento que terão aquela ajuda de um amigo para aprender a jogar.

O lançamento chegará ao mercado com muito conteúdo e garante incontáveis horas de gameplay aos amantes de fantasia, RPG e estratégia. Pode-se esperar um jogo com batalhas épicas, belos gráficos e muita estratégia.

Mais do TechTudo