Atletas

Por Victor de Abreu, para o TechTudo


A Rensga Esports contratou novos reforços para seu time principal no Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLOL) 2022. O topo Shin "Trap" Seung-min e o suporte Kim "Mocha" Tae-gyeom, ambos sul-coreanos, se juntam à equipe em breve. O anúncio, feito pela Rensga na segunda-feira (21), também confirmou que o atirador Yudi "NinjaKiwi" Leonardo sobe da Rensga Academy para ajudar o time principal. As mudanças chegam após um início bastante abaixo das expectativas da equipe de Goiás, que se encontra na lanterna do CBLOL 2022 com apenas duas vitórias em dez jogos disputados.

Vale lembrar que a Rensga iniciou a temporada com o atirador Park "Hades" Ji-seong e o suporte Ha "Guard" Han-gyeol, mas a dupla da Coreia do Sul não teve o desempenho esperado e já se despediu da equipe para dar lugar a NinjaKiwi e Mocha. Já Trap irá atuar na rota superior no lugar do brasileiro Marcelo "Ayel" Mello. A Rensga ainda não confirmou se os novos jogadores farão sua estreia já na sexta semana do campeonato, que começa no próximo sábado (26).

Rensga contrata reforça a equipe do CBLOL 2022 com Trap, Mocha e NinjaKiwi — Foto: Divulgação/Rensga Esports

Entre os sul-coreanos, o mais experiente é o suporte Mocha. Atualmente com 25 anos, ele iniciou sua carreira em 2015 e já passou por diversas equipes diferentes na Coreia do Sul, Europa, Japão e Austrália. A última equipe que Mocha atuou foi a Beşiktaş Esports, da Turquia, durante a primeira etapa da TCL 2021, a principal liga de LOL do país. Ao final do torneio, Mocha ficou inativo do cenário competitivo, até ser contratado pela Rensga. Entre os campeões que mais utilizou na competição, Mocha possuía as melhores estatísticas com o Alistar e a Leona.

Diferentemente de Mocha, Trap, de apenas 19 anos, é um jogador sem muita experiência, tendo iniciado sua jornada no competitivo em 2020. O topo, que também já foi conhecido pelos apelidos YoneKing e StarSpring, atuou apenas pela Afreeca Academy, o time de base da Afreeca Freecs, tradicional equipe da liga sul-coreana de LOL. Levando em consideração que um de seus apelidos era "YoneKing", é esperado que ele escolha o campeão Yone e outros personagens duelistas como opções confortáveis em seus jogos pela Rensga.

Por fim, o brasileiro NinjaKiwi começou a atuar no competitivo apenas em 2022, vestindo a camisa da Rensga Academy. O trio chega no time principal da Rensga para tentar uma recuperação no CBLOL 2022. Atualmente, a equipe está a três pontos da Netshoes Miners, primeira equipe dentro da zona de classificação para os playoffs. Caso seja confirmada a estreia na sexta semana, eles jogarão contra a Liberty, no sábado (26), e contra a KaBuM! Esports, no domingo (27).

Com informações de Liquipedia, lol.fandom e Gol GG

Mais do TechTudo