Jogos de corrida
Publicidade

Por Bruno Magalhães, para o TechTudo

Divulgação/Sony

Gran Turismo 7 é a sequência do popular simulador de corrida da Polyphony Digital que chega exclusivamente no PlayStation 5 (PS5) e PlayStation 4 (PS4) em 4 de março de 2022. O jogo de corrida da Sony foi destaque no evento digital State of Play nesta quarta-feira (2). O game traz modos como o Rali Musical, um aprofundamento no sistema de customização de veículos e nos tipos de atividades em circuitos, entre outras novidades.

O lançamento, que comemora os 25 anos da franquia, estará disponível para comprar por R$ 349,90 no console mais potente, enquanto os jogadores da antiga geração podem garanti-lo por R$ 299,90. Haverá um upgrade pago para aqueles que desejam migrar para a versão de PS5, o que vai trazer melhorias gráficas, de performance e suporte a Áudio 3D, entre outros benefícios. Nas linhas a seguir, você confere o que esperar de Gran Turismo 7 no PS4 e PS5.

Gran Turismo 7 promete novo nível de realismo e conteúdo no PS4 e PS5 — Foto: Divulgação/PlayStation

Cultura automobilística

A franquia Gran Turismo nasceu em 1997, no PS1, em torno da empolgação com carros que existiam na época e clássicos, trazendo uma experiência autêntica de automobilismo. Hoje, o time de desenvolvimento entende que pouco se preserva dessa cultura, então o intuito de Gran Turismo 7 é resgatar esse sentimento para uma nova geração de jogadores.

Esse empenho se traduz principalmente na quantidade de conteúdo: são mais de 400 veículos disponíveis logo no lançamento. Os usuãrios podem encontrá-los nas lojas Brand Central, com carros lançados de 2001 até hoje, Used Car Dealer, uma concessionária de carros usados que oferece preços mais razoáveis, além da Legendary Car Dealer, que traz opções mais caras e clássicas.

Gran Turismo 7 traz pelo menos 34 localizações e mais de 90 pistas no mundo todo — Foto: Divulgação/Polyphony Digital

A premissa de Gran Turismo 7 é abraçar todos os tipos de jogadores — dos mais casuais aos competitivos, colecionadores, fotógrafos, entusiastas de tuning, designer de visuais, entre outros. Haverá ao menos 34 localizações pelo mundo, com até 90 layouts para serem explorados. Há desde pistas reais a outras originais do game, incluindo algumas clássicas. Os circuitos prometem ainda centenas atividades específicas que podem ser selecionadas, dentre elas: corridas, provas de tempo, drift e novas opções relacionadas a música.

Mapa e modos de jogo

Gran Turismo 7 é um jogo sem início, meio ou fim, e deve proporcionar muitas horas de gameplay para diferentes perfis de jogadores. É praticamente uma plataforma em que os jogadores podem aprender mais sobre os últimos 150 anos de cultura automobilística e o valor histórico dos veículos, além de criar a própria coleção e pilotar em diferentes circuitos do mundo.

O World Map, que marcou presença em títulos anteriores, está de volta em Gran Turismo 7 com o modo GT World, que traz missões, circuitos globais, lojas de reparos e tuning, garagem, carros lendários e muito mais em um menu de rápido acesso. É possível se aventurar em circuitos nas Américas, Europa, Ásia e Oceania, incluindo nomes como Le Mans, Tóquio, Tsukuba, Willow Springs, La Sarthe, Daytona e vários outros.

Gran Turismo 7 celebra os 150 anos de cultura automotiva com modos para todos os perfis de jogadores — Foto: Divulgação/Polyphony Digital

Conforme avançam na carreira solo, os jogadores conseguem destravar novos veículos e desafios. Há ainda o Gran Turismo Café, onde é possível completar objetivos para liberar uma história sobre o carro envolvido, uma forma do jogo ensinar um pouco mais sobre essa cultura aos jogadores.

Aqueles que forem mais competitivos também podem duelar com outros pilotos através do modo GT Sport, que herda o nome do último lançamento da franquia em 2017. Já os que são mais contemplativos contam com uma verdadeira plataforma de criação, com suporte a modo de fotografia e edição.

Foco na música

Entre as novidades apresentadas no State of Play de fevereiro também está o Music Rally, que permite dirigir de forma mais relaxada enquanto o jogador curte uma música. Mas há um desafio: é preciso seguir sem deixar as batidas caírem. Se chegarem a zero, a música simplesmente para. A ideia é passar por checkpoints para que os beats sejam renovados e o passeio siga até o fim da música.

Entre os gêneros disponíveis estão música clássica, jazz, hip-hop, eletrônica, lounge, rock, entre outros. Elas tocam não apenas durante as corridas, mas também nos menus. Há, ainda, a possibilidade de criar clipes automáticos com o Music Replay, que explora diferentes ângulos de câmera e é muito útil para compartilhar nas redes sociais.

Gran Turismo 7 traz Music Rally, modo em que o jogador não deve deixar a música parar — Foto: Divulgação/Polyphony Digital

Mais realismo na nova geração

Gran Turismo é uma franquia que sempre se destacou pelos visuais de ponta, e o foco agora é oferecer um novo nível de realismo, tanto nos gráficos como nas sensações. Como já é tradição nos lançamentos de PS5, há uma série de recursos disponíveis exclusivamente no console de nova geração.

Os jogadores podem escolher entre o modo de desempenho, que mira fluidez a 60 quadros por segundo, ou o Ray Tracing Mode, que não é indicado para ter a melhor performance, focando na fidelidade visual. Esse é mais recomendado para entusiastas de fotografia e replays, por exemplo.

Outro destaque é a rápida navegação entre os menus e a redução nas telas de carregamento, possível graças ao SSD superrápido do console. Isso significa que os usuários terão uma experiência mais fluida e direto ao ponto ao explorar os recursos do game.

Ray Tracing é destaque na versão de Gran Turismo 7 para PlayStation 5 — Foto: Divulgação/PlayStation

Os gatilhos adaptáveis e a resposta tátil do controle DualSense também prometem colaborar com a imersão nas pistas. Será possível, por exemplo, sentir a vibração de freios, do motor e até mesmo das rodas girando. Cada veículo traz uma particularidade, que pode ser sentida até mesmo na resistência dos freios. As irregularidades do asfalto também geram sensações a partir do controle.

Por fim, o Tempest 3D Audiotech, chamado simplesmente de Áudio 3D, permitirá que os jogadores percebam a posição dos veículos próximos, como se eles estão vindo pela direita ou pela esquerda, por exemplo. Todos os recursos devem permitir que os jogadores tenham mais consciência do que acontece nas pistas e com os próprios veículos, além de reforçar a imersão no game.

Com informações de PlayStation

Mais do TechTudo