Telefonia
Publicidade

Por Isabele Scavassa, para o TechTudo

Reprodução/The Verge

A provedora de internet Starlink, do bilionário Elon Musk, decidiu lançar uma versão premium da conexão via satélite que tem chamado a atenção do público. O upgrade vai permitir que os usuários alcancem velocidades mais altas, com potencial de rivalizar até mesmo com a fibra ótica. Entretanto, o preço do serviço também deve ficar nas alturas.

O cadastro para aderir ao novo serviço já começou. No entanto, a entrega dos equipamentos e a liberação do acesso deve ocorrer a partir do segundo semestre.

Elon Musk, o bilionário por trás da Starlink — Foto: Reprodução/Tesla

Um dos destaques da conexão Starlink é a abrangência que promete contemplar até mesmo lugares mais afastados. O novo plano deve ganhar tecnologias reforçadas para assegurar um bom funcionamento em qualquer condição climática, até mesmo as mais extremas. Serviço de atendimento 24 horas por dia durante a semana inteira também é um benefício que passa a ser ofertado com a novidade.

O plano convencional da Starlink entrega velocidades entre 50 e 250 Mb/s, ao passo que o envio de arquivos alcança até 20 Mb/s. Já a nova modalidade deve chegar a download de 500 Mb/s, enquanto o upload ficaria entre 20 e 40 Mb/s.

Outra característica que distingue as duas modalidades é o tamanho da antena que recebe o sinal de internet. A recém-anunciada antena do plano premium será distribuída com um formato maior para garantir a qualidade na captação do sinal em condições adversas. Porém, o valor também sobre neste caso e passa de US$ 499 para US$ 2.500, equivalente a R$ 2.650 e R$ 13 mil, respectivamente.

Planos da Starlink

Modalidade Disponibilidade do serviço Latência (ms) Download (Mb/s) Upload (Mb/s) Antena Mensalidade
Starlink convencional ≥99% 20 a 40 50 a 250 10 a 20 US$ 499 (R$ 2.650) US$ 99 (R$ 525)
Starlink Premium ≥99% 20 a 40 150 a 500 20 a 40 US$ 2.500 (R$ 13.290) US$ 500 (R$ 2.658)

Como destacado anteriormente, o valor do plano também reserva um reajuste elevado. A primeira versão é comercializada por R$ 525, enquanto a opção premium é apresentada por R$ 2.658. No Brasil, planos com velocidades semelhantes entre 100 e 300 Mbps já são encontrados por valores que variam entre R$ 99 e R$ 300, cifras contrastantes com o valor atribuído ao serviço da Starlink.

A boa notícia para quem quer experimentar a conexão da Starlink a qualquer custo é que a Anatel concedeu a autorização para que o serviço seja comercializado por aqui.

Com informações de The Verge, Engadget e TechCrunch

Mais do TechTudo