PC Gamer
Publicidade

Por Pedro Cardoso, para o TechTudo


Depois de adquirir um PC gamer novo, é natural que o usuário fique ansioso para instalar seus primeiros aplicativos. Programas de comunicação como o Discord e das lojas de jogos como Steam Store e Epic Games costumam ser os primeiros itens a serem baixados. Outros softwares, contudo, também podem ser úteis se o usuário se preocupa em manter a sua máquina sempre otimizada, livre de aplicações indesejadas e com bom desempenho.

Nesse cenário, se o computador possui uma placa de vídeo mais potente, é desejável a instalação de apps que prometem aumentar ainda mais a sua performance, como o Razer Cortex e o MSI Afterburner, por exemplo. Já para manter o PC em dia e organizado, sugestões como CCleaner e IObit Uninstaller ainda parecem ser boas opções. O TechTudo selecionou dez softwares que são essenciais para o bom desempenho de qualquer PC gamer.

Discord é uma ferramenta completa de chat e comunidade — Foto: Reprodução/Pedro Cardoso

O Discord é uma central de comunicação versátil para quem joga no PC. Os jogadores podem criar salas para conversar por texto, voz e vídeo, além de compartilhar informações e suas proezas nos games. A ferramenta também é usada para marcar partidas online e estabelecer comunidades em torno de um um título ou gênero, que pode ser criada por qualquer pessoa.

A plataforma também permite saber quais jogos seus amigos estão jogando e até mesmo transmitir as suas partidas em tempo real para uma pessoa ou grupo. Vale dizer que o aplicativo é gratuito e nasceu como um concorrente do TeamSpeak — no entanto, passou a se destacar entre os games por conta dos ajustes apurados de áudio e a capacidade de criar servidores com várias subdivisões por temas.

Discord é um programa muito usado por gamers — Foto: Divulgação/Discord

Steam é uma das mais completas lojas de jogos — Foto: Reprodução/Pedro Cardoso

A Steam é a mais antiga loja de games digitais, com um acervo enorme, comunidade ativa e grande apoio de desenvolvedores importantes e alternativos. O catálogo traz os jogos exclusivos da Valve, como DotA 2, Portal 2 e CS:GO, por exemplo, e títulos de diversas empresas como Techland, EA, Warner Games, Bandai Namco. Apresenta, até mesmo, jogos dos consoles Xbox e PlayStation, como Forza Horizon 5 e God of War.

A loja da Steam é utilizada por muitos como referencial para saber se um jogo fez sucesso ou não, pela grande quantidade de usuários e por conta da comunidade sempre ativa. Os jogadores podem encontrar os games por gênero, saber quais são os mais vendidos ou listar aqueles que foram atualizados recentemente.

Tanto o software para PC quanto para o smartphone possuem a sua própria função de chat, para os jogadores se comunicarem enquanto jogam. A Steam possui a sua própria ferramenta de insígnias e conquistas, que podem ser vendidas digitalmente para colecionadores e acumular créditos para comprar outros jogos ou expansões.

GOG Galaxy puxa pela nostagia gamer — Foto: Reprodução/Pedro Cardoso

A GOG é uma plataforma de venda de jogos que pertence à CD Projekt Red, a mesma desenvolvedora de games como The Witcher 3: Wild Hunt e Cyberpunk 2077. O grande diferencial da plataforma é apostar em jogos de PC antigos, que são saudosos para muitos jogadores, como Heroes of the Might & Magic, The Secret of Monkey Island, Warcraft II, a série SimCity, entre outros.

Vale dizer que a loja da GOG também oferece jogos atuais como Shadow Tactics: Blades of the Shogun, o recém-lançado Shadow Warrior 3, Horizon Zero Dawn do PlayStation 4 (PS4), Control da Remedy Entertainment com a 505 Games e a nova série de Tomb Raider, por exemplo. A ferramenta traz fórum próprio para discussão sobre os jogos e avaliação interna para os gamers postarem seus reviews. Outro destaque da plataforma é a ausência de DRM nos títulos do seu catálogo.

Epic Games aposta em exclusivos e games gratuitos para atrair público — Foto: Reprodução/Pedro Cardoso

A terceira e última loja desta lista também é a mais recente entre as gigantes da indústria. Criada pela empresa de mesmo nome, a Epic Games chegou com um marketing agressivo, oferecendo mensalmente vários jogos gratuitos para os cadastrados na plataforma. Entre os jogos já oferecidos, estão títulos grandes e famosos como Hitman, Prey e até mesmo GTA 5.

Além disso, para tentar combater a supremacia da Steam, a Epic Games Store oferece uma porcentagem maior aos desenvolvedores sobre o valor das vendas e tem diversos jogos exclusivos em seu catálogo. De todas as três lojas citadas, é a que tem o design mais simples e limpo, com poucas opções em sua interface principal e mais facilidade na visualização da loja e biblioteca do usuário.

OBS Studio é uma ferramenta completa para gravação e transmissão de jogos — Foto: Reprodução/Pedro Cardoso

O OBS Studio é a plataforma mais usada por streamers, tanto para quem tem canal no YouTube, quanto na Twitch. Além de transmitir ao vivo suas partidas, os usuários também podem utilizar o software para gravar os jogos em vídeo e screenshots, para depois compartilhar como quiser.

O software permite criar várias telas estáticas e animadas para serem alternadas durante a transmissão. Além disso, ele possui diversos ajustes de áudio e vídeo, filtros, transições, entre outras ferramentas técnicas. O usuário pode transmitir o seu conteúdo ao mesmo tempo em que grava um vídeo.

App monitora as atividades de GPU e permite fazer overclock — Foto: Divulgação/MSI

O MSI Afterburner é um software gratuito responsável por monitorar a frequência, velocidade, temperatura e o desempenho da placa de vídeo. Além disso, ele permite ajustes para melhorar, entre outros pontos, a contagem de quadros por segundo (FPS, na sigla em inglês) de um jogo em tempo real.

Apesar de ser desenvolvido pela fabricante MSI, o aplicativo também funciona com placas de vídeo de outras empresas como Asus, EVGA e Gigabyte, por exemplo, e com chips da AMD e Intel, sem restrições. Por outro lado, se o usuário preferir, também poderá usar os apps próprios das respectivas companhias, como o Nvidia GeForce Experience e o AMD Radeon Software.

CPU-Z é conhecido por informar todos os detalhes técnicos do hardware — Foto: Reprodução/Pedro Cardoso

O CPU-Z é um programa simples, que indica, em detalhes, a ficha técnica do computador. A ferramenta mostra a CPU e a GPU do PC do usuário, dados completos sobre a placa-mãe e memória RAM, além de outras informações precisas como clock, frequência e a BIOS. O app é gratuito e está disponível para Windows e Android.

8. Razer Cortex

Razer Cortex otimiza os jogos para o melhor desempenho possível — Foto: Reprodução/Pedro Cardoso

O Razer Cortex, o antigo Razer Game Booster, é uma ferramenta da fabricante de periféricos de mesmo nome, que promete melhorar o desempenho dos jogos no PC. O software possui ajustes para os recursos da CPU, memória RAM, rotinas de acesso ao disco rígido e até desfragmentação dos jogos.

Com um funcionamento facilitado, basta encontrar e selecionar os games instalados via Steam, e autorizar as configurações automáticas. Dessa forma, o usuário não precisa necessariamente ser um técnico em informática ou entender todos os detalhes técnicos do funcionamento de um PC.

O CCleaner é antigo e famoso entre os usuários do Windows — Foto: Reprodução/Pedro Cardoso

Conforme instalamos e desinstalamos jogos em nosso PC, o Windows pode acumular certos resquícios como bibliotecas desativadas e informações inúteis de registro. O CCleaner tem sido usado ao longo do anos para limpar essas sujeiras, bem como para apagar cache do sistema e dos navegadores de internet.

As últimas versões do aplicativo ganharam novos recursos, como uma ferramenta que faz uma varredura geral na máquina do usuário em busca de rastreadores e arquivos inúteis. Há também uma função que encontra drivers desatualizados e sugere os downloads relativos.

Por outro lado, na versão paga, o CCleaner promete encontrar e sugerir as atualizações para programas instalados e desativar apps da inicialização do Windows, como forma de melhorar a velocidade do sistema ao ligar o PC.

Programa demonstrou ser uma poderosa opção para limpeza e desinstalação — Foto: Reprodução/Pedro Cardoso

Por fim, para evitar que o Windows tenha tantos registros e caches deixados para trás, existem softwares como o IObit Uninstaller, um desinstalador que garante deletar programas e jogos sem deixar arquivos residuais. Ao abrir o app, o usuário se depara com uma lista de tudo que está instalado, incluindo informações como o tamanho total e a data de instalação.

O programa também é capaz de desinstalar programas próprios do Windows 10, detectar e remover extensões de navegadores, acabar com resíduos de outros apps, entre outras funções.

Com informações de PCWorld

Mais do TechTudo