Celular

Por Pedro Cardoso, para o TechTudo

Thássius Veloso/TechTudo

A Apple teria economizado 5 bilhões de euros — cerca de R$ 33 bilhões — com a retirada do carregador e do fone de ouvido da caixa do iPhone. A redução de gasto em cada smartphone seria de R$ 180. Além disso, a empresa teria faturado aproximadamente 225 milhões de euros (R$ 1,5 bilhão) apenas com a venda desses acessórios, segundo informações do Daily News e da CCS Insight.

A empresa deixou de fornecer o carregador em 2020, no lançamento do iPhone 12, sob a justificativa de que seria uma medida sustentável. Segundo a Apple, a maior parte dos consumidores já teria o adaptador de tomada em casa e o envio de um novo item geraria o chamado lixo eletrônico. No Brasil, a fabricante foi notificada pelo Procon sob a alegação de suspeita de venda casada.

Apple deixou de entregar carregador e fone de ouvido em 2020 — Foto: Rodrigo Fernandes/TechTudo

A medida de retirar o carregador e o fone de ouvido da caixa do iPhone foi posta em prática sob o pretexto de reduzir a emissão de carbono dos produtos da Apple, o que agradou os ambientalistas, mas criou um descontentamento entre os fãs da marca. Afinal, mesmo com a retirada dos acessórios, não houve redução significativa no preço dos produtos.

No Brasil, um iPhone 13, celular mais recente da marca, custa a partir de R$ 7.599 no site oficial. Além disso, o consumidor que está entrando agora no "ecossistema Apple" ainda terá de desembolsar mais R$ 191 pelo adaptador de tomada e R$ 210 pelo fone de ouvido mais barato, o EarPods, de acordo com os valores mais recentes na loja oficial da Apple.

6 fatos sobre o iPhone 13! Preços, novidades e tudo que você precisa saber!

6 fatos sobre o iPhone 13! Preços, novidades e tudo que você precisa saber!

Atento a essa nova prática do mercado de tecnologia, o Procon-SP cobrou respostas da Apple e da Samsung, em setembro de 2021, e as empresas precisaram se explicar sob a alegação de suposta venda casada. Isso porque o consumidor precisa obrigatoriamente comprar o carregador para fazer o aparelho funcionar quando acaba a bateria. A fabricante sul-coreana passou, então, a disponibilizar gratuitamente o adaptador de tomada. Já a marca da maçã, até o momento, não tomou nenhuma medida.

Com informações de Daily Mail

Mais do TechTudo