PC Gamer
Publicidade

Por Rafael Leite, para o TechTudo


Montar um PC gamer barato para jogar Free Fire é possível, embora o game tenha sido desenvolvido para celulares. Jogadores podem optar pelo computador devido à tela maior, ao desempenho superior ou à facilidade de usar teclado e mouse na jogatina. A tarefa é possível graças a emuladores de Android para Windows, que adaptam a experiência dos smartphones para os computadores.

Como o jogo de Battle Royale da Garena foi desenvolvido para celular, não é preciso um super PC gamer para rodá-lo. O TechTudo preparou uma configuração simples e barata para que você possa jogar o Free Fire utilizando um dos emuladores de Android mais populares do mercado, o BlueStacks 5.

Para jogar Free Fire no computador, é necessário instalar um emulador de Android, como o Bluestacks — Foto: Reprodução/Rafael Leite

Requisitos recomendados - BlueStacks 5

Sistema Operacional Windows 10 ou superior
Processador Intel ou AMD multi-core com pontuação de benchmark Single Thread maior que 1000 e virtualização ativada
Placa de vídeo Intel, NVidia ou AMD com pontuação de benchmark maior ou igual a 750
Memória RAM 8GB ou superior
Armazenamento SSD, com 5GB de espaço livre

Processador: Intel Core i3-10100F

O processador é responsável por processar e executar todos os dados e informações em um computador, sendo o cérebro do conjunto. Por isso, quanto melhor o processador, melhor vai ser o desempenho de todo o PC.

Um modelo de baixo custo, vendido por R$ 579, é o Intel Core i3-10100F. Ele possui quatro núcleos e oito threads (quanto mais núcleos e threads, melhor o processador lida com multitarefas) e frequência de 3,6 GHz (quanto maior o número, mais rápido é o processamento). Além disso, encontra-se a tecnologia de virtualização, recurso importante para rodar o BlueStacks, emulador necessário para que o Free Fire funcione no computador.

Para rodar o Free Fire no computador, é possível utilizar um processador mais simples, como o Core i3-10100F — Foto: Divulgação/Intel

Placa de vídeo: Nvidia GT 1030 2GB

Já a placa de vídeo serve para processar e executar as funções relacionadas à renderização de gráficos. Uma boa placa de vídeo é importante, por exemplo, em jogos mais exigentes e para quem utiliza softwares de renderização 3D e edição de vídeos.

Como o Free Fire é um jogo desenvolvido para celular, não é preciso muito poder gráfico para conseguir rodá-lo. Portanto, é possível usar uma placa de vídeo básica, como a Nvidia GT 1030. O modelo com 2GB GDDR5 da PC Yes pode ser encontrado a partir de R$ 799.

GT 1030 da PC Yes possui 2 GB de memória do tipo GDDR5 e conexões HDMI e DVI-D — Foto: Divulgação/PC Yes

Placa-mãe: MSI H510M-A PRO

Esta é a peça que une todas as outras. Ela é responsável por transmitir as informações entre o processador e os demais componentes do computador. Mesmo sem relação direta com o desempenho, vale investir em uma placa-mãe que possua boas qualidade, durabilidade e confiabilidade. Além disso, é bom ficar atento às conexões que ela possui: número de portas USB, SATA, conexão para SSD M.2, entre outros detalhes.

Ao escolher uma placa-mãe, é importante que ela seja compatível com o soquete (encaixe) do processador escolhido — um processador Intel que usa soquete LGA 1200, como o Core i3-10100F, não vai ser compatível com uma placa-mãe com soquete AM4+, da AMD.

Uma opção de baixo custo mas de alta qualidade e compatível com o processador acima (ou seja, soquete LGA 1200) é a MSI ‎H510M-A PRO. Ela custa R$ 683, possui dois slots para memória RAM e tamanho padrão (Micro-ATX). Além disso, apresenta slot M.2, quatro portas SATA e seis portas USB, sendo duas USB 3.2 e quatro USB 2.1.

MSI H510M-A PRO é uma placa-mãe para processadores Intel de soquete LGA 1200 — Foto: Divulgação/MSI

Memória: 2x Corsair 4 GB DDR4 2.666 MHz

A memória RAM é um componente de alta velocidade que armazena temporariamente todos os arquivos necessários para o computador rodar algum aplicativo específico. Sendo assim, ela está diretamente relacionada à execução dos aplicativos. Caso você tenha pouca memória RAM instalada, por exemplo, um software pode travar e até nem rodar se ele necessitar armazenar muita informação para acesso imediato.

No caso do BlueStacks, para rodar o Free Fire, são desejáveis 8 GB de memória RAM. Uma dica é comprar dois pentes de 4 GB — assim as memórias trabalham em dual channel, o que melhora o desempenho das aplicações.

Ao comprar a memória, é necessário estar atento ao tipo dela e à frequência, para garantir compatibilidade com a placa-mãe e o processador. No caso do conjunto que estamos montando, o tipo usado é DDR4 e há compatibilidade com frequências até 2.666 MHz. Um módulo com preço mais acessível é o Corsair 4GB 2666MHz DDR4 C18. Ele possui 4 GB de capacidade, frequência de 2.666 MHz e custa R$ 169. Dois módulos, como o recomendado, custam R$ 339.

Armazenamento: SSD Kingston 240 GB

Os arquivos do computador ficam salvos no armazenamento. Normalmente, considera-se a capacidade na hora da compra deste item: quanto maior, mais arquivos vão "caber" no computador. Porém, outro fator a ser considerado é o tipo de armazenamento: disco rígido ou SSD. O SSD possui velocidades maiores de gravação e leitura de dados — assim, o desempenho geral do computador melhora, principalmente na hora de abrir programas e jogos.

Para a configuração que estamos montando, o SSD Kingston A400 de 240 GB é suficiente para a instalação do sistema operacional, do emulador e do jogo. Ele possui conexão SATA, taxa de leitura de 500 MB/s, taxa de escrita de 350 MB/s e sai por cerca de R$ 217.

SSD ajuda no desempenho geral da máquina ao realizar a leitura e a escrita de dados mais rápido — Foto: Divulgação/Kingston

Fonte: Corsair 450 W

A fonte é o dispositivo que fornece energia para todo o sistema. Então, é importante investir em uma fonte boa e que forneça a potência necessária para que o computador funcione bem. Fontes ruins podem causar, por exemplo, a queima das peças da máquina.

Para o sistema acima, uma fonte de 450 W dará conta de alimentar todas as peças tranquilamente. O Corsair CV450 possui essa potência, PFC ativo e certificação 80 Plus Bronze, com preço de R$ 338.

Gabinete e periféricos

Para que a montagem do computador seja possível, é preciso um gabinete. No mercado, são encontradas diversas opções para todos os gostos e com grande variação de preço. Ao comprar essa peça, é importante ficar atento aos tamanhos, principalmente da placa-mãe e da placa de vídeo.

Como a placa-mãe sugerida é micro-ATX e a placa de vídeo escolhida não é grande, o conjunto será compatível com boa parte dos gabinetes disponíveis no mercado. Um exemplo é o Fortrek SC501BK, uma das opções mais baratas da Amazon, saindo por R$ 139. Para quem deseja um gabinete com a lateral transparente, o Mancer Ares também é uma opção acessível, por R$ 209. Porém, por ser uma peça bastante estética, o gosto varia de pessoa para pessoa.

Gabinete SC501BK da Fortrek é compacto, possui duas entradas USB 1.1, entrada para microfone e saída para fone de ouvido — Foto: Divulgação/Fortrek

Para finalizar a configuração, também são necessários alguns periféricos, como teclado e mouse. É possível utilizar qualquer modelo, desde que seja USB. No caso do mouse, a resolução do sensor pode ser levada em consideração, já que ela determina a precisão do ponteiro — quanto maior a resolução, medida em DPI, mais preciso é o periférico. Para o teclado, um ponto de atenção é o layout: no Brasil, o comum é o ABNT2, que possui a tecla "'Ç".

Um exemplo de mouse gamer é o Redragon Cobra. Com resolução de 12.400 DPI, ele é encontrado por R$ 114. Para completar, o teclado Dyaus 2, da mesma marca, pode ser uma opção. Ele sai por R$ 143. Também é possível optar por modelos mais simples para economizar, sendo alguns vendidos em kits. É o caso do Multilaser TC240, que é comercializado a R$ 72. O mouse desse kit possui resolução de 1.200 DPI.

Para ouvir os sons do jogo, é preciso de uma caixa de som ou um headphone. Há uma grande diversidade de dispositivos no mercado. Para que eles funcionem no computador, basta que tenham conexão USB ou P2. É o caso da caixa de som SP-301, da C3Tech, com conexão P2, alimentação USB e 3 W de potência RMS, à venda por R$ 31, e do fone de ouvido Havit HV-H2232d, com conexão P2 e iluminação RGB, por R$ 109. Este fone também possui microfone, uma característica indispensável caso a ideia seja se comunicar com os outros jogadores.

Fone Havit HV-H2232d possui microfone integrado e iluminação RGB — Foto: Divulgação/Havit

Monitor

Outro item indispensável da nossa montagem é um monitor ou uma TV. Para que ele seja compatível com o conjunto, basta possuir uma conexão em comum com a placa de vídeo (no caso da GT 1030, HDMI ou DVI-D). Assim, se você já tiver algum dispositivo com essas características que esteja disponível para usar com o computador, não é necessário comprar um novo. Porém, se você não possui nenhum monitor disponível, há algumas opções mais em conta no mercado, sem abrir mão da qualidade e da confiabilidade.

É o caso do LG 20MK400H. O monitor possui 19,5", entrada HDMI e resolução de 1024 x 600, saindo a partir de R$ 845. Para quem quer um tamanho maior, há a opção do 24MP400-B, de 23,8", da própria LG. O modelo possui entrada HDMI e resolução de 1920 x 1080, e pode ser encontrado a partir de R$ 1.014.

Monitor da LG tem 23,8 polegadas e saída HDMI, compatível com a GT 1030 — Foto: Divulgação/LG

Sistema operacional e emulador

Sem um sistema operacional, o computador não serve para muita coisa. É ele o responsável por operar o hardware do PC, gerenciando e executando processos. O mais comum nos computadores é o Windows, da Microsoft. A edição Home da versão 10 é vendida atualmente por R$ 1.099, no site oficial da desenvolvedora.

Por fim, também é necessário um emulador de Android para rodar o Free Fire — afinal, o jogo foi feito para plataformas mobile, não para computador. Um dos mais populares atualmente é o BlueStacks, que está na versão 5 e é disponibilizado de forma gratuita. O jogo também é gratuito para jogar, embora ofereça a opção de compras dentro do aplicativo.

Conclusão

Sem contabilizar os periféricos, monitor e softwares, nosso computador sairá por volta de R$ 3 mil. Olhando sob a perspectiva de que o Free Fire é um jogo mobile e que essa configuração é básica, gastando um pouco mais já é possível comprar um celular topo de linha, como o Samsung Galaxy S21 FE, que está à venda a partir de R$ 3.499. Porém, esse computador pode ser utilizado para outros jogos além do mobile, como GTA 5, CS:GO e PUBG. Além disso, é possível realizar upgrades com o tempo para melhorar o desempenho da máquina.

Ao incluirmos no nosso orçamento o kit de teclado e mouse da Multilaser, o fone de ouvido da Havit e o monitor de 23,8" da LG, o computador sai por R$ 4.289.

PC Gamer barato para Free Fire

Componente Modelo Preço
Processador Intel Core i3-10100F R$ 579
Placa de Vídeo GT 1030 GDDR5 2GB PC Yes R$ 799
Placa-Mãe MSI H510M-A PRO R$ 683
Memória 2x Corsair 4GB 2666MHz DDR4 C18 R$ 339
Armazenamento SSD Kingston A400 240GB R$ 217
Fonte Corsair CV450 450W R$ 338
Gabinete Fortrek SC501BK R$ 139
Kit Teclado e Mouse Multilaser TC240 R$ 72
Fone de Ouvido Havit HV-H2232d R$ 109
Monitor LG 24MP400-B 23,8" R$ 1.014
Total R$ 4.289

Com informações de BlueStacks, Intel e Cooler Master

Nota de transparência: Amazon e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação. Os preços mencionados podem sofrer variação e a disponibilidade dos produtos está sujeita aos estoques. Os valores indicados no texto são referentes ao mês de março de 2022.

Mais do TechTudo