Smartwatches

Por Pedro Cardoso, para o TechTudo

Thássius Veloso/TechTudo

O Galaxy Watch 5, próxima geração de smartwatches da Samsung, pode vir com um sensor que funciona como termômetro. Um dos objetivos disso seria ajudar o usuário a detectar a febre, que é um dos primeiros sintomas da Covid-19. As informações são baseadas em um possível relatório oficial do relógio, divulgado pelo site de notícias ETNews.

De acordo com o portal, o recurso de medição de calor também poderia ajudar a identificar outras doenças infecciosas e, ainda, rastrear os ciclos de ovulação. Tudo isso mediante a detecção de mudança na temperatura corporal do cliente. O relatório indica que a Samsung desenvolveu uma tecnologia de medição que não seria afetada pela luz solar ou outras fontes de calor.

Família Galaxy Watch 4 tem modelos de tamanhos e propostas variados — Foto: Divulgação/Samsung

O texto também afirma que a fabricante coreana poderia utilizar esse mesmo recurso no seu próximo fone de ouvido da linha Galaxy Buds, que ainda é um protótipo. Nesse caso, o acessório seria capaz de detectar os "comprimentos de ondas infravermelhas" emitidas pelo ouvido para medir a temperatura, segundo a publicação.

O produto não tem previsão de lançamento, mas o Galaxy Watch 5 tende a ser lançado em agosto de 2022, no mesmo período de anúncio oficial do Galaxy Watch 4, no ano passado. Vale ressaltar que, com a data de anúncio oficial ainda longe, qualquer referência ao relógio, no momento, deve ser tratada como especulação.

Galaxy Watch 4 Classic é um dos modelos disponíveis — Foto: TechTudo

O Galaxy Watch 4 chegou em agosto de 2021 com um sensor de eletrocardiograma como uma das suas principais novidades no campo da saúde. O dispositivo está disponível com tela Super AMOLED de 1,2 ou 1,4 polegadas, além de 1,5 GB de memória RAM e 16 GB de armazenamento interno. Ele chegou ao Brasil com preço sugerido de R$ 1.999, mas já pode ser comprado na Amazon a partir de R$ 1.359.

Com informações de Android Authority e GSMArena

Nota de transparência: Amazon e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação. Os preços mencionados podem sofrer variação e a disponibilidade dos produtos está sujeita aos estoques. Os valores indicados no texto são referentes ao mês de março de 2022.

Mais do TechTudo