Jogos de tiro
Publicidade

Por Lucas Soares, da redação


Hyper Front, jogo de tiro para celular, teve sua versão de teste lançada nesta quinta-feira (24) no Brasil. O game tem download grátis na Google Play Store para Android. A gameplay conta com alguns aspectos que lembram bastante Valorant, como personagens com habilidades de reviver inimigos, teletransportar e causar dano. Segundo a empresa, uma versão para iPhone (iOS) já está em desenvolvimento e começou a ser testada. O TechTudo separou as principais informações do game que é acusado de "cópia" do FPS da Riot Games.

Hyper Front é um jogo lançado em janeiro e que fica disponível no Brasil a partir de hoje (24) — Foto: Divulgação/Netease Games Global

O que é o Hyper Front?

Hyper Front é um jogo de tiro para celular desenvolvido pela Netease Games Global. Anteriormente conhecido como Project M, o game ficou em beta em agosto de 2021. Atualmente, o jogo está disponível no Brasil, mas ainda em período de testes. A gameplay do título consiste em um jogo 5v5 onde o objetivo dos atacantes é plantar a Starcore. Já os defensores precisam desarmá-la antes que seja tarde demais e exploda.

Cada um dos dez personagens do game tem habilidades que podem ser usadas para conseguir vantagem ou até mesmo tornar o cenário mais favorável na competição. Trovão, por exemplo, consegue se mover rapidamente e eletrizar os inimigos. Já a Ninfa tem a capacidade única de trazer um aliado de volta para a vida. Os heróis são divididos nas categorias: Vanguarda, Invadir, Rastreia, Defensor e Auxiliar.

Hyper Front conta com personagens que tem habilidades especiais — Foto: Divulgação/Hyper Front

São 11 rounds no total e, ao vencer as partidas, os jogares sobem de nível e ganham pontos de pesquisa, um dos requisitos para ter heróis novos. Além disso, para fazer compras in-game é necessário adquirir diamantes com dinheiro de verdade.

Vale destacar ainda que existem cinco modos disponíveis: Partida Ranqueada, Modo Clássico, Desarme Rápido, Mata-Mata e Corrida Armamentista. Para jogar ranked, é necessário alcançar, no mínimo, o nível quatro. Os jogadores podem treinar suas habilidades e táticas no Campo de Treinamento e no Tutorial de Modo de Jogo. Caso deseje reunir os amigos, há ainda a opção de criar a Sala Personalizada.

Mapas e armas disponíveis

O jogo foi lançado com a Unreal Engine 4, motor de desenvolvimento produzido pela Epic Games, a mesma responsável por títulos como Fortnite. Por isso, os visuais chamam a atenção e prometem uma imersão única nos celulares. Isso é possível de perceber nos mapas do jogo.

As opções disponíveis até agora são: Momijigawa, Centro de Exploração Polar, Arcologia e Cidade Jardim. Cada um dos ambientes foi desenvolvimento com o objetivo de trazer opções de ambientação diferentes. O jogo oferece a opção de ver cada uma das regiões em detalhes, o que pode ajudar na hora de planejar estratégias de ataque e defesa.

Quanto às armas, os players podem contar com um arsenal comum em um jogo de FPS como pistolas, metralhadoras, sniper e adaga. Além disso, o Hyper Front possibilita a compra de skins para personalizar o armamento e lança novas opções periodicamente.

Hyper Front lança periodicamente novos pacotes de skins de arma — Foto: Divulgação/Netease Games Global

Semelhanças com Valorant

Hyper Front foi acusado de ter semelhanças com o Valorant, sendo chamado em vídeos do YouTube como uma espécie de versão mobile do FPS da Riot Games. Além disso, o jogo da Netease Games Global começou seu desenvolvimento sendo chamado de Project M, o que poderia remeter ao Project A, nome dado ao Valorant nos estágios iniciais de produção.

Na gameplay, algumas características de personagens vem sendo comparadas, como é o caso da Sage de Valorant com a Ninfa de Hyper Front. Ambas tem a capacidade de reviver os aliados e de se curar. Além disso, as animações foram apontadas como parecidas.

Sage, de Valorant, é comparada com a personagem Ninfa de Hyper Front — Foto: Divulgação/Riot Games

Vale destacar que a responsável pelo Hyper Front já sofreu problemas na justiça antes. A desenvolvedora de PUBG (PlayerUnknown's Battlegrounds) resolveu recorrer aos tribunais alegando que o jogo Rules of Survival da Netease tinha vários aspectos como visuais, áudio e gameplay parecidos.

Já a Netease, por sua vez, moveu outra ação alegando que a produtora de PUBG estava tentando promover um monopólio no mercado Battle Royale. Meses depois as companhias teriam entrado em um acordo, onde os termos não foram divulgados.

Jogadores vem apontando semelhanças entre Hyper Front e Valorant — Foto: Divulgação/Netease Games Global

O TechTudo entrou em contato com a Riot Games e a Netease Global para entender como as companhias viam as acusações de cópia, mas não obteve resposta.

VALORANT: confira as quatro skins de arma mais caras do game

VALORANT: confira as quatro skins de arma mais caras do game

Mais do TechTudo