TVs

Por Vitória Bernardes, para o TechTudo

Divulgação/LG

O uso do projetor no lugar de uma smart TV tem sido assunto em redes sociais como TikTok e Instagram. Embora essa ideia esteja cada vez mais em alta, com novos lançamentos no mercado, é preciso colocar na balança e avaliar se realmente vale a pena fazer essa troca. É importante considerar que há projetores menos favorecidos e outros mais potentes, assim como acontece com os televisores. Existem também diferenças sutis entre os dois aparelhos que o consumidor deve conhecer antes de fazer a compra.

Para entender essas diferenças, o TechTudo separou três razões para comprar uma smart TV e três motivos para comprar um projetor. Leia e decida qual é o melhor para você.

Projetores da LG podem apresentar resolução de imagem Full HD e 4K — Foto: Divulgação/LG

Nota de transparência: Shoptime e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação. Os preços mencionados podem sofrer variação e a disponibilidade dos produtos está sujeita aos estoques. Os valores indicados no texto são referentes ao mês de abril de 2022.

RAZÕES PARA COMPRAR UMA SMART TV

1. Melhor contraste

Contraste pode ser uma vantagem nas smart TVs — Foto: Divulgação/Samsung

Em geral, o contraste das smart TVs é muito melhor que de projetores. Isso acontece porque os projetores são desenvolvidos para entregar imagem em uma superfície clara, que possa refletir sua luz. Com isso, as áreas escuras da imagem não ficam tã profundas. Enquanto isso, grandes fabricantes de TVs como Samsung e LG investem em tecnologias que melhoram as cores e deixam o contraste mais vívido e intenso nos televisores.

Embora existam projetores com boa qualidade de imagem, esses aparelhos não foram desenvolvidos para entregar cenas com qualidade OLED e QLED. Portanto, usuários que não abrem mão dessa qualidade enquanto assistem a filmes e séries devem apostar nas smart TVs — mesmo que o preço seja mais alto para o bolso.

2. Sistema operacional e som

WebOS é um dos sistemas operacionais disponíveis no mercado — Foto: Reprodução/Fabrício Vitorino

Outras características que podem fazer a smart TV se sobressair ao projetor é o som e presença de um sistema operacional. Isso significa, em primeiro lugar, que as empresas desenvolveram alto-falantes pensados para filmes de ação, romance e outros gêneros. A qualidade de áudio é bem melhor em comparação aos projetores, já que existem tecnologias pensadas apenas para isso.

O sistema operacional é outro destaque, já que ele permite baixar apps de streaming e acessar as mídias com mais facilidade. No caso de um projetor costuma ser necessário abrir o navegador e usar plataformas como Netflix e Globoplay na versão desktop. Isso pode diminuir os recursos para o usuário e deixar a usabilidade um pouco mais lenta.

O Freestyle, projetor anunciado nesta semana no Brasil pela Samsung, possui sistema operacional tal qual uma televisão e pode baixar aplicativos como serviços de streaming. Ele, contudo, ainda é uma exceção no mercado.

3. Não precisa de parede branca

Smart TVs podem ser colocadas em qualquer cômodo — Foto: Divulgação/Semp

Por fim, com uma smart TV não é preciso ter uma parede branca ou telas brancas para projetar a imagem. É possível colocar o aparelho apoiado em móveis na sala e quarto, como também usar suporte de parede e instalá-la onde quiser. O recomendado é apenas deixar distante de janelas, já que a claridade pode atrapalhar.

Nesse caso, mesmo que o televisor saia mais caro para o bolso do consumidor, pode significar uma economia a longo prazo, já que ele não precisa pintar a parede ou comprar uma tela branca. Isso sem contar com menos trabalho, pois não é preciso arrumar o ambiente ideal para posicionar a smart TV.

RAZÕES PARA COMPRAR UM PROJETOR

1. Maior tamanho, menor preço

Projetores podem substituir TVs convencionais graças ao custo-benefício — Foto: Divulgação/LG

Os projetores foram desenvolvidos para ajustar a imagem da forma como o usuário deseja. Caso ele queira ver a tela maior, é possível afastar o aparelho e deixar cenas de filmes e séries quase do tamanho de uma parede inteira. Para quem curte ver curtas de ação com tamanho real, essa pode ser uma opção de compra interessante.

O mesmo acontece caso o consumidor queira diminuir a tela. Isso pode ser feito nas configurações do projetor como na forma de aproximá-lo da parede. É muito mais simples ajustar o tamanho e deixar do jeito ideal. Além disso tudo, o preço é bem menor que uma smart TV e pode custar um quinto do valor em comparação a televisores OLED e QLED de mesmo número de polegadas.

2. Sensação de cinema em casa

Projetor também pode ser instalado em cômodos pequenos — Foto: Divulgação/Sony

Com a imagem expandida, pessoas que gostam da sensação de cinema podem se deliciar com os projetores. Esse aparelho caiu no gosto de muitos usuários graças a essa função, que permite aumentar a cena e até mesmo cobrir uma parede inteira. Para pessoas que gostam de assistir a filmes e séries de forma mais intimista, a escolha de um projetor promete proporcionar esse sentimento.

Outro fator interessante é a possibilidade de conectar caixinhas de som ao projetor e transformar a experiência num som de cinema. Muitos desses eletrônicos não têm bom áudio, o que pode ser contornado com gadgets de boa qualidade e que são voltados para essa função. Basta comprar o modelo que deseja e verificar se existem cabos que se conectam ao projetor.

3. Instalação e portabilidade

Facilidade de levar o projetor para vários lugares é uma das vantagens em relação às smart TVs — Foto: Divulgação/Microsoft

Por fim, embora seja necessário ter uma tela branca ou parede clara para ver a imagem do projetor, o aparelho ocupa muito menos espaço. Além disso, graças à portabilidade dos projetores, você pode levar o aparelho para qualquer lugar e ter a sensação de cinema onde estiver. Para amigos que querem assistir a filmes de terror ou qualquer outro gênero juntos, esta pode ser uma ótima escolha.

Com informações de CNET

Mais do TechTudo