Drones

Por Lucas Santos, para o TechTudo

Divulgação/Pixy

A Snap, empresa por trás do Snapchat, acaba de anunciar a Pixy, uma câmera que voa e promete capturar imagens com uma nova perspectiva. O dispositivo voador recém-lançado é uma espécie de drone que possui rotas de voos predefinidas — ou seja, não é possível controlar a câmera como nas aeronaves convencionais que conhecemos. O sensor da câmera possui 12 MP e promete filmar até cem vídeos ou capturar mil fotos, que ficam armazenados na unidade de memória interna de 16 GB.

A Pixy já pode ser adquirida nos Estados Unidos e na França por preços que partem de US$ 229, cerca de R$ 1.139 em conversão direta e sem impostos. O kit básico do produto acompanha a câmera, bateria recarregável, cabo USB-C, capa de proteção e alça de transporte. Ainda é possível adquirir mais baterias recarregáveis separadamente por a partir de US$ 19, cerca de R$ 94 na atual cotação da moeda americana.

Câmera voadora Pixy possui estilos voos já programados — Foto: Divulgação/Pixy

Os registros feitos com a Pixy são compartilhados sem fio diretamente no Snapchat Memories, o local de armazenamento de fotos e vídeos do aplicativo. As imagens feitas com a câmera voadora são no formato horizontal, mas podem ser facilmente editadas para caber no estilo vertical da rede social. As ferramentas de edição do app permitem adicionar filtros e sons para personalizar o conteúdo e compartilhar com os amigos.

O mini drone da Snap é um dispositivo compacto e que cabe na palma da mão. Seu peso é de pouco mais de 100 g, o que facilita o transporte, mas pode ser um empecilho para gravar em locais com ventos fortes. Suas dimensões são de 13,1 x 10,6 x 1,7 cm e há quatro hélices que executam o voo do dispositivo.

Pixy está disponível na cor amarelo e cabe na palma da mão — Foto: Divulgação/Pixy

Como a Pixy não possui um método de controle remoto, o usuário pode escolher no menu da câmera entre as três predefinições: orbitar, flutuar e seguir. Ainda há uma quarta predefinição em que a câmera aterrissa na mão do usuário para encerrar as gravações. A duração da bateria permite realizar entre cinco e oito voos, dependendo do modo selecionado. É possível trocar a bateria por outra com carga completa para continuar utilizando a Pixy. A recarga completa da bateria pode demorar até 40 minutos.

A câmera voadora é compatível com iPhone 7 ou posterior executando o sistema operacional iOS 14 ou superior; e também com dispositivos Android que rodam a versão 8.0 ou superior do sistema. Ainda não há previsão de lançamento do eletrônico do Brasil. A Pixy é o segundo hardware da Snap — corporação conhecida por ser dona da rede social de troca de imagens e mensagens —, que já havia lançado os Spectacles, óculos capazes de tirar fotos.

Com informações de Snap e Pixy

Mais do TechTudo