Jogos simuladores

Por Yuri Hildebrand, de São Paulo*


O eFootball 2022, ex-PES, vai ganhar o update v1.0.0 para “consertar” o que foi uma das grandes decepções do mundo dos jogos em 2021. A atualização, prevista para a próxima quinta-feira (14), vai resolver problemas de gráficos, mecânicas de jogo e, sobretudo, gameplay, trazendo inclusive novos comandos e opções no hub de configurações táticas. A novidade foi anunciada nesta quarta-feira (6), e TechTudo traz mais detalhes sobre as mudanças a seguir.

Além de testar essa nova fase do game, o site também conversou com Robbye Ron, gerente da Konami na América Latina, sobre o novo patch v1.0.0 de eFootball 2022 e os planos da marca para o futuro do game. Vale lembrar que o título está disponível de graça para PlayStation 4 (PS4), PlayStation 5 (PS5), Xbox Series X/S, Xbox One e PC.

eFootball 2022 ganhará update que promete consertar jogo — Foto: Divulgação/Konami

👉 Quando eFootball 2022 mobile será lançado? Tire dúvidas no Fórum do TechTudo

Relembrando o lançamento

O título chegou com uma proposta interessante: ser free-to-play, a princípio com poucos times disponíveis (entre eles Flamengo, Corinthians e São Paulo, além de alguns europeus) e sem modos tradicionais de jogo, que ficariam disponíveis posteriormente por meio de DLCs pagos. O foco, aqui, seria justamente a disputa de partidas online, inclusive com a opção de jogar o modo Creative Team (ex-myClub), formato semelhante ao do Ultimate Team, do rival FIFA.

O jogo, bastante aguardado pela mudança drástica de proposta, que vinha desde PES 2020 com a presença do nome eFootball, ficou marcado pela grande decepção entre os fãs da franquia. Bugs bizarros, gráficos aquém do esperado e gameplay completamente diferente do que um simulador de futebol costuma entregar surpreenderam negativamente. O título, que chegaria com o pró de ser gratuito para jogar, ficou bem abaixo de uma demo em versão beta.

Bugs marcaram o lançamento de eFootball 2022 em outubro de 2021 — Foto: Reprodução/Snowdude, SteamCommunity

Nas palavras de Robbye Ron, gerente da Konami na América Latina, o jogo “não tinha a qualidade de um jogo da Konami”. O update, que estava previsto para novembro de 2021, acabou sendo adiado. Em janeiro, já com alguns aspectos prontos, a empresa resolveu segurar e “lapidar” ainda mais o game, que agora tem uma proposta mais fechada e entrega o que se espera da franquia.

O que chega com o update?

A nova versão de eFootball 2022 vem com um objetivo bem estabelecido: consertar o trágico lançamento de setembro de 2021. E, de acordo com Robbye, um ponto foi bastante levantado pela comunidade de jogadores: a gameplay precisava de melhorias urgentes. “A jogabilidade não estava à altura de um jogo da Konami, do PES ou do Winning Eleven. Então a gente trabalhou todos os meses nessa melhora”, afirmou o executivo.

Durante os testes do TechTudo logo no lançamento, chamou bastante atenção a dificuldade na marcação, com comandos confusos ou inexistentes, além da ausência de mecanismos para desarmar e mesmo proteger a bola. O jogo havia regredido bastante em relação ao que foi visto em PES 2021, por exemplo. Agora, com o update de 14 de abril, o game resolveu grande parte desses problemas.

Grande parte da gameplay confusa de eFootball 2022 é consertada no update v1.0.0 — Foto: Divulgação/Konami

Na marcação, vale destacar a nova opção de desarme, além do clássico X (ou A, no Xbox): o uso do círculo (B), junto ao L2 (LT), para dar o bote. O gatilho esquerdo dos controles também serve para “cercar”, mesmo que não com a mesma intensidade do R1 (RT) presente no PES 2021.

Além disso, o comando não faz mais os jogadores “esquecerem” a bola, algo que atrapalhou bastante a jogabilidade na versão anterior de eFootball 2022. A marcação dupla também está de volta ao game. Antes, ela acontecia por meio do círculo (B), mas agora segue o padrão do FIFA, sendo acionada por meio do R1 (RT).

Outro comando interessante e destacado por Robbye na apresentação da v1.0.0 é o Stunning Kick, com proposta semelhante ao chute colocado, comum em simuladores de futebol (e também ausente em eFootball 2022). Aqui, além do chute em si, é possível utilizar o recurso em passes e cruzamentos, melhorando a qualidade e a assertividade do jogador ao realizar a ação. Mas, vale lembrar: são necessários cerca de dois segundos para tocar a bola, o que pode levar desatentos a perderem a bola com facilidade.

eFootball ganhou partidas mais fluidas com a nova atualização — Foto: Divulgação/Konami

Ainda no jogo ofensivo, vale destacar o recurso de passar e correr. A exemplo do toque com L1 (LT) no FIFA, o comando, acionado pelo R1 (RT) logo ao tocar a bola com X (A), permite realizar triangulações com passes 1-2, inclusive desarrumando a defesa adversária. Antes, não era possível fazer isso, e o jogo ficava completamente amarrado no meio de campo, sem soluções de dribles, toques, entre outros aspectos naturais ao futebol.

Agora, as partidas voltam a ter, de fato, uma boa fluidez e o jogador pode desenvolver seu estilo em campo. Segundo Robbye, há ainda outras mudanças pontuais que fizeram a diferença na nova versão:

“O passe com X (A) está mais rápido, o chute melhorou e a resposta do drible é mais ágil. A resposta de jogo no online também está melhor, e, graficamente, há melhoras, assim como no menu de formações e táticas”

Sobre essa parte tática, a versão lançada em setembro chamou atenção pela ausência de variações, estilos de jogo e configurações mais manuais, tradicionais dos games da franquia da Konami. Agora, eFootball 2022 traz alguns aspectos de volta, como a possibilidade de “arrastar” os jogadores para armar o time livremente, além de organizar diferentes formações para diferentes momentos do jogo.

Creative Mode do eFootball, ex-myClub, foi renomeado para Dream Team — Foto: Reprodução/Steam

A última mudança destacada por Robbye foi no modo Creative Mode, ex-myClub e agora renomeado para Dream Team. Seguindo proposta semelhante ao FUT, do FIFA, a opção de jogo traz cartas de jogadores e permite montar times do zero para jogar online contra outras pessoas da comunidade. O modo também conta com a eFootball League, com 28 dias de disputa e um sistema de divisões e recompensas de acordo com o desempenho.

A Konami fala ainda em updates de dois em dois meses, seguindo uma lógica de temporadas que vai trazer atualizações com novos conteúdos. Perguntado sobre outras novidades do próximo update, Robbye garantiu a chegada de estádios brasileiros, como Maracanã, Morumbi e Neo Química Arena, além de atualizações do mercado de transferências. Mas, vale ressaltar: as equipes brasileiras testadas já com o novo patch ainda trouxeram elencos desatualizados, diferente dos times europeus.

eFootball 2022 finalmente roda bem com a nova versão, mas outras novidades ainda vão esperar — Foto: Divulgação/Konami

Pontos para o futuro

Sobre as modificações na gameplay, é possível dizer que temos um novo jogo com o patch v1.0.0 de eFootball. A Konami voltou atrás, corrigiu erros e não precisou inovar tanto para entregar o que se espera: um jogo de futebol com comandos conhecidos, bons gráficos, poucos bugs, além de opções táticas e técnicas para desafiar o time adversário de fato. Ainda assim, o jogo não parece 100% pronto, e a sensação é de que os próximos updates farão diferença para o reposicionamento do game no mercado.

O TechTudo aproveitou o papo com Robbye Ron para perguntar sobre os próximos passos da Konami em relação ao eFootball. Segundo o executivo, as novidades do patch de 14 de abril visam, principalmente, as melhorias na gameplay. A venda de DLCs e outros modos de jogo ficam para outro momento.

“Por agora não há nada anunciado nesse sentido (outros modos). Mas, nos próximos dias, vamos falar dessas coisas. Não queríamos falar sobre vender mais coisas à comunidade enquanto os jogadores ainda não estavam contentes com a jogabilidade.”

Com o lançamento decepcionante de setembro e o tempo “perdido” até a correção dos problemas, o simulador da Konami perdeu certo fôlego frente ao principal rival, FIFA, mas também ganhou um novo concorrente nesse período: UFL. Sobre isso, o gerente da empresa deixou claro que o foco era em melhorar seu próprio produto antes de pensar em como superar os outros games.

Neymar é um dos embaixadores de eFootball 2022 — Foto: Reprodução/Steam

Já a estratégia para cativar o público brasileiro pode envolver novidades interessantes:

“Assim que o update lançar vamos poder falar mais sobre novas mudanças. Há muitas coisas que já estamos trabalhando agora mesmo aqui no Brasil, e teremos surpresas que vão deixar muito felizes os torcedores do Brasileirão.”

Mudanças com relação ao uso do jogo em torneios de esports também ficam para depois. De acordo com Robbye, agora, com o game “pronto”, a Konami vai conseguir falar com eventos, equipes e pro players da franquia PES para começar a migração. Vale lembrar que, até hoje, o eBrasileirão, torneio organizado pela CBF, é realizado com o game de geração anterior.

Outro ponto que será visto depois é a proposta de oferecer o game em plataformas mobile e com opção de crossplay. Por agora, eFootball 2022 fica disponível apenas em consoles e PC, com matchmaking online considerando modelos de mesma marca, mesmo que sejam de gerações diferentes.

*O jornalista foi a São Paulo a convite da Konami

Mais do TechTudo