Celular
Publicidade

Por Fábio Oberlaender

Thássius Veloso/TechTudo

Os donos de celulares Xiaomi já começaram a notar a atualização para a MIUI 13, interface da empresa chinesa baseada no Android 12. O novo sistema chega recheado de recursos, como maior variedade de widgets, aprimoramento nas funções de segurança e melhorias de desempenho. Confira a seguir todos os detalhes da novidade e aprenda a fazer o update.

Vale lembrar que, no começo do ano, a Xiaomi divulgou a lista de celulares que têm direito à MIUI 13. Dentre os modelos elegíveis para o update, aparecem, por exemplo, Mi 11, Xiaomi 11 Lite e Poco X3 Pro. Já os recém-lançados Redmi Note 11 e Redmi 11 Pro saem de fábrica com o Android mais recente e a interface da Xiaomi.

Confira o lançamento do Redmi Note 11

Confira o lançamento do Redmi Note 11

O que muda na MIUI 13?

1. Nova Central de Controle

MIUI 13 possui ícones que lembram o iOS — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Uma das principais mudanças visuais da MIUI 13 tem a ver com a Central de Controle. A aparência está mais parecida com a do iOS 15 – versão mais recente do sistema da Apple – do que com a interface One UI 4, que funciona como camada de recursos da Samsung para o Android 12.

Como a Xiaomi sempre deixou claro que a sua principal concorrente é a empresa da maçã, é provável que a fabricante chinesa tenha se inspirado na rival. Os botões de comando rápido agora apresentam formatos e cores diferentes, facilitando a interação. A Central de Controle também pode ser personalizada com temas variados, de acordo com o gosto do usuário.

2. Aumento da segurança

O sistema de segurança dos celulares da Xiaomi ganhou um reforço extra com a atualização para a MIUI 13. O update avança nas proteções de biometria facial, auxiliando na leitura da identidade do usuário. Houve também otimização na proteção contra fraudes virtuais, garantindo maior proteção, por exemplo, ao fazer compras online.

A Xiaomi também acrescentou uma ferramenta que inclui uma marca d'água no momento em que o usuário digitaliza documentos importantes, como se fosse um carimbo de autenticidade. Além disso, a MIUI 13 promete maior proteção contra mensagens de texto e ligações de spam, além de verificar arquivos maliciosos ao baixar arquivos.

3. Mais fácil de usar com apenas uma mão

MIUI 13 — Foto: Thássius Veloso / TechTudo

A atualização otimizou o uso do celular Xiaomi, Redmi etc. com apenas uma mão. Ficou mais simples o acesso do polegar à maior parte dos ícones presentes na tela. Este é um dos grandes desafios das fabricantes, já que os telefones atuais estão com telas enormes.

Por exemplo, o Xiaomi Mi 11 possui um dos maiores displays do mercado, com 6,81 polegadas. Já o sucessor Xiaomi 12 traz display de 6,28 polegadas, o que facilita a interação com apenas uma das mãos.

MIUI 13 conta com o recurso Modo Simplificado — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

O Modo Simplificado reorganiza e modifica o tamanho dos ícones, facilitando o acesso do usuário a tudo o que é mostrado na tela apenas com o uso do dedo polegar.

4. Integração com outros dispositivos

O novo sistema tem a promessa de maior integração entre os dispositivos Xiaomi, assim como fazem as rivais Samsung e Apple. Deste modo, os usuários agora podem centralizar o controle de todos os aparelhos da marca com o recurso batizado de Mi Magic Center.

Nem todos os atuais eletrônicos da fabricante terão suporte a ele. Com o passar do tempo e a atualização das linhas, a tendência é de que um número cada vez maior de aparelhos sejam compatíveis com o hub digital.

5. Melhoria de desempenho

Redmi Note 11 é um dos celulares da Xiaomi com MIUI 13 — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

De acordo com a Xiaomi, a nova versão do sistema está até 52% mais fluida do que a anterior. Isso significa que as transições de telas e aberturas de aplicativos aparecem de maneira mais suave, deixando menos rastros no display. A taxa de quadros por segundo consegue se manter mais estável que na MIUI 12.5.

A MIUI 13 também otimiza recursos gráficos para os aplicativos principais quando os usuários fizerem uso intenso do smartphone. Essa maior velocidade de sistema funciona em conjunto com a taxa de atualização de tela, evita travamentos e facilita a transição de imagens durante a exibição de filmes e jogos.

Como fazer a atualização para MIUI 13

MIUI 13 — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Para saber se o celular já conta com a atualização para MIUI 13, basta entrar em "Configurações", depois tocar em "Sistema" e em seguida em "Atualização do sistema". Em seguida, siga as instruções indicadas para concluir o update para o novo sistema baseado no Android 12.

Com informações de Google e Xiaomi UI

Mais do TechTudo