Wearables
Publicidade

Por Danilo Paulo de Oliveira, para o TechTudo

Reprodução/MacMagazine

A Apple deve adiar para 2023 o lançamento dos seus óculos de realidade virtual (VR) e realidade aumentada (AR). O dispositivo deve custar em torno de US$ 3 mil, o que daria R$ 15 mil em conversão direta, segundo informações de bastidores. Ele deve rodar o sistema apelidado de RealityOS, que teria foco em games, entretenimento e comunicação.

A expectativa inicial era de que o suposto Apple Glasses chegasse ao mercado até o final deste ano. No entanto, o dispositivo ainda estaria em fase final de testes e, por precaução, a Apple teria adiado a novidade. Os óculos devem trazer CPU e GPU potentes, além de sensores avançados para a detecção de ambientes e gestos.

Óculos da Apple trarão processador potente — Foto: Reprodução/Apple Insider

Apesar do provável preço salgado, analistas apontam que os óculos da maçã terão algo entre 1 milhão e 1,5 milhão de unidades vendidas no primeiro ano de lançamento. Atualmente, a maior concorrente que a Apple enfrentaria no segmento seria a Microsoft, que já dispõe em seu portfólio do HoloLens que, embora seja voltado para o mercado corporativo e educacional, também é um dispositivo de realidade mista disponível no mercado.

O mesmo relatório que aponta a nova data de lançamento para 2023 dos óculos também menciona a existência de um chip especial poderoso na ficha técnica do produto, o que deve diferenciá-lo dos demais concorrentes. Ao todo, estima-se que o modelo conte com 10 sensores que trabalharão em conjunto. Algumas das principais fornecedoras desses componentes seriam a Sony e a Sunny Optical, empresa chinesa especializada na produção de lentes.

Outras características do modelo seria a presença de dois displays MicroOLED 4K, além de um terceiro painel AMOLED, bem como a presença da nova conexão sem fio Wi-Fi 6E e 15 módulos óticos, incluindo rastreamento ocular. O conjunto teria integração com aplicativos do Apple Watch e o conceito do projeto pode ser encarado como uma evolução do Google Glass, que não teve o sucesso esperado.

Óculos de realidade mista da Apple deve ter 15 módulos de câmera — Foto: Reprodução/Pocketnow

Vale ressaltar que não há certeza sobre a data de lançamento do produto e que nenhuma dessas informações foram confirmadas pela Apple. O jornalista Mark Gurman, da Bloomberg, crê que o lançamento do Apple Glasses não deve acontecer no evento WWDC 2022, marcado para junho. Ficaria, portanto, para o final de 2022 ou o primeiro semestre de 2023.

Outra possibilidade apontada pelo site 9to5Mac é de que a empresa anuncie o gadget este ano, mas que inicie as vendas apenas em 2023. Essa estratégia não seria novidade, visto que a empresa fez isso no passado com outros produtos.

Com informações de 9to5mac

Mais do TechTudo