Celular
Publicidade

Por Danilo Paulo de Oliveira, para o TechTudo

Divulgação/Nokia

O Nokia C2 é um celular básico que veio ao mercado brasileiro para competir pelo bolso de consumidores mais “econômicos”. A ficha técnica do celular inclui tela de 5,7 polegadas, bateria removível de 2.800 mAh e o defasado sistema Android 9 versão Go. O dispositivo foi anunciado em 2020 no Brasil por R$ 799, mas atualmente é comercializado por preços que partem de R$ 659 – um desconto de R$ 140.

O conjunto pode ser uma boa opção para quem procura custo-benefício. Ele foi apresentado pouco após a retomada das atividades da Nokia no país, devido à parceria entre a HMD Global e Multilaser. Nas linhas a seguir, conheça todos os detalhes do Nokia C2.

Nokia C2 — Foto: Divulgação/Nokia

Ficha técnica do Nokia C2

  • Tamanho da tela: 5.7 polegadas
  • Resolução da tela: HD+ (720 x 1440 pixels)
  • Painel da tela: IPS LCD
  • Câmera principal: 5 MP
  • Câmera frontal: 5 MP
  • Sistema: Android 9 Go
  • Processador: Unisoc (quad-core de até 1.4 GHz)
  • Memória RAM: 1 GB
  • Armazenamento: 16 GB
  • Cartão de memória: sim, Micro SD até 64 GB
  • Capacidade da bateria: 2.800 mAh
  • Telefonia: Dual SIM (nano SIM)
  • Peso: 161 gramas
  • Dimensões: 154.8 x 75.59 x 8.85 mm
  • Cores: carvão e ciano
  • Anúncio e lançamento: maio de 2020
  • Preço de lançamento: R$ 799

Tela e design

Nokia C2 tem Android Go — Foto: Reprodução/Nokia

O Nokia C2 tem uma tela de 5,7 polegadas que é menor do que observado em concorrentes como Galaxy A03 e Moto E7 Power. O display usa a clássica tecnologia IPS LCD, que mantém a fidelidade de cores em ângulos de visão menos favoráveis e usa a resolução HD+ (720 x 1440 pixels).

Diferentemente dos concorrentes da Samsung e Motorola citados acima, o Nokia C2 fica devendo em aproveitamento de tela. O dispositivo mantém bordas relativamente grandes, que conferem aparência considerada datada para os padrões atuais.

O Nokia C2 é construído em vidro na parte da frente e a capa traseira removível é de policarbonato texturizado que lembra metal. De acordo com a empresa, o design foi “feito para encarar os tropeços do dia a dia”. Visualmente falando, o aparelho é sóbrio e simples. A fabricante disponibiliza o smartphone em duas cores: carvão (preto) e ciano (verde). A marca da Nokia está estampada tanto na frente quanto na parte de trás.

Câmeras do Nokia C2

Câmeras traseira e frontal do Nokia C2 possuem 5 MP — Foto: Reprodução/Nokia

O celular não surpreende neste quesito pois possui um conjunto simples de câmeras. Tanto o sensor frontal quanto o traseiro possuem 5 MP de resolução e a gravação de vídeos fica limitada ao HD 720p a 30 quadros por segundo. A câmera principal conta com flash de LED.

Com isso, o Nokia C2 deve ser capaz de “quebrar um galho” em chamadas de vídeo, escaneamento de documentos e registros casuais em boas condições de iluminação. Vale lembrar que o aparelho não conta com estabilização de vídeo.

Desempenho

Nokia C2 roda Android Go — Foto: Reprodução/Nokia

A Nokia não especifica qual é o processador usado no produto, mas aplicativos de benchmark revelam a presença de um chipset da Unisoc que trabalha com quatro núcleos de até 1,4 GHz de velocidade. Para o multitarefa, a Nokia optou por inserir modestos 1 GB de memória RAM.

A explicação para um hardware tão básico é a presença do Android na versão Go, que é uma versão mais leve do sistema do Google com com apps que consomem menos recursos. O conjunto deve ser suficiente para uso de redes sociais, aplicativos de música, vídeo e jogos simples como Candy Crush ou Homescapes.

O celular tem apenas 16 GB de armazenamento. De acordo com a empresa, isso é suficiente para armazenar até 3 mil músicas ou 13 horas de vídeo em HD graças aos aplicativos mais leves do Android Go. É recomendado que o usuário utilize um cartão de memória vendido separadamente pois a tendência é que o espaço interno se esgote rapidamente. O modelo suporta microSD de até 64 GB.

Bateria

Bateria do Nokia C2 deve durar um dia com uso leve — Foto: Divulgação/Nokia

A bateria do Nokia C2 tem capacidade de 2.800 mAh. A empresa não informa qual é a exata autonomia do produto em horas de uso. Com uso leve, o smartphone deve aguentar um dia inteiro de uso.

A Nokia envia um carregador de apenas 5W na caixa do produto, considerado lento para os padrões atuais. Apesar disso, pela bateria de capacidade menor, o tempo para ir de zero a 100% não deve ser superior a 2 horas. Vale mencionar ainda a presença da entrada micro USB em vez do USB-C, padrão mais moderno.

Versão do Android e recursos extras

Nokia C2 chegou em 2020 ao Brasil — Foto: Divulgação/Nokia

O Nokia C2 chegou com Android 9 (Pie) de fábrica na versão Android Go. Com isso, há a promessa de uma experiência mais fluida, já que os aplicativos do sistema operacional são mais leves. Com relação a recursos extras, a Nokia destaca a presença de rádio FM que pode ser usado com fones de ouvido que acompanham o dispositivo.

Sobre conectividade, o Nokia C2 é equipado com um conjunto básico. Não oferece leitor de impressão digital nem transmissor NFC, o que impossibilita o usuário de realizar pagamento por aproximação.

Preço do Nokia C2

Lançado no Brasil em novembro de 2020, o Nokia C2 teve preço sugerido inicial de R$ 799, mas já está disponível na Amazon por valores a partir de R$ 659. Com isso, o smartphone se posiciona no mercado ao lado de modelos como o Galaxy A03 e Moto E7 Power – que custam valores aproximados, mas entregam mais tela, armazenamento maior e conjunto fotográfico mais avançado.

Nota de transparência: Amazon e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação. Os preços mencionados podem sofrer variação e a disponibilidade dos produtos está sujeita aos estoques. Os valores indicados no texto são referentes ao mês de abril de 2022.

Mais do TechTudo