Mapas e localização
Publicidade

Por Letícia Rosa, do Home Office


O StreetView do Google Maps recebeu novas ferramentas nesta terça-feira (24), data em que o recurso completa 15 anos de lançamento. Anunciadas em conferência de imprensa realizada na última semana (19), as novidades prometem fazer com que usuários visualizem locais de maneira mais precisa no app, disponível para download em celulares Android e iPhone (iOS), e em versão para desktop. Será possível, por exemplo, checar locais de difícil acesso com a nova StreetView Camera, e até mesmo "viajar no tempo", com o modo "Imagens Históricas".

A empresa ainda revelou que uma série de mecanismos da plataforma foram beneficiados pela evolução do StreetView, como o LiveView, que permite verificar instruções de direção em ambientes externos e internos, e o Modo de "Visão Imersiva", anunciado na Google I/O 22, que vai possibilitar "visitar" locais em 3D. É importante frisar, porém, que, por enquanto, nenhuma das funções tem ainda previsão de chegada na América Latina e Brasil.

StreetView do Google Maps completa 15 anos nesta quarta-feira; veja recursos anunciados em comemoração à data — Foto: Henry Perks/Unsplash

Como favoritar um local no Google Maps? Descubra no Fórum do TechTudo.

Google StreetView ganha novidades

Lançado em 2007 pela Google e tendo como protótipo o carro de um dos fundadores da empresa, o StreetView surgiu com a proposta de fazer um mapa em 360º graus do mundo inteiro. As primeiras imagens foram feitas a partir de vans, que rodavam pelas ruas de San Francisco, Las Vegas, Nova York e Denver, cidades dos Estados Unidos, para coletar imagens. Posteriormente, o serviço foi disponibilizado também para outras regiões e, atualmente, está presente em mais de 100 países e conta com mais de 220 bilhões de imagens coletadas.

A ferramenta sempre foi útil para ajudar usuários a encontrar e planejar rotas. No entanto, a inteligência artificial ganhou novo propósito com a pandemia da COVID-19: o turismo virtual. Por isso, a empresa passou a buscar ainda mais maneiras de captar lugares distantes e de difícil acesso — tanto é que mais de 16 milhões de milhas já foram percorridas, o equivalente à circular o planeta inteiro mais de 400 vezes

Modo de Imagens Históricas

O recurso de "Imagens Históricas", ou "Historical Imagery", em inglês", permite que usuários visitem locais que já não existem mais, como uma espécie de memorial virtual. É possível ir a lugares e conferir as mudanças ocorridas a partir de um "time slide", barra que pode ser deslizada entre os anos, de 2007 para baixo, para ver o que aconteceu com o passar do tempo. Usuários poderão pesquisar, por exemplo, por "World Trade Center", rolar a barra até o ano de 2000 e ver as Torres Gêmeas ainda em seus lugares.

historical-imagery-street-view-google-maps — Foto: Reprodução/Google

Mas não são só pontos famosos que podem ser visualizados. Caso queira, o usuário também pode pesquisar por seu endereço de infância, por exemplo, para checar as mudanças feitas no local. Basta procurar pela localização na barra de busca do Google Maps, selecionar o StreetView e tocar na opção "Ver mais datas".

Nova câmera

Carros usados para o StreetView possuem vários dispositivos de filmagem acoplados em diferentes partes do veículo. Contudo, a partir de 2023, uma nova câmera será utilizada para captar as imagens da plataforma. A nova geração da StreetView Camera foi desenvolvida para reduzir a quantidade de aparelhos usados pelos operadores e parceiros do Google, a fim de tornar o processo mais fácil, prático, econômico e sustentável.

street-view-camera-google-maps — Foto: Reprodução/Google

O equipamento compacta várias ferramentas em uma só estrutura, com 7 câmeras — dispostas em diversos ângulos —, mais de 140 megapixels e menos de 7 quilos. Além disso, ele pode ser customizado para apenas ser atachado a um veículo que já esteja no local a ser fotografado, o que agiliza o processo. Dessa forma, as frotas do Google poderão ser ampliadas, e incluir, por exemplo, carros elétricos.

Vale ressaltar que, em 2012, o Google lançou um recurso para poder acessar ainda mais rotas, especialmente as mais difíceis de chegar via automóvel. Através de parceiros, como alpinistas, barqueiros, ciclistas, gondoleiros, nadadores e até animais, a empresa conseguiu disponibilizar a visualização de percursos inusitados, como o fundo do mar, a beirada de vulcões, o topo de montanhas, rios como o Amazonas e o Nilo, e até o espaço.

street-view-partners-google-maps — Foto: Reprodução/Google

Novos usos do StreetView

Além das novas funções, as tecnologias incluídas no StreetView beneficiaram outros recursos presentes no Google Maps. O LiveView, por exemplo, agora dá instruções ainda mais precisas para saber como se locomover em certos lugares, como no interior de aeroportos. Para isso, basta apontar o telefone para a frente, e o aplicativo indicará o caminho a ser seguido.

google-street-view-maps-liveview — Foto: Reprodução/Google

O StreetView também auxilia a deixar toda a plataforma do Google Maps atualizada, já que, a partir das imagens, é possível extrair detalhes sobre cada um dos locais sinalizados. Segundo a empresa, a IA já ajudou a fazer mais de 25 bilhões de updates em mapas e rotas, com a correção de dados como endereços, horários de funcionamento, números de telefone e anúncios diversos.

Ainda, a tecnologia foi utilizada para desenvolver novos modos que devem chegar ao Google Maps até o final de 2022. O "Visão Imersiva", que permitirá visitar diversos locais a partir de representações 3D em diferentes horários do dia, foi criado a partir da junção de imagens captadas ao longo dos anos, por exemplo. Já o recurso de busca por proximidade de comércios, pontos turísticos e produtos, através da inclusão da frase "perto de mim" na pesquisa, pôde ser elaborado com exatidão devido ao StreetView.

google-maps-immersive-view-google-i/o-22 — Foto: Divulgação/Google i/O 22

Com informações de Google, Google I/O 22 e The Verge.

Veja também: Como baixar tudo que o Google Maps sabe sobre você

Como baixar tudo que o Google Maps sabe sobre você

Como baixar tudo que o Google Maps sabe sobre você

Mais do TechTudo