Celular
Publicidade

Por Willian Rodrigues, para o TechTudo

Thássius Veloso/TechTudo

A Receita Federal em São Paulo abriu leilão de produtos apreendidos, retidos ou abandonados no Aeroporto Internacional de Viracopos. Nele é possível disputar um iPhone 13 Pro Max pelo lance inicial de R$ 900, entre outras oportunidades. São 38 lotes oferecidos a pessoas físicas, onde constam outros iPhones, celulares Samsung Galaxy e até um ukulele. As propostas poderão ser enviadas até 16 de maio e a sessão de lances está prevista para o dia seguinte.

O valor listado é apenas uma referência, uma vez que o lance é feito às escuras. A Receita não garante o funcionamento dos produtos arrematados, que também não podem ser revendidos. É importante ressaltar ainda que os responsáveis por lances vencedores deverão providenciar a retirada dos aparelhos de forma presencial ou fretada.

iPhone é um dos itens disponíveis em leilão da Receita Federal — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo

Os iPhones aparecem em muitos lotes dedicados às pessoas físicas. O valor desses agrupamentos começa em R$ 100 e pode chegar à faixa dos R$ 47 mil para o lote com obras de arte. Vale a pena verificar as fotos e códigos dos produtos a fim de obter mais sucesso em adquirir um produto funcional.

Os lotes 12, 17, 19, 21 e 22 contêm iPhones de modelos não identificados, com pequenas avarias na carcaça. Os lances variam entre R$ 300 e R$ 1.900. Há também oportunidades com valores até mais baixos, como no caso do lote 16, que traz um Galaxy S9 com lance inicial de R$ 120, e do lote 18, com um iPhone com tomada do tipo G (padrão britânico), por R$ 150.

Lote 32 oferece um iPhone 13 Pro Max por R$ 900 — Foto: Divulgação/Receita Federal

Destaque deste leilão, o lote 32 oferece um iPhone 13 Pro Max com lance inicial de R$ 900. Pelo estado de conservação demonstrado nas fotos, o celular deve ser cobiçado por muitos fãs da Apple. O aparelho é encontrado no varejo online por valores a partir de R$ 6.210.

Há diversos outros produtos Apple neste leilão, como no lote 23, que oferece um iPad, um iPhone, AirPods e acessórios como relógio de pulso e óculos de sol – tudo pelo lance inicial de R$ 700. Já no lote 39 constam duas unidades de Apple Watch, um notebook Lenovo e uma caneta para notebook Lenovo pelo lance inicial de R$ 380.

Lote 13 contem um iPhone 11 e um Galaxy Note 5 — Foto: Divulgação/Receita Federal

No lote 13 há um Galaxy Note 5 e um iPhone 11 pelo lance inicial de R$ 900. Mas há também lances curiosos entre os eletrônicos: o lote 77 trazx carregadores para o controle PlayStation Move do PS4, o lote 14 inclui uma mesa de som Behringer X-AIR e o lote 31 traz dois ukulele rosa.

Como participar do leilão da Receita?

Pessoas físicas podem participar do leilão, desde que possuam certificado digital e-CAC — Foto: Divulgação/Receita Federal

A Receita Federal receberá propostas por lote até 16 de maio. O lance não pode ser inferior ao valor anunciado. Nem todos participarão da etapa de leilão, uma vez que só serão selecionados aqueles que derem ofertas com valor até 10% menor que a maior proposta de cada lote. Esses selecionados poderão subir o lance durante o leilão online marcado para 17 de maio às 10h30.

Qualquer pessoa física pode dar um lance no leilão virtual, mas é necessário possuir o certificado e-CAC, emitido pela Receita Federal. Aqueles que vencerem a disputa deverão arcar com o valor do bem adquirido, que pode ser pago até o dia seguinte ao leilão integralmente, ou dividido em duas parcelas, quitadas em até oito dias corridos após o leilão.

Com informações de Receita Federal

No vídeo abaixo, conheça 6 fatos sobre o iPhone 13

Conheça 6 fatos sobre o iPhone 13

Conheça 6 fatos sobre o iPhone 13

Mais do TechTudo