Publicidade

Por Shoptime

Reprodução/Consul

Máquina de lavar roupa é um item de grande necessidade, quando falamos de praticidade e economia de tempo em casa. Se você está avaliando trocar sua lavadora antiga, o Shoptime tem dicas para fazer a melhor escolha e também para fazer o descarte correto do eletrodoméstico, principalmente, para não causar danos ao meio ambiente.

Como escolher

Atualmente, você encontra dezenas de modelos de lavadoras automáticas, máquinas lava e seca e 3 em 1 (que lavam, secam e higienizam com vapor). Elas variam em tamanho, capacidade, funções, programas e tipo de abertura.

Dentre as lavadoras de roupa mais convencionais, com abertura por cima, encontramos opções de diversas marcas com capacidade entre 6 kg a 18 kg.

Entre as lavadoras, lava e seca e 3 em 1 com porta frontal e sem conexão com Internet, você encontra opções de 8 kg a 18 kg de capacidade. E entre os equipamentos inteligentes, há opções de 11 a 18 kg.

Atenção para os equipamentos lava e seca e 3 em 1, que trazem sempre duas indicações de capacidade por peso: lavagem e secagem. Existem modelos de 8/5 kg até 16/9, ou seja, 16 kg de roupas para lavar e 9 kg para secar.

De forma geral, pessoas que moram sozinhas ou casais sem filhos podem investir em máquinas de 6 kg a 11 kg. Lavadoras de 11 kg a 15 kg são indicadas para famílias de até quatro pessoas. E os modelos com capacidade acima de 15 kg vão atender bem uma família grande.

Além da capacidade, é importante levar em conta a rotina da família para a máquina operar em seu melhor desempenho. Segundo os fabricantes, as lavadoras funcionam com melhor performance com o tambor praticamente cheio, mas sem ultrapassar a capacidade máxima.

Por outro lado, quanto mais vazia a lavadora trabalhar, menor será a eficiência e maior será o desperdício de água, sabão e energia.

Modelos e formatos

Pensando nos modelos e formatos, todas as máquinas lava e seca, 3 em 1 e equipamentos smart disponíveis no mercado são com tampa frontal. Elas usam o sistema de tombamento, em que a roupa se move para cima e para baixo no tambor na horizontal, realizando o atrito entre os tecidos.

As lavadoras automáticas com abertura por cima, que costumam ser mais baratas, fazem agitação circular com eixo ou com pás no centro do tambor na vertical, que costumam entrar em atrito diretamente com os tecidos.

Enquanto você pode abrir a tampa das lavadoras automáticas a qualquer momento, nas máquinas frontais é preciso esperar destravar ou terminar o ciclo. Por outro lado, lavadoras com abertura frontal podem ser instaladas em lavanderias e áreas de serviço menores e planejadas, debaixo de uma bancada, por exemplo, otimizando o espaço para armazenar produtos e para dobrar roupas.

Consumo de água e energia

Máquinas de lavar roupa com tampa frontal levam vantagem na economia de água. De acordo com levantamento do Inmetro, modelos "front load" de 10 kg gastam de 100 a 130 litros de água por ciclo, enquanto máquinas com abertura superior de mesma capacidade consomem de 130 a 200 litros por ciclo.

Ou seja, as lavadoras tradicionais gastam bem mais água porque precisam encher o tambor todo, enquanto os modelos com tampa frontal enchem apenas parte do compartimento.

É interessante levar em consideração também que as máquinas lava e seca, 3 em 1 e lavadoras smart saem na frente na aplicação de novas tecnologias e em funções para economizar água e energia. É essencial verificar o Selo Procel de Economia de Energia para confirmar o consumo de cada aparelho.

A motorização Inverter, também chamada de Digital Inverter por algumas marcas, aparece em vários modelos para aumentar a eficiência e a economia de energia. Nas lavadoras e máquinas lava e seca, o compressor Inverter substitui os motores tradicionais e trabalha de forma contínua e com mais estabilidade. A máquina alcança rotação e velocidade mais rapidamente, de forma mais eficiente e silenciosa, e com menos impacto na conta de luz.

Como descartar

Se a sua máquina de lavar roupa antiga ainda está funcionando, você pode tentar vendê-la para lojas de equipamentos usados ou para terceiros. Outra opção é fazer uma doação para uma família que esteja precisando ou para uma instituição da sua cidade, que vai conseguir aproveitar o eletrodoméstico ou fazer um bom direcionamento.

Se não for possível doar, o descarte correto e sustentável é encaminhar o equipamento para uma empresa de logística reversa, uma cooperativa de reciclagem ou aterros preparados para receber esse tipo de material.

Segundo a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), produtores, comerciantes e consumidores são todos responsáveis pela destinação final adequada de resíduos sólidos. Por isso, muitas empresas possuem pontos de logística reversa para receber eletrônicos e equipamentos de suas marcas. Então, verifique se a própria fabricante da máquina não possui algum sistema de descarte ou ponto de coleta.

Outra opção é buscar por serviços especializados em coleta de lixo eletrônico e equipamentos. A prefeitura da sua cidade pode ter empresas cadastradas que fazem a destinação ecológica de eletrodomésticos, muitas vezes, em parceria com cooperativas de reciclagem.

Lembre-se de fazer o descarte de forma organizada. Se houver vidro, partes quebradas ou que podem provocar acidentes, embrulhe com papel ou papelão e sinalize, para ninguém se ferir.

Você sabia que muitos problemas que as máquinas de lavar roupa apresentam são causados pelos próprios donos? Leia mais aqui.

Visite o Shoptime para conhecer modelos de máquinas, incluindo as lavadoras e lava e seca inteligentes, e escolher o seu próximo equipamento.

Aproveite para baixar o aplicativo Shoptime na loja de apps do seu smartphone. Você tem descontos exclusivos e pode acompanhar as suas entregas, além de outras vantagens.

Shoptime
Mais do TechTudo