Campeonatos

Por Victor de Abreu, para o TechTudo


A RED Canids Kalunga venceu a fastPay Wildcats no último jogo da rodada desta sexta-feira (13) e segue com chances de classificação para a próxima fase do Mid-Season Invitational (MSI) 2022, torneio internacional de League of Legends. Os brasileiros não conseguiram fazer boas atuações contra a PSG Talon e a Royal Never Give Up e acabaram perdendo dois jogos em sequência. No entanto, eles conseguiram se recuperar com um jogo muito dominante contra a Wildcats para manter o sonho da classificação vivo.

Vale ressaltar que os três primeiros jogos da Royal Never Give Up foram anulados por problemas de latência no palco em Busan, Coreia do Sul. A equipe chinesa está jogando remotamente de seu país por conta de restrições causadas pela Covid-19. Portanto, esses jogos serão realizados novamente no sábado (14) e fecharão o Grupo B.

RED Canids derrotou a Wildcats, mas situação no Mid-Season Invitational 2022 ainda é complicada — Foto: Divulgação/LoL Esports

RED Canids x PSG Talon

O primeiro compromisso da RED nesta sexta-feira (13) foi contra a PSG Talon. A Matilha já havia vencido a PSG em sua estreia e teve um começo muito interessante também, embora não conseguisse desempenhar o mesmo domínio visto na partida anterior. Os brasileiros conseguiram pressionar muito na fase de rotas, superar os adversários nas rotações e no farm, e ter a tranquilidade para executar os dois primeiros dragões. Infelizmente, o jogo começou a desandar em uma tentativa de Guilherme "Guigo" Ruiz (Aatrox) e Gabriel Vinicius "Aegis" Saes (Jarvan IV) na rota superior. Park "Bay" Jun-byeong (Vex) chegou rapidamente para salvar seu companheiro e ficar com um double kill.

A RED não desanimou, manteve as boas rotações e seguiu derrubando mais estruturas do que a PSG. No entanto, em uma chamada arriscada dos brasileiros para o terceiro dragão, Bay (Vex) e Lee "Juhan" Ju-han (Wukong) fizeram uma entrada perfeita, e a PSG conquistou um ace sem perder jogadores. Mesmo que tenha ficado com o dragão, a RED perdeu toda aquela vantagem que possuía e não teve mais espaço para se recuperar. A PSG passou a controlar de vez o mapa, seguiu superior nas luta e derrubou o nexus aos 27 minutos.

Bay liderou sua equipe para a vitória e frustrou a RED — Foto: Divulgação/LoL Esports

RED Canids x Royal Never Give Up

O duelo começou bastante lento, com ambas as equipes apenas focando no farm e sem correr tantos riscos. Quem deu um ritmo mais acelerado para a partida foram os caçadores. Enquanto Yan "Wei" Yang-Wei (Lee Sin) pegou o first blood na rota superior, Gabriel Vinicius "Aegis" Saes (Viego) garantiu um abate para Alexandre "TitaN" Lima (Jhin) na rota inferior. Eventualmente, a RNG foi mostrando sua superioridade nas rotações, garantiram mais recursos que a RED, fizeram os dois primeiros dragões e forçaram seus adversários ao erro em diversos momentos.

Os brasileiros tentaram tomar a iniciativa e encontrar pickoffs para tentar diminuir a desvantagem de ouro. Porém, tudo desandou de vez quando a RED se movimentou para evitar o terceiro dragão dos adversários. A RNG respondeu sem dificuldades e novamente o atirador Chen "GALA" Wei (Kai'Sa) fez um Pentakill em cima dos brasileiros. Com a vantagem enorme, a equipe chinesa pegou o arauto e avançou até a base brasileira para fechar o jogo com apenas 20 minutos.

Depois de fazer um Pentakill no primeiro jogo, que foi anulado pela Riot Games, GALA voltou a anotar a mesma jogada sobre a RED — Foto: Divulgação/LoL Esports

RED Canids x fastPay Wildcats

Para o jogo contra a fastPay Wildcats, Gabriel Vinicius "Aegis" Saes trouxe o seu Lee Sin e não demorou muito para fazer a diferença nos primeiros minutos de jogo. O caçador brasileiro ditou o ritmo da partida, pressionou muito o seu oponente de rota e não deu espaço para os demais adversários respirarem. Ao mesmo tempo, o restante dos jogadores da RED seguiram o mesmo exemplo e dominaram completamente o jogo contra a equipe da Turquia, em especial no duelo quase unilateral de Guilherme "Guigo" Ruiz (Gwen) contra Soner "StarScreen" Kaya (Tryndamere) na rota superior.

O jogo estava tão tranquilo que a RED ficou com uma vantagem de mais de 10 mil de ouro em menos de 20 minutos. Um pequeno erro em uma chamada de Barão passou longe do suficiente para a equipe brasileira perder essa vantagem. Bastou para a RED pressionar rota por rota, derrubar as estruturas de pouco em pouco e derrubar o nexus para permanecer com chances no MSI 2022.

Aegis brilhou no jogo contra a Wildcats, e a RED manteve o sonho da classificação vivo — Foto: Divulgação/CBLOL

Veja, na tabela abaixo, como está a classificação do Grupo B. Lembrando que as três vitórias da RNG no primeiro turno foram anuladas devido aos problemas de ping que as equipes que jogam presencialmente em Busan, Coreia do Sul, acabaram sofrendo.

MSI 2022 – Classificação do Grupo B

Colocação Equipe Vitórias–Derrotas
PSG Talon 3–1
Royal Never Give Up 2–0
RED Canids Kalunga 2–3
fastPay Wildcats 1–4

Os jogos refeitos contra a RNG acontecem após a finalização da rodada do Grupo C neste sábado (14). Veja como ficou o cronograma do dia:

  • Evil Geniuses x G2 Esports (3h)
  • Evil Geniuses x ORDER (4h)
  • G2 Esports x ORDER (5h)
  • G2 Esports x Evil Geniuses (6h)
  • ORDER x Evil Geniuses (7h)
  • ORDER x G2 Esports (8h)
  • fastPay Wildcats x Royal Never Give Up (9h)
  • Royal Never Give Up x PSG Talon (10h)
  • Royal Never Give Up x RED Canids Kalunga (11h)

Com informações de Dot Esports, LoL Esports e Liquipedia

Mais do TechTudo