Campeonatos

Por Bruna Telles, para o TechTudo


LOUD e Vivo Keyd vão representar o Brasil na Free Fire World Series (FFWS) 2022, o Mundial de Free Fire, que acontece nos dias 14 e 21 de maio. A ilha resort de Sentosa, Singapura, recebe a atual campeã da Liga Brasileira de Free Fire (LBFF) 7, que carimbou o passaporte direto para fase final. Já a Keyd, vice-campeã do torneio, vai enfrentar a fase de entrada para tentar uma das vaga nas finais. As duas equipes brasileiras disputam a FFWS junto de outros 16 times classificados pelas suas ligas regionais, de olho no título e na premiação total de US$ 2 milhões (cerca de R$ 9,9 milhões).

Para não perder nenhum lance da FFWS 2022, os torcedores podem assistir aos confrontos ao vivo pelos canais oficiais da Garena no YouTube e na BOOYAH! Live. Quem preferir juntar os amigos na frente da TV também terá a opção: o Mundial de Free Fire será transmitido na TV aberta pela RedeTV! e na TV fechada pelo canal SPACE. A seguir, conheça um pouco mais sobre as equipes brasileiras no Mundial de Free Fire e prepare a sua torcida.

Mundial de Free Fire 2022 acontecerá em Sentosa, Singapura — Foto: Divulgação/Garena

👉 Como ganhar verificado no Free Fire? Tire dúvidas no Fórum do TechTudo

LOUD

Com o título da LBFF 7, a LOUD carrega as esperanças do Brasil na fase final da FFWS — Foto: Divulgação/Garena Free Fire

A LOUD, um dos principais nomes da cena brasileira de Free Fire, marca presença na World Series pela terceira vez. No elenco a organização traz o capitão Cauan "Cauan7" da Silva, William "Will" Moura Willian "Noda" de Oliveira, Ariano "Kroonos" Ferreira e Samuel "Bradoock" Borges, que estiveram na campanha do mundial de 2021 que rendeu o vice. A novidade do elenco em relação ao campeonato do ano passado é Luan "Lost" Souza, recrutado no início de 2022. Para o mundial, a LOUD garantiu vaga direta na fase final após faturar o título da LBFF 7, no dia 16 de abril.

Entre os jogadores, um dos destaques é Kroonos, o experiente pernambucano que foi MVP do mundial de 2019 em Bangkok, Tailândia, quando jogava pela GPS Veteranos. Outro destaque é exatamente Lost, eleito MVP da grande final da LBFF com 21 abates em nove quedas. Somando a experiência do atual elenco no mundial, e a energia de um novato talentoso, a LOUD chega com chances de ter um bom desempenho contra os sete times da fase final, incluindo os atuais campeões da EVOS Phoenix.

Vivo Keyd

A Keyd disputa os play-ins do Mundial de Free Fire, buscando uma vaga na grande final — Foto: Divulgação/Garena Free Fire

Já a Keyd faz a sua primeira aparição na FFWS. O time vai para Sentosa com Jardel "DeadGOD" Pereira, Matheus "MODESTIA" Henrique, Gerson "General" Martins, Fernando "NANDO9" Gomes e Pedro "KBÇÃO" Henrique, o mesmo elenco que venceu o Corinthians e conquistou o título da LBFF 5. Diferente da LOUD, a Keyd garantiu vaga na fase de entrada (play-ins) por ter ficado em segundo lugar na grande final da LBFF 7. Com isso, o time irá enfrentar outros nove competidores em seis rodadas, que irão definir os quatro times que avançam para fase final.

Do lado dos Guerreiros o destaque é Modestia, que na LBFF 3 foi eleito um dos jogadores da Seleção LBFF. Na ocasião o jogador defendia o Flamengo B4, que ficou em sexto lugar. Antes da Keyd e além do Flamengo, o paulista defendeu a Special Killer Service (SKS) e B4 Esports. Quem também já foi destaque no torneio é Nando9, eleito jogador da Seleção LBFF da quinta temporada, com passagens pela MÁFIA BR e B4stardos. Com um elenco já entrosado, a Vivo Keyd irá lutar na fase de entrada para superar os adversários, e garantir a dose dupla de Brasil na fase decisiva do Mundial de Free Fire.

Com informações de Free Fire Esports (1, 2, 3, 4, 5 e 6), Liquipedia (1, 2, 3, 4 e 5) e Twitter

Mais do TechTudo