Sua Casa Mais Tech
Publicidade

Por Shoptime

Reprodução/Shoptime

Se você está pensando em investir em um forno elétrico, para substituir o forno a gás ou para complementar as ferramentas da sua cozinha, saiba que ele tem diversas vantagens, mesmo com o valor da conta de energia cada vez mais alto por aqui. O Shoptime fala sobre esse eletrodoméstico a seguir.

1- Tamanhos para todos os perfis

Existem opções de forno elétrico para todos os perfis. Os fornos portáteis são ideais para quem deseja complementar os processos na cozinha ou para manter uma receita quentinha sobre a mesa. Para reaquecer a pizza de ontem, não tem para ninguém.

Os fornos de bancada e de embutir são maiores e pedem um local de instalação só seu. Enquanto as opções de bancada dão mais liberdade na organização do ambiente, os modelos de embutir são os mais sofisticados, indicados para quem está renovando a cozinha e projetando a marcenaria planejada. Esses, em especial, precisam ser escolhidos com antecedência, para que sejam respeitadas as medidas exatas e os espaços de circulação de ar.

Fornos elétricos de 10 a 20 litros são modelos compactos e portáteis, indicados para pessoas que moram sozinhas ou casais sem filhos.

Fornos de 20 a 50 litros são as opções para casais e famílias pequenas e para cozinhas menos espaçosas. São os eletrodomésticos ideais para combinar com cooktop ou para complementar um fogão de maior capacidade, oferecendo mais opções para quem cozinha bastante.

E os fornos elétricos acima de 50 litros são indicados para famílias grandes e para cozinhas espaçosas, substituindo totalmente o forno do fogão, em combinação com um cooktop. O amplo espaço interno permite dois ou mais preparos ao mesmo tempo, o que é perfeito também para quem trabalha com gastronomia e cozinha para fora.

2- Versatilidade no dia a dia

Um forno elétrico consegue dar conta de qualquer receita que você prepara tradicionalmente no forno convencional a gás. Alimentado pela eletricidade, basta ligar o equipamento em uma tomada estável para que ele esteja pronto para esquentar e começar a assar suas receitas.

Por não exigir ligação de gás, o forno elétrico oferece mais liberdade para sua instalação, o que é importante para quem mora em casa e apartamento antigo, ou está montando uma nova cozinha e não deseja um quebra-quebra de encanamentos. Dispensar o uso de botijão de gás também é ponto positivo para a segurança.

3- Precisão na temperatura e resultado perfeito

Essa é uma das grandes vantagens do forno elétrico, na comparação com o forno a gás. Com a seleção de temperatura e de tempo de cozimento, o usuário consegue controlar todo o processo com mais precisão. Se uma receita pede 160 graus, o forno elétrico atinge e mantém essa temperatura de forma constante, o que proporciona assados por igual, com resultados mais próximos do ideal.

Muitos equipamentos contam com painel ou seletor digital, o que ajuda a escolher exatamente as temperaturas desejadas e ainda acrescenta funções, como timer e programação do funcionamento.

Os resultados perfeitos também ficam mais fáceis porque os fornos elétricos mais modernos possuem sistema de convecção, que faz o calor circular de forma mais homogênea, agilizando os preparos e assando os alimentos de maneira mais uniforme. Para comparar, hoje em dia, pouquíssimos modelos de fogão contam com sistema de ventoinha.

O forno elétrico precisa de menos tempo de preaquecimento para começar a trabalhar com eficiência, na comparação com modelos a gás, e ainda consegue reter o calor por mais tempo, depois de desligado, evitando a dissipação rápida para a cozinha. Mas se você precisar esfriar o forno mais rapidamente, o sistema de ventoinhas agiliza esse processo.

4- Eficiência energética

Obviamente, os fornos elétricos consomem muito mais energia do que um fogão tradicional a gás, que só usa eletricidade para iniciar a chama.

Porém, os modelos mais modernos são cada vez mais eficientes e contam com novos materiais revestindo o interior, melhorando a distribuição e manutenção do calor. Eles chegam a reduzir o consumo em 30%, na comparação com fornos elétricos antigos, segundo os fabricantes.

Um forno elétrico funciona com uma resistência elétrica que, ao ser aquecida, propaga o calor por todo o espaço interno do equipamento. Como os fornos novos atingem a temperatura desejada mais rapidamente do que um concorrente a gás, o processo do preparo da receita será mais rápido, ajudando a reduzir o impacto na conta de luz.

5- Mais recursos e segurança

Como dissemos, um forno elétrico não exige ligação com a rede de gás encanado nem a presença de botijão de gás em casa, aumentando a segurança de todos.

Muitos modelos contam com sistema de desligamento automático e programação do tempo de cozimento, para aumentar a confiança do usuário, prevenir acidentes e até mesmo agilizar outras tarefas na cozinha, sem precisar ficar de olho no forno.

Além disso, fornos elétricos mais modernos estão chegando às lojas com recursos especiais, como grill ou função de dourar, perfeitos para preparar assados e gratinados, função airfryer e também vapor, que promete preservar os nutrientes e preparar pratos mais saudáveis.

O próximo passo é o lançamento por aqui dos primeiros modelos de forno, cooktop e fogão smart. Leia mais aqui.

6- Facilidade de limpeza

Como possuem materiais mais modernos em seu revestimento interno, os fornos elétricos são mais fáceis de limpar do que os fogões tradicionais. Fabricantes utilizam materiais antiaderentes, esmaltes tecnológicos ou com camadas mistas com cerâmica, desenvolvidas especialmente para esse uso.

Muitos modelos recebem tratamentos para ação antibacteriana e anti-odor. E há ainda fornos com tecnologia autolimpante, que são capazes de dissolver gordura e respingos de alimentos e transformar esses resíduos orgânicos em cinzas.

E as desvantagens?

É importante também falar de alguns pontos negativos dos fornos elétricos, para o consumidor ter todas as informações antes de fazer sua escolha.

No caso dos fornos portáteis, eles são menos potentes e não vão entregar os mesmos resultados, se colocados para preparar grandes assados, por exemplo.

Outra desvantagem é a dependência da rede elétrica: se houver uma queda de energia, isso pode comprometer suas receitas, por exemplo, com bolos e pães, que não podem passar por grande variação de temperatura. Se essas falhas de energia são comuns na sua região, é preciso considerar esse problema.

Por fim, os fornos elétricos costumam ser mais caros do que as opções a gás. Então, é preciso avaliar as vantagens e desvantagens e entender o melhor custo-benefício para cada caso.

Se você quer conhecer os modelos de forno elétrico e pesquisar as promoções, visite o Shoptime ou baixe o app no seu celular. Pelo aplicativo, você consegue acompanhar as suas entregas e tem descontos exclusivos, além de muitas outras vantagens.

Shoptime
Mais do TechTudo