Placas

Por Filipe Garrett, para o TechTudo

Divulgação/MSI

Radeon RX 6600 XT e GeForce RTX 3060 são placas gráficas de perfil intermediário das marcas AMD e Nvidia, respectivamente. As duas GPUs suportam games atuais em 1440p de resolução e prometem alta performance sem grandes sacrifícios na qualidade gráfica. Além disso, tanto Radeon como GeForce oferecem suporte a ray tracing em tempo real em títulos mais recentes. As diferenças, no entanto, existem: o modelo da AMD se destaca pela oferta do DLSS, enquanto no dispositivo da Nvidia, o consumidor encontra o FidelityFX e a promessa de maior desempenho.

Com preços parecidos, oscilando na faixa de R$ 3.500, a escolha entre uma das duas placas pode ser baseada em pequenos detalhes. Conheça as especificações e descubra qual das placas encaixa melhor na sua realidade.

RTX 3060 é a intermediária de última geração da Nvidia — Foto: Divulgação/Nvidia

Especificações

Entre as duas placas, a Radeon RX 6600 XT é a mais recente. Lançada no mercado em julho de 2021, a GPU da AMD é formada por 2.048 núcleos de processamento gráfico e é capaz de atingir velocidades de 1,9 GHz no clock base, de 2,5 GHz no turbo e de 2,3 GHz numa faixa de performance preparada para jogos. Além dos 2.048 processadores stream, a placa da AMD vem equipada com 32 núcleos dedicados para o processamento de efeitos de ray tracing.

Do lado da Nvidia, a RTX 3060 apareceu no mercado em janeiro de 2021. A placa tem 3.584 núcleos CUDA de processamento e pode rodar a velocidades de 1,3 GHz em frequência padrão, ou acelerar a 1,7 GHz com o turbo. A GeForce também vem com ray tracing por meio de 28 núcleos RT e, diferente da opção da AMD, tem ainda o reforço de 112 núcleos Tensor, usados em tarefas de inteligência artificial.

Um detalhe importante de se considerar acerca dos processadores gráficos dessas placas é que não há uma comparação direta entre quantidade de núcleos de uma marca com a outra: AMD e Nvidia desenvolvem suas próprias tecnologias e arquiteturas. Os núcleos Radeon são, portanto, diferentes de núcleos da GeForce.

Um dado que, no entanto, pode ser comparado mais diretamente é a memória, já que ambas as placas usam o mesmo tipo de tecnologia. A RTX 3060 vem com 12 GB de GDDR6, que são ligados ao processador gráfico por uma interface de 192 bits, larga o suficiente para permitir que esses módulos troquem até 360 GB/s com a GPU.

Do lado da AMD, a Radeon RX 6600 XT apresenta 8 GB de GDDR6 ligados por uma interface de 128 bits ao processador. Isso permite um volume de troca de dados de 256 GB/s entre os dois componentes.

Desempenho

Ray tracing está presente tanto na GeForce como na Radeon — Foto: Divulgação/Nvidia

No que diz respeito à performance, a RX 6600 XT é, no geral, mais rápida: dados coletados pelo GPU UserBenchmarks indicam vantagem geral da AMD na faixa de 18%. Enquanto isso, comparativos de desempenho de sites como Windows Central e ThePCEnthusiast sinalizam resultados parecidos: a Radeon vai render um pouco mais, alcançar maiores resoluções e FPS mais estável.

O cenário muda em games que têm maior afinidade com o hardware da Nvidia, já que títulos que oferecem suporte a DLSS e usam efeitos em ray tracing tendem a rodar melhor com a RTX 3060. Embora a AMD ofereça suporte a gráficos RT em tempo real, a Radeon não conta com uma opção ao DLSS. A técnica, que aprimora qualidade de imagem aumentando a performance da placa por meio de inteligência artificial, ainda não está presente no modelo.

Recursos

FidelityFX da AMD não atinge os mesmos resultados do DLSS da Nvidia — Foto: Divulgação/AMD

As duas placas são bem parecidas nos recursos, com destaque para o suporte ao ray tracing, além de uma série de funcionalidades que estão associadas aos softwares de controle e drivers das duas GPUs. Há, por exemplo, ferramentas para configurar a placa e gerar capturas de imagens de games em alta qualidade.

O grande diferencial entre as duas GPUs fica por conta do DLSS disponível no hardware da Nvidia. Essa técnica realiza um tipo de upscaling de imagem em que um game roda a uma resolução baixa nativamente, mas é exibido na tela em resolução maior. Esse aumento de resolução é feito por meio de inteligência artificial e garante imagem mais limpa na tela e maior performance.

Do lado da AMD, existe o FidelityFX, que visa a atingir o mesmo objetivo, mas sem o uso de inteligência artificial. A solução da AMD não é tão avançada quando a usada pelas GeForce e não deve produzir os mesmos ganhos de qualidade e performance.

Consumo

Mais eficiente, a Radeon tende a ser mais econômica na conta de luz — Foto: Reprodução/AMD

Segundo a Nvidia, a GeForce RTX 3060 precisa de 170 W para funcionar corretamente em situação de alta demanda, valor que é maior do que os 160 W que a AMD calcula para a RX 6600 XT.

Essas medidas não são um índice direto de consumo elétrico porque o consumo da sua conta de luz é calculado ao longo do tempo. Além disso, é muito difícil que as placas funcionem em seu desempenho máximo o tempo todo. Esses valores servem como uma indicação do nível de eficiência das placas: a Radeon, como vimos, é mais rápida e precisa de menos energia para operar.

Além desses dados, tanto Nvidia como AMD fazem recomendações a respeito da fonte de energia que você deve ter no PC para dar conta das placas. Enquanto a Nvidia recomenda uma unidade de 550 W de potência, a Advanced Micro Devices entende que uma fonte de 500 W já basta para alimentar o computador todo e a Radeon.

Preço e disponibilidade

RTX 3060 aparece mais em conta no momento — Foto: Divulgação/Nvidia

As duas rivais são fáceis de se encontrar no mercado brasileiro e oscilam em uma faixa de preços similar. Nas nossas buscas, encontramos a RTX 3060 em versão da Palit a partir de R$ 3.299. Outros anúncios de edições de Galax e Asus apareceram em nossas pesquisas por valores de R$ 3.835 e R$ 3.699, respectivamente.

Já para a Radeon, encontramos valores que começam em R$ 3.499 para uma versão XFX. Outra opção é da ASRock, encontrada no mercado nacional a R$ 3.590. É importante destacar que nossas buscas consideram lojas de boa reputação e que preços menores ou maiores podem ser praticados em marketplaces.

Custo-benefício

As duas placas são bem equivalentes em performance e parecidas em preço, e é difícil encontrar defeitos na comparação entre uma e outra. Talvez o critério mais relevante, além de uma eventual preferência por uma ou outra marca, possa estar vinculado às tecnologias que cada placa oferece: o ray tracing existe nas duas, mas é melhor na GeForce. Se os games que você curte já têm DLSS, a RTX 3060 é uma escolha superior.

Isso não quer dizer que a Radeon não tenha suas vantagens também. O trunfo da AMD está na performance bruta: a placa rende mais e vai entregar mais performance em cenários em que ray tracing e DLSS não são uma preocupação. Se você levar em conta que a maioria dos games não depende dessas duas tecnologias, a 6600 XT pode ser uma escolha superior, já que ela vai render mais, custa mais ou menos o mesmo preço e tende a consumir menos energia.

AMD Radeon RX 6600 XT vs. Nvidia GeForce RTX 3060

Especificações Radeon RX 6600 XT GeForce RTX 3060
Lançamento Julho de 2021 Janeiro de 2021
Núcleos 2.048 processadores stream 3.584 núcleos CUDA
Velocidade 1,9 GHz, 2,3 GHz (games) e 2,5 GHz (turbo) 1,3 GHz e 1,7 GHz (turbo)
Memória RAM 8 GB GDDR6 12 GB GDDR6
Velocidade de memória 16 Gb/s 15 Gb/s
Interface de memória 128 bits 192 bits
Largura de banda 256 GB/s 360 GB/s
TBP 160 Watts 170 Watts

Veja também: Como descobrir o modelo de sua placa-mãe

Como descobrir o modelo de sua placa-mãe

Como descobrir o modelo de sua placa-mãe

Mais do TechTudo