Esports
Publicidade

Por Victor de Abreu, para o TechTudo


A Cloud9 se sagrou campeã da IEM (Intel Extreme Masters) Dallas 2022, torneio de Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO). O título foi conquistado após vitória convincente sobre sobre a ENCE, neste domingo (5), em uma série melhor de cinco partidas (MD5) válida pela grande final da competição. A Cloud9 contou com mais uma excelente apresentação do AWPer Dmitriy "sh1ro" Sokolov, que foi capaz de segurar o ímpeto da equipe de Janusz "Snax" Pogorzelski e levar seu time à vitória sem grandes sustos por 3–0. As parciais foram de 16–12, na Mirage, 16–11, na Overpass, e 16–3, na Ancient.

Com o título, a Cloud9 levou a taça da IEM Dallas 2022 e a premiação de US$ 100 mil (cerca de R$ 477 mil). Apesar do vice-campeonato, a ENCE levou para casa o prêmio de US$ 42 mil (cerca de R$ 200 mil). Veja, a seguir, os destaques do duelo entre Cloud9 e ENCE na final do torneio.

Cloud9 derrotou a ENCE com autoridade e conquistou o título da IEM Dallas 2022 — Foto: Divulgação/ESL

Mapa 1 (Mirage)

A ENCE teve um começo de metade bastante tranquilo na Mirage. Foi a vitória no pistol e uma boa sequência com compras fortes e sabendo se aproveitar da fragilidade econômica da Cloud9. Os pontos que a ENCE sofreu vieram muito da insistência da equipe russa em avançar pelo bombsite A, o que acabou a pegando desprevenida, mas logo a vantagem criada foi de 8–2. Sumidos no jogo até então, Dmitriy "sh1ro" Sokolov e Sergey "Ax1Le" Rykhtorov acordaram e lideraram a Cloud9 em uma pequena recuperação como TR, diminuindo o prejuízo para 8–5. No entanto, a ENCE encerrou essa reação por aí e fechou o half em 10–5.

Na virada de lados, Abai "HObbit" Hasenov também deixou sua marca na Mirage, abriu o pistol com dois abates e deu todo o espaço para sua equipe levar essa rodada. A ENCE arriscou um forçado na rodada seguinte, mas teve um péssimo resultado, pois sh1ro abriu o round com dois abates, assegurou mais essa vitória para a Cloud9 e quebrou a economia adversária. Pavle "maden" Bošković e Janusz "Snax" Pogorzelski tentaram manter a ENCE à frente no placar, mas um 4K de sh1ro acabou com as esperanças da equipe. A Cloud9 assumiu a liderança, chegou ao map point e teve HObbit deixando seu 4K para fechar a Mirage em 16–12.

Discreto nos primeiros rounds, sh1ro cresceu no decorrer da Mirage e chamou a responsabilidade para buscar a virada para a Cloud9 — Foto: Divulgação/PGL

Mapa 2 (Overpass)

Agora em seu mapa de escolha, a Cloud9 buscou seu espaço rapidamente como TR. Após vitória no pistol e punição no forçado da ENCE, os russos sofreram um pequeno susto ao perderem muitas armas no anti-eco e deram o espaço para os adversários conquistarem a vitória na quarta rodada. Porém, Vladislav "nafany" Gorshkov, com um 3K no round seguinte, e Abai "HObbit" Hasenov, também com um 3K no sexto round, mantiveram a C9 com uma boa vantagem como TR. Sergey "Ax1Le" Rykhtorov também brilhou pela equipe russa para segurar as tentativas de recuperação da ENCE, que apenas diminuiu o prejuízo para 10–5.

No segundo pistol, foi a vez de Timofey "interz" Yakushin abrir a rodada com dois abates e dar toda a tranquilidade para sua equipe assegurar essa importante vitória. Porém, na rodada seguinte, a ENCE finalmente encaixou um forçado, virando uma situação 3v5 por sinal, e ganhou confiança na Overpass. Quando a situação parecia boa para a equipe polonesa, ela perdeu em um forçado da C9 e viu suas chances de virada se esvaírem apesar dos esforços de Janusz "Snax" Pogorzelski. Os russos ainda viraram um 3v5, que poderia ser a volta por cima para a ENCE, e se colocaram em posição excelente para fechar a Overpass em 16–11.

Substituto temporário na ENCE, Snax foi o melhor jogador da equipe na Overpass, mas não conseguiu evitar a segunda derrota — Foto: Divulgação/fraglider

Mapa 3 (Ancient)

Embora o mapa tenha mudado, a consistência de Dmitriy "sh1ro" Sokolov permaneceu a mesma. O AWPer voltou a ter um papel crucial para que a Cloud9 assumisse a liderança da Ancient como CT e segurasse as investidas da ENCE em tentar se aproximar no marcador. Janusz "Snax" Pogorzelski voltou a assustar, e Paweł "dycha" Dycha também acordou para acompanhar o bom momento de seu companheiro, inclusive sendo crucial para buscar a vitória em um forçado da ENCE. No entanto, tanto esforço passou longe do suficiente. A equipe russa dominou a Ancient pelo lado CT e ainda teve Vladislav "nafany" Gorshkov acumulando abates atrás de abates em cada rodada para ajudar sua equipe a chegar à vantagem de 12–3 no half.

Como TR, a situação não mudou. A Cloud9 praticamente repetiu a mesma atuação na Ancient que teve contra a BIG, no sábado (4), onde também dominou o confronto de ponta a ponta. A ENCE não conseguiu responder de forma alguma e foi cedendo de pouco em pouco até ver sua adversária chegar ao tournament point. Eram 12 pontos do título para a Cloud9, que precisou apenas de uma rodada para fechar a Ancient em um largo 16–3 e levantar a taça em Dallas.

Cloud9 derrotou a ENCE na Ancient e fechou a série em 3–0 para ficar com a taça — Foto: Divulgação/ESL

A IEM Dallas 2022 foi um torneio que reuniu um total de 16 participantes entre convidadas e equipes que conquistaram suas vagas por classificatórias. Entre elas, estiveram as brasileiras FURIA Esports, Imperial Esports e MIBR. A melhor colocada foi a FURIA, que caiu para a ENCE na semifinal, mas ficou entre as quatro melhores equipes da competição. A premiação total foi de US$ 250 mil (cerca de R$ 1,2 milhão), que foi dividida entre todos os 16 times. Veja, na tabela abaixo, a classificação final e a premiação que cada equipe recebeu:

IEM Dallas 2022 – Classificação Final

Colocação Equipe Premiação
Cloud9 US$ 100 mil (R$ 477 mil)
ENCE US$ 42 mil (R$ 200 mil)
3°/4° FURIA Esports e BIG US$ 20 mil (R$ 95 mil)
5°–6° G2 Esports e FaZe Clan US$ 10 mil (R$ 47 mil)
7°–8° Team Liquid e Team Vitality US$ 6 mil (R$ 28 mil)
9°–12° MIBR, Astralis, Ninjas in Pyjamas e MOUZ US$ 5 mil (R$ 23 mil)
13°–16° Imperial Esports, Complexity Gaming, Movistar Riders e Encore ESC US$ 4 mil (R$ 19 mil)

Com informações de HLTV e Liquipedia

Mais do TechTudo