Campeonatos
Publicidade

Por Victor de Abreu, para o TechTudo


A FURIA Esports perdeu para a BIG na noite desta quarta-feira (1) e deixou escapar a chance de avançar diretamente para a semifinal da IEM (Intel Extreme Masters) Dallas 2022, torneio de Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO). Tanto a equipe brasileira como a equipe alemã chegaram nessa série melhor de três partidas (MD3) sem muita pressão, pois ambos já haviam garantido a vaga nas quartas de final nos playoffs. Ainda assim, a BIG se mostrou um pouco mais focada no confronto e superou a FURIA por 2–1. As parciais foram de 16–8, na Nuke, 10–16, na Vertigo, e 16–10, na Mirage.

Como a FURIA precisará passar pelas quartas de final, a equipe jogará na próxima sexta-feira (3). O duelo será contra a G2 Esports e começa às 15h, no horário oficial de Brasília. Lembrando que o streamer Alexandre "Gaules" Borba e os canais oficiais da ESL transmitem o torneio na Twitch. Veja, a seguir, os destaques da série entre FURIA e BIG.

FURIA perdeu para a BIG, mas segue para os playoffs da IEM Dallas 2022 — Foto: Divulgação/PGL

👉 Meu PC roda CS:GO? Tire dúvidas no Fórum do TechTudo

Mapa 1 (Nuke)

Em seu mapa da escolha, a BIG foi a equipe que buscou a vantagem no primeiro half. Karim "Krimbo" Moussa atormentou os brasileiros com disparos firmes nos primeiros rounds e foi crucial para a BIG se distanciar no placar. A FURIA teve seus momentos, com Rafael "saffee" Costa tendo sucesso em um defuse arriscado, ignorando a presença de Florian "syrsoN" Rische no bombsite, e Kaike "KSCERATO" Cerato abatendo três oponentes em uma rodada para trazer mais um ponto. Apesar disso, a BIG se manteve muito regular como TR e, sem maiores dificuldades, fechou o 11–4 nessa metade.

A FURIA precisava do segundo pistol para se recuperar, mas parou em Josef "faveN" Baumann, que abriu a rodada com dois abates e manteve o bom momento da BIG. No decorrer da Nuke, os brasileiros não conseguiram emplacar suas jogadas no confronto. Embora tenha vencido um round forçado, que poderia dar a confiança necessária para a virada, a FURIA não suportou o ímpeto da BIG, que veio forte para seu mapa de escolha e fechou a conta em 16–8.

faveN emplacou 28 abates e foi o destaque da vitória da BIG na Nuke — Foto: Divulgação/PGL

Mapa 2 (Vertigo)

Para o segundo mapa, a FURIA escolheu a Vertigo e teve um excelente começo. Andrei "arT" Piovezan trouxe o pistol para sua equipe com três abates e deu os primeiros passos para uma dominante primeira metade. Kaike "KSCERATO" Cerato também fez seu papel de assegurar rounds complicados e manter a FURIA com um placar confortável como CT. No entanto, na reta final desse half, a BIG conseguiu buscar uma reação quando estava 9–2 para os brasileiros. Florian "syrsoN" Rische garantiu o terceiro ponto com um 3K e, junto da dupla Josef "faveN" Baumann e Johannes "tabseN" Wodarz, liderou a equipe até diminuir o prejuízo para 9–6.

A FURIA ficou com o pistol do segundo half graças à dupla KSCERATO e Yuri "yuurih" Boian, e aproveitou bem da vantagem econômica até chegar ao 13–7 no marcador. No entanto, syrsoN voltou a ser um grande problema para os brasileiros e chamou a responsabilidade para segurar os avanços e pegar alguns importantes abates de abertura para a BIG colocar o placar em 13–10. Foi quando arT, como lurker, virou um 3v5 em um econômico da FURIA, e KSCERATO completou com um 3K para encerrar essa reação da BIG. A boa vitória deu confiança para os brasileiros, que seguiram sem mais sustos na Vertigo até fechar a conta em 16–10.

arT teve um papel fundamental para assegurar a vitória da FURIA na Vertigo — Foto: Divulgação/João Ferreira/PGL

Mapa 3 (Mirage)

A FURIA teve um bom começo na Mirage, com um retake executado na paciência e com um 3K de Rafael "saffee" Costa para adquirir essa pequena vantagem inicial. A BIG, no entanto, cresceu na Mirage como TR a partir do primeiro armado e passou a dominar o confronto. O destaque ficou para os bons after plants da equipe alemã, que frustrou maior parte das tentativas de retake dos brasileiros. Não houve um destaque individual absoluto por parte da BIG, que contou com boas jogadas de cada um de seus jogadores para se manter à frente do placar e vencer esse half por 11–4.

No segundo pistol, a FURIA fez um plant rápido pelo bombsite A e, apesar de um after plant um pouco atrapalhado, conseguiu essa importante vitória. A BIG bateu os brasileiros no primeiro armado dessa metade e respirou como CT para interromper essa reação. Johannes "tabseN" Wodarz foi o jogador que se destacou dessa vez na equipe alemã: acumulou muitas eliminações e teve um grande papel para que a BIG se colocasse em posição confortável no confronto. Andrei "arT" Piovezan voltou a ter uma grande atuação, mas não conseguiu evitar a derrota por 16–10.

FURIA esboçou a reação na Mirage, mas parou em tabseN e vai para as quartas da IEM Dallas 2022 — Foto: Divulgação/PGL

A IEM Dallas 2022 começou na segunda-feira (30) e tem sua grande final marcada para o próximo domingo (5). A competição começou com 16 equipes ao todo, mas apenas seis se classificaram para os playoffs. Imperial Esports e MIBR também tentaram buscar essa classificação, mas acabaram eliminados na fase de grupos. O torneio conta com uma premiação total de US$ 250 mil (cerca de R$ 1,2 milhão).

Com informações de HLTV e Liquipedia

Mais do TechTudo