Campeonatos
Publicidade

Por Victor de Abreu, para o TechTudo


O MIBR foi derrotado pela Team Liquid, nesta quarta-feira (1), e está fora da IEM (Intel Extreme Masters) Dallas 2022, torneio de Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO). Depois de perder sua primeira chance de avançar aos playoffs em duelo contra a BIG, na noite de terça-feira (31), a equipe brasileira caiu para a chave inferior do Grupo B para seguir buscando essa vaga. Apesar da boa atuação durante a série melhor de três partidas (MD3), o MIBR não conseguiu superar o bom momento da Liquid e foi derrotado por 2–0. As parciais foram de 16–12, na Ancient, e 16–9, na Inferno.

Com a eliminação do MIBR, a FURIA Esports é a última representante brasileira na competição. Embora já esteja classificada para os playoffs graças à vitória sobre a Cloud9 na terça-feira (31), a equipe volta a jogar pelo Grupo B ainda hoje, às 20h, no horário oficial de Brasília, enfrentando a BIG para definir quem fica com a vaga direta na semifinal. Lembrando que o streamer Alexandre "Gaules" Borba e os canais oficiais da ESL transmitem o torneio na Twitch. Veja, a seguir, os destaques da série entre MIBR e Liquid.

MIBR não conseguiu superar a Liquid e deu adeus para a IEM Dallas 2022 — Foto: Divulgação/ESL

👉 Meu PC roda CS:GO? Tire dúvidas no Fórum do TechTudo

Mapa 1 (Ancient)

No mapa de escolha da Team Liquid, quem adquiriu a vantagem no começo foi o MIBR, como CT. Apesar de ter perdido o pistol, a equipe brasileira logo se recuperou a partir do primeiro armado e ainda teve Raphael "exit" Lacerda fazendo um 4K para se manter à frente no placar e chegar ao 5–2. Nesse ponto do jogo, Jonathan "EliGE" Jablonowski conseguiu frustrar alguns rounds do MIBR e impedir que a vantagem crescesse ainda mais. Apesar disso, Jhonatan "JOTA" Willian brilhou em dois rounds seguidos: em um, ele buscou dois abates para ter sucesso em um difícil retake, enquanto no outro, um clutch 1v2 garantiu a vitória do MIBR por 9–6 nesse half.

A Liquid voltou a vencer o pistol, dessa vez como CT, mas, como o MIBR plantou a C4, o time teve uma boa economia para cobrar os norte-americanos na rodada seguinte e abrir o caminho para quebrar a economia adversária. Quando a situação parecia encaminhada para os brasileiros, surgiu a derrota em um round eco da Liquid, o que fez o jogo desandar de vez. Nicholas "nitr0" Cannella passou e acertar boas balas e Joshua "oSee" Ohm ainda encontrou três disparos precisos com sua AWP em uma rodada que poderia trazer o bom momento de volta para o MIBR. No final, os brasileiros não se recuperaram e foram derrotados por 16–12.

JOTA teve uma grande atuação na Ancient, com o melhor rating 2.0 do duelo, mas não foi o suficiente para impedir a derrota — Foto: Divulgação/PGL

Mapa 2 (Inferno)

Na Inferno, a Team Liquid, como CT, voltou a levar o primeiro pistol. Depois, Nicholas "nitr0" Cannella emplacou duas rodadas em sequência deixando seu 4K e colocou sua equipe com uma boa vantagem de 4–0. Porém, o MIBR logo começou a aproveitar de seu mapa de escolha e emplacou uma bela sequência. Marcelo "chelo" Cespedes e Jhonatan "JOTA" Willian lideraram a equipe brasileira rumo à virada e chegaram a 6–4 no marcador. Nesse ponto, a equipe norte-americana acordou e voltou a contar com a habilidade de Jonathan "EliGE" Jablonowski para interromper o bom momento dos brasileiros. Porém, o MIBR ainda conseguiu sair dessa metade com a vantagem mínima de 8–7.

Na virada de lados, o MIBR conseguiu vencer seu primeiro pistol em toda a série e teve a chance de garantir mais tranquilidade na Inferno. No entanto, a Liquid conseguiu trazer a vitória na rodada seguinte graças a um bom trabalho de Richard "shox" Papillon no after plant e voltou a assumir o controle do mapa. Os brasileiros chegaram perto de superar a Liquid em diversas rodadas, mas algumas derrotas vieram nos mínimos detalhes, impedindo sua recuperação nessa metade. Administrando bem a vantagem, a Liquid fechou a Inferno em 16–9 e eliminou o MIBR da competição.

EliGe frustrou o MIBR em diversos momentos e foi um dos destaques da vitória da Liquid por 2–0 — Foto: Divulgação/PGL

A IEM Dallas 2022 começou na segunda-feira (30) e tem seu encerramento previsto para o próximo domingo (5). A brasileira FURIA Esports jogará mais tarde, às 20h, contra a BIG para tentar a vaga direta na semifinal dos playoffs. Já a Imperial Esports, outra participante brasileira, já foi eliminada após derrota para a mesma Team Liquid. A IEM Dallas 2022 contou inicialmente com 16 equipes ao todo e distribui uma premiação total de US$ 250 mil (cerca de R$ 1,2 milhão).

Com informações de HLTV e Liquipedia

Mais do TechTudo