Publicidade

Por Raquel Freire, para o TechTudo

Divulgação/Amazon

Echo Show 10 e Echo Show 15 são duas telas inteligentes da Amazon que trazem a assistente de voz Alexa integrada. A primeira foi lançada globalmente em 2020, mas chegou ao Brasil em 2021, sendo encontrada por cerca de R$ 1.614 na Amazon. Já a Echo Show 15 teve lançamento mundial em 2021, desembarcando por aqui em maio e já podendo ser comprada por R$ 1.804 na mesma loja. Apesar do preço semelhante, há diferenças entre os displays smart, que têm detalhes distintos e prometem agradar a públicos diferentes.

A seguir, confira o comparativo da ficha técnica entre as Echo Show 10 e 15 e veja qual é a melhor para cada uso.

Echo Show 15 vs Echo Show 10: confira comparativo entre as telas inteligentes da Amazon — Foto: Divulgação/Amazon

Design

Apesar de mudanças na parte interna, é no design que as telas da Amazon mais se distanciam. A versão de 2020 se assemelha a uma espécie de tablet, com acabamento preto e bordas arredondadas. Ela é acoplada a uma caixa de som, com suporte giratório, que serve de base para o dispositivo ficar orientado na horizontal.

Já a Echo Show 15 é projetada para ser pendurada na parede, trazendo uma moldura branca bem espessa, com acabamento preto, que a faz parecer com um quadro. Ela até pode ser usada em pé sozinha, mas precisa de um suporte, vendido separadamente.

Echo Show 15 traz moldura branca e preta que faz tela parecer um quadro — Foto: Divulgação/Amazon

As dimensões mais avantajadas do novo modelo reforçam a proposta de ele ser um objeto central no ambiente. São 40,2 cm de largura na Echo Show 15, contra 25,1 cm na Echo Show 10. Na outra lateral, a tela de 2021 tem 25,2 cm, 2,2 cm a mais do que a irmã menor.

Na espessura, porém, a lógica é invertida. Sem a caixa de som — que faz a Echo Show 10 ter um total de 17,2 cm de profundidade —, a versão de 15 polegadas apresenta apenas 3,5 cm na dimensão, o que lhe permite ser pendurada na parede de casa.

Entre perdas e ganhos de ambos os lados, o resultado geral no peso é que as duas se equivalem: enquanto a Echo Show 10 tem 2,56 kg, a Show 15 tem 2,21 kg. Não que isso represente muita coisa, já que nenhum dos dois dispositivos é pensado para ser transportado de um lado para o outro.

Amazon Echo Show 10 tem aparência de tablet acoplado à caixa de som — Foto: Divulgação/Amazon

Tela

O principal componente de hardware alterado nas telas inteligentes da Amazon é o display. A Echo Show 10 possui tela HD (1280 x 720 pixels) de 10,1 polegadas com rotação automática (175 graus) e inclinação manual.

O design do modelo de 2020 faz com que o monitor fique sempre na horizontal. A Echo Show 15, por outro lado, pode ser ser colocada com orientação retrato ou paisagem. A versão mais recente traz display tem 15,6" e traz resolução Full HD (1920 x 1080 pixels).

Tela da Echo Show 15 permite orientação no modo retrato ou paisagem — Foto: Divulgação/Amazon

Áudio

A Echo Show 10 ganha no quesito áudio, pelo menos na teoria. Com uma caixa de som dedicada, o sistema engloba dois tweeters de 1" e um woofer de 3", o que permite entregar graves melhores. Já a Echo Show 15 conta apenas com dois alto-falantes de 1,6" , posicionados na parte traseira — que, vale lembrar, fica junto à parede.

Essa característica deve ser considerada com atenção por quem pretende usar o smart display para ouvir música. Para este público, a versão de 10" deve ser mais interessante, já que pode entregar um som mais potente e livre.

Câmera e processamento

As telas inteligentes da Amazon têm prós e contras na combinação dos recursos de câmera e processamento. A Echo Show 10 traz um sensor mais poderoso, de 13 MPs contra os 5 MP do irmão maior.

Além da maior resolução, a vantagem da câmera da Echo Show 10 é que ela está sobre uma base giratória. Isso permite à tela "buscar" constantemente o usuário, mantendo-o no centro das videochamadas, mesmo que ele se locomova pelo cômodo. O sensor também consegue focar, aplicar zoom e produzir panorâmica automaticamente, graças ao poder de processamento do chip MediaTEK 8183, que trabalha em conjunto com o Amazon AZ1 Neural Edge.

Câmera da Echo Show 10 usa base giratória para seguir usuário durante videochamadas — Foto: Divulgação/Amazon

A Echo Show 15 não possui essa capacidade de rastreamento. Em contrapartida, o processador octa-core Amlogic Pop1 e o mecanismo de rede neural Amazon AZ2 têm capacidade de reconhecimento facial e de voz. Com isso, a Alexa consegue identificar as pessoas da família e pode ser usada para mostrar recados específicos para cada pessoa da casa.

A segunda geração do processador Amazon promete um reconhecimento de voz mais rápido e eficiente. Isso significa, inclusive, menos ativações falsas, como quando a tela smart começa a captar sem a palavra de ativação "Alexa".

Os dois dispositivos trazem uma tampa com botão de desligamento do microfone e da câmera — e, no caso da Show 10, também da função de movimento. Assim, o usuário pode desativar as capturas e manter a privacidade de forma rápida. O desligamento também pode ser feito por meio de comando de voz, como era de se esperar.

Amazon Echo Show 10 possui botão de desligamento para manter a privacidade do usuário — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

Conectividade

As especificações de conectividade são idênticas nas duas Echo Show. Elas trazem Wi-Fi dual band no padrão AC, contando com duas antenas com tecnologia MIMO.

A Amazon não divulga a versão do Bluetooth na ficha técnica de nenhum dos displays. No entanto, a fabricante detalha que o streaming de áudio é no padrão A2DP, enquanto o de áudio/vídeo é o AVRCP.

Recursos

As telas Echo Show podem controlar dispositivos de casa inteligente que usam o Zigbee. O protocolo IoT, um dos mais populares da atualidade, permite usar a Alexa para ver câmeras de segurança, ligar lâmpadas inteligentes, ativar robôs aspiradores, entre outros eletrodomésticos.

Um diferencial do Echo Show 15 é a presença de widgets. O usuário pode inserir diversos blocos de informações na telona, como listas de tarefas, compromissos da agenda e datas de aniversário. Cada membro da família pode personalizar o perfil da sua maneira. Dessa forma, o display muda assim que o dispositivo reconhece a pessoa, seja por voz ou pela câmera.

Widgets da Amazon Echo Show 15 podem ser personalizados conforme cada perfil de usuário — Foto: Divulgação/Amazon

Plataformas suportadas

A compatibilidade dos displays inteligentes é a mesma. O aplicativo Alexa funciona com dispositivos Fire OS, Android (6 ou superior) e iOS (11 ou superior). Para aparelhos de casa smart, o padrão de comunicação sem fio é o Zigbee.

Preço

A Echo Show 10 e a Echo Show 15 têm preços semelhantes. Enquanto a primeira é encontrada por R$ 1.614 na Amazon, a segunda custa R$ 1.804. A versão mais recente sai um pouco mais cara se for usada em pé. Neste caso, o proprietário terá de comprar um suporte à parte, que custa R$ 149 na versão inclinável ou R$ 199 na versão com articulação também na horizontal. A Amazon oferece garantia e assistência técnica de um ano.

Com informações de Amazon (1/2 e 3)

No vídeo abaixo, conheça curiosidades sobre o assistente virtual do Google

Google Assistente: quatro curiosidades sobre o software

Google Assistente: quatro curiosidades sobre o software

Nota de transparência: Amazon e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação. Os preços mencionados podem sofrer variação e a disponibilidade dos produtos está sujeita aos estoques. Os valores indicados no texto são referentes ao mês de junho de 2022.

Mais do TechTudo