Veículos
Publicidade

Por Lucas Santos, para o TechTudo

Divulgação/iFood

O iFood anunciou uma medida sustentável para o delivery de comida de São Paulo na última terça-feira (31). Trata-se do lançamento da EVS Work iFood, uma moto elétrica produzida em parceria com a montadora brasileira Voltz Motors para os entregadores do aplicativo. O veículo promete autonomia de até 180 quilômetros e pode ser adquirido por R$ 9.999,90, valor que, conforme a empresa de entregas, é menor que o praticado no mercado. A expectativa é de expandir o projeto para mais localidades do país ainda em 2022.

As 300 primeiras unidades do veículo sustentável podem ser adquiridas por meio de um financiamento com um subsídio que garante R$ 2.000 de desconto aos entregadores interessados. O projeto está sendo implementado de forma piloto na capital paulista e, nesta primeira fase, serão instaladas cem estações de troca rápida de bateria em bairros como Lapa, República, Pinheiros, Jardins, Moema e Itaim Bibi e na avenida Paulista.

Na fase inicial do projeto, a moto elétrica do iFood estará disponível para os entregadores com melhores notas — Foto: Divulgação/iFood

As motos elétricas EVS Work iFood podem funcionar com um sistema de trocas de baterias. Essa é uma opção para que os entregadores não tenham que se preocupar com a recarga do veículo. Para isso, é necessário assinar um dos planos de assinatura com preços que variam de R$ 129 por mês para quem roda até 2.000 km a R$ 319 para quilometragem e trocas ilimitadas.

Com a assinatura, os entregadores conseguem realizar a troca de baterias descarregadas por outras carregadas nas estações em cerca de um minuto. Mas a EVS Work iFood também acompanha um carregador de bateria, pelo qual é possível recarregar em qualquer tomada em cerca de cinco horas.

De acordo com o aplicativo de entregas, os testes do projeto revelaram que os gastos dos entregadores podem ser reduzidos em até 60% no combustível e 70% na manutenção. Por exemplo, um entregador que percorre 3.000 km por mês tem custo mensal em torno de R$ 610 de combustível (considerando o litro a R$ 7,10).

Moto elétrica do iFood possui capacidade de suporte do baú de até 20 kg — Foto: Divulgação/iFood

Ainda segundo o iFood, o objetivo da empresa é fazer com que 50% das entregas sejam realizadas por veículos que não utilizam combustíveis fósseis, até 2025. A estimativa aponta que as motos elétricas poderão evitar que 30 mil toneladas de CO2 sejam lançadas na atmosfera no período de um ano. Além das motos elétricas, o app também também realiza projetos com planos acessíveis para o uso de bicicletas comuns e elétricas nas entregas.

O aplicativo de delivery ainda destaca que o veículo elétrico também pode ser utilizado nos momentos de lazer dos usuários, não sendo apenas um transporte utilizado para trabalho. A moto possui dois anos de garantia.

No vídeo abaixo, saiba como cadastrar um código de desconto no iFood

Como cadastrar um código de desconto no iFood

Como cadastrar um código de desconto no iFood

Mais do TechTudo