Monitor
Publicidade

Por Igor Nishikiori, para o TechTudo

Divulgação/Asus

A Asus e a Nvidia anunciaram recentemente o Asus ROG Swift 500 Hz, o primeiro monitor do mundo com suporte a taxa de atualização de 500 frames por segundo (FPS). Ainda sem preço ou data de lançamento oficial, o monitor tem 24,1 polegadas, resolução Full HD (1920 px x 1080 px) e é compatível com as tecnologias G-Sync e Reflex da Nvidia. Displays com taxas de atualização altas, como é o caso do ROG Swift 500 Hz, costumam dar uma vantagem extra em jogos multiplayer, em que uma fração de segundo pode determinar o resultado de uma partida.

Por isso, a Asus aposta que a novidade será o novo padrão entre atletas de esports, streamers e até mesmo para gamers casuais. Confira a seguir o que podemos esperar da tecnologia de monitores de 500 Hz:

Asus ROG Swift é o primeiro monitor com taxa de atualização de 500 Hz do mundo — Foto: Divulgação/Nvidia

Fim do efeito "ghosting"

Em jogos com muita ação, como shooters ou simuladores de corrida, a tela nem sempre consegue acompanhar a velocidade dos acontecimentos. Então, é comum acontecer o efeito ghosting, que é a imagem residual que aparece durante transição entre um quadro e outro.

Funciona assim: quando uma imagem é gerada na tela, ela logo precisa ser apagada para dar lugar a outra imagem e assim por diante, criando a ilusão de movimento. Só que há casos em que, durante essa transição, a imagem anterior não se apaga por completo, deixando um rastro ao redor da imagem que cria o efeito fantasmagórico.

Comparação do efeito ghosting de acordo com a taxa de atualização do monitor — Foto: Divulgação/Nvidia

Uma das maneiras de suavizar isso é com um monitor com taxas de atualização altas. Quanto maior for a taxa, menos perceptível é o efeito e mais suave será a transição entre as imagens. Assim, os gráficos ficam muito mais nítidos e bonitos, e o game fica mais agradável de se jogar.

A Nvidia divulgou um vídeo que mostra como um monitor de 500 Hz diminui consideravelmente o efeito ghosting.

Maior precisão nos movimentos

Mais do que melhorar o visual, monitores mais rápidos oferecem uma vantagem competitiva em jogos multiplayer. Com animações mais fluidas, é possível rastrear a posição do oponente e atingi-lo antes que ele consiga reagir. Em um jogo de tiro, por exemplo, se um oponente está se movendo para os lados, é mais fácil calcular o momento correto de disparar.

Não por acaso, a Nvidia anunciou que a tecnologia será compatível com os principais títulos de esports da atualidade, como Counter Strike: Global Offensive, Valorant, Overwatch e Rainbow Six Siege.

Movimentação em monitores com 500 Hz é mais suave e pode oferecer vantagem competitiva — Foto: Reprodução/Nvidia

Além disso, jogos de esportes, como F1 e futebol, também podem se beneficiar de animações mais suaves, já que também exigem movimentos precisos para se dar bem.

Latência menor

A Asus ainda não divulgou as especificações técnicas, mas já disse que o novo monitor terá um tempo de resposta 60% mais rápido. Parte disso é creditado ao novo painel Esports TN (E-TN), que é uma versão turbinada dos painéis TN (Twisted Nematic). Lembrando que esse tipo de painel é considerado mais rápido do que o IPS (In-Plane Switching) e o VA (Vertically Aligned).

Além disso, as tecnologias G-Sync e Reflex da Nvidia também levam o crédito. Com um monitor e uma placa de vídeo compatíveis, o tempo de resposta entre o PC e o game é praticamente instantâneo. Ou seja, assim que o jogador clica no mouse ou no teclado, a ação é rapidamente acionada no jogo. Com isso, quem tem reflexos rápidos leva vantagem.

Tecnologia G-Sync da Nvidia diminui latência dos jogos — Foto: Divulgação/Nvidia

Portanto, muito provavelmente quem quiser usufruir completamente do monitor 500 Hz da Asus vai precisar de uma placa de vídeo da Nvidia em seu PC.

Com informações de Ars Technica, Asus e Tom's Hardware

No vídeo abaixo, saiba como montar um PC gamer sem gastar muito

5 dicas para comprar um PC gamer bom e "barato"

5 dicas para comprar um PC gamer bom e "barato"

Mais do TechTudo