Publicidade

Por Shoptime

Reprodução/Dell

Não é qualquer notebook que consegue rodar os games atuais, programas mais exigentes ou trabalhar em uma rotina multitarefa. Antes de escolher um novo notebook gamer, é importante prestar atenção nas configurações para investir em uma máquina com potência mais que suficiente para satisfazer sua diversão. O Shoptime fala mais a seguir.

De forma geral, o consumidor encontra desde "notebooks gamers de entrada", que seriam computadores com configuração e preço intermediários, que vão atender o jogador e também o profissional que precisa de bom desempenho, até as máquinas topo de linha e com altíssima performance.

Um bom notebook gamer precisa ter um processador de última ou penúltima geração, boa quantidade de memória RAM e armazenamento, uma placa de vídeo de qualidade e também de geração recente, tela com boa resolução, com arquitetura de construção e resfriamento decentes. É uma configuração mais "parruda" do que a de um computador utilizado apenas para trabalho e estudo, mesmo que com arquivos pesados.

E qual a melhor escolha, um notebook ou um desktop gamer? Enquanto um notebook é perfeito para quem precisa de mobilidade, os computadores de mesa são mais indicados para quem busca uma máquina de alto desempenho gastando menos. Leia mais aqui.

Requisitos mínimos ou recomendados?

Os estúdios de games costumam divulgar especificações mínimas e recomendadas quando fazem o lançamento de seus jogos para PC. As configurações mínimas são o necessário para o usuário que vai jogar de forma casual e esporadicamente, sem investir muito dinheiro nesse hobby.

Já as configurações recomendadas são indicadas para quem deseja uma experiência mais completa, graficamente avançada e para jogadores que visam participar de competições. Uma máquina mais potente vai permitir que o jogo rode muito mais liso, com maior FPS (taxa de frames por segundo), para não ter nenhuma desvantagem diante de adversários em partidas ranqueadas.

Notebooks gamers mais caros e potentes oferecem uma experiência otimizada e são capazes de rodar praticamente qualquer jogo, seja na própria tela ou em um monitor externo de altíssima resolução; realizar qualquer tarefa gráfica mais demandante, como editar e renderizar vídeos em 4K; e permitir ao jogador fazer livestreams de suas partidas, sem perda de qualidade ou desempenho, entre outras ações.

Principais requisitos de jogos atuais

Para jogar Fortnite, os requisitos mínimos são processador Core i3-3225 3.3 GHz, placa de vídeo Intel HD 4000 ou Intel Iris Pro 5200 e 4 GB de memória RAM. Já os requisitos recomendados são Intel Core i5-7300U 3.5 GHz ou AMD Ryzen 5, placa de vídeo Nvidia GTX 960, AMD R9 280 ou GPU DX11, VRAM (memória da placa de vídeo) de 2 GB e 8 GB de memória RAM.

Para jogar Valorant, os requisitos mínimos para rodar a 30 FPS são processador Intel Core 2 Duo E8400, placa de vídeo (GPU) Intel HD 3000, VRAM de 1 GB e 4 GB de RAM. Os requisitos recomendados, para 60 FPS, são processador Intel Core i3-4150 ou AMD Ryzen 3, placa de vídeo GeForce GT 730, VRAM de 1 GB e 4 GB de memória RAM.

E para jogar Valorant de forma competitiva a 144 FPS, as recomendações são um processador Intel Core i5-4460 de 3.2GHz ou AMD Ryzen 5, placa de vídeo GTX 1050 Ti, VRAM de 1 GB e 4 GB de RAM.

Para jogar PUBG, o gamer precisa de chip Core i5 ou Ryzen 5, 8 GB de RAM e placa de vídeo GTX 1060 de 3 GB ou AMD Radeon RX 580 de 4 GB.

Call of Duty: Modern Warfare pede, pelo menos, processador Intel Core i3 4340 ou AMD FX-6300 e os mesmos 8 GB de RAM.

Já Call of Duty: Warzone, exige no mínimo chip Intel Core i3-4340 ou AMD FX-6300, GPU NVIDIA GeForce GTX 670, GeForce GTX 1650 ou Radeon HD 7950 e 8 GB de memória RAM. A configuração recomendada é processador Intel Core i5 ou AMD Ryzen R5 1600X, placa de vídeo NVIDIA GeForce GTX 970, GTX 1660, Radeon R9 390 ou AMD RX 580 e 12 GB de memória RAM.

Para se aventurar pelas estradas do México, o jogador que quer rodar Forza Horizon 5 precisa de, no mínimo, processado Ryzen 3 1200 ou Intel i5-4460, placa de vídeo Radeon RX 470 ou NVIDIA GTX 970, VRAM de 4 GB e 8 GB de memória RAM. Para ter uma experiência ainda mais rica, é preciso ter chip AMD Ryzen 5 1500X ou Intel i5-8400, placa de vídeo Radeon RX 590 ou NVIDIA GTX 1070, VRAM de 8 GB e 16 GB de memória RAM.

E para enfrentar os perigos de Resident Evil: Village, os requisitos recomendados (60 FPS e sem ray tracing) são processador Intel Core i7-8700 ou AMD Ryzen 5 3600, placa de vídeo NVIDIA GeForce GTX 1070 ou AMD Radeon RX 5700 e 16 GB de RAM.

Para o jogo rodar com ray tracing (efeitos de luz e reflexos), a 60 quadros por segundo e em 4K, a configuração necessária é processador Intel Core i7-8700 ou AMD Ryzen 5 3600, placa de vídeo NVIDIA GeForce RTX 3070 ou AMD Radeon RX 6900 XT, e 16 GB de memória RAM.

Visite o Shoptime para pesquisar as opções de notebook gamer e conferir os computadores em oferta.

Você pode comprar pelo site ou baixar o app Shoptime, que tem vantagens exclusivas e permite acompanhar a sua entrega.

Shoptime
Mais do TechTudo