Notebooks
Publicidade

Por Luana Carmelina, para o TechTudo

Divulgação/Intel

A plataforma Intel Evo abrange uma categoria de notebooks de última geração que recebem esse selo. Trata-se de uma caracterização a um notebook — como se fosse uma etiqueta —, que indica que o modelo atende certos atributos. A ideia é que, a partir do selo, as fabricantes de laptops passem a desenvolver sistemas que garantam maior desempenho, autonomia, durabilidade e outros recursos importantes em dispositivos leves e ultrafinos. Dessa forma, o Intel Evo torna instantânea a identificação da tecnologia e da potência do PC, o que gera maior clareza e facilidade ao consumidor na hora de comprar.

Modelos que possuem o o selo são indicados para pessoas que precisem trabalhar fora de casa ou façam muitas tarefas ao mesmo tempo, sendo laptops cuja bateria dura bastante tempo, entre outras coisas. Separamos, a seguir, as principais características para você entender melhor como funciona a plataforma Intel Evo.

Modelos são de última geração e prometem grande autonomia, além de rapidez e durabilidade — Foto: Reprodução/Intel

Projeto Athena

Dentre os requisitos, está a ativação instantânea do notebook em modo suspenso — Foto: Reprodução/Intel

O Intel Evo é considerado uma segunda edição do Projeto Athena. Desenvolvido pela Intel em 2019, o projeto surgiu como uma validação dos computadores produzidos e já contava com uma série de exigências, como boa duração da bateria e desempenho consistente. Na primeira fase, já eram solicitados notebooks com carregamento rápido, Wi-Fi 6, boa velocidade de resposta para tarefas instantâneas e Gigabit LTE opcional. Para serem aprovados e receberem o título, os computadores também deveriam ter CPU Intel Core i5 ou Core i7 de 11ª geração com gráficos integrados Intel Xe.

Como não havia uma comunicação direta entre o consumidor e o projeto, os produtos aprovados no Athena eram classificados como modelos premium, sem veiculação comercial com link para o projeto. A criação da plataforma Intel Evo e do próprio selo disposto nos aparelhos possibilitou mostrar a ligação existente entre os requisitos rigorosos da companhia e quais computadores trabalhavam com os recursos exigidos — além da promessa de cumprirem com qualidade aquilo que propõem. Dessa forma, as principais fabricantes de laptops, como a Dell, Lenovo, Acer, Samsung, Asus e HP já estão disponíveis na plataforma Intel Evo.

Critérios de seleção

O selo Intel Evo tem como objetivo qualificar os produtos que cumpram os requisitos da companhia — Foto: Reprodução/Samsung

Os critérios para a qualificação dos laptops Intel Evo são completos e rígidos — é preciso que os fabricantes cumpram todos os requisitos para receber o título. O primeiro critério para que o produto seja selecionado são os processadores Alder Lake de 12ª geração da Intel, os mais recentes da marca. Além disso, eles devem ser da série H, para que haja alto desempenho e autonomia de energia.

A bateria desses laptops deve durar pelo menos nove horas com uma única carga, sem contar que, para cada 30 minutos de recarga, a bateria do dispositivo deve aguentar até quatro horas. Quanto ao design dos laptops, é necessário que eles sejam ultrafinos e extremamente leves. Isso porque a proposta da Intel é que esses aparelhos sejam transportados facilmente em viagens ou mesmo fora de casa. Portanto, todos os desenvolvedores se preocupam com o peso e, atualmente, todos são mais leves que 1,5 kg. A plataforma suporta telas de 15 ou 16 polegadas e também dispositivos com telas dobráveis.

Outro requisito de extrema importância é a rapidez. Na proposta do selo, está inclusa a capacidade dos notebooks saírem do modo de suspensão em menos de um segundo, além de ter suporte para transferência rápida de dados, possuindo Thunderbolt 4.0, carregamento USB-C e Wi-Fi 6E integrado. Pensando na prática diária do home office e em trabalhos intensos, um novo requisito introduzido foi a Colaboração Inteligente. Esse recurso permite que o computador seja multitarefa e não trave em aplicativos como Microsoft Office, Zoom e Slack.

Especificações se tornaram mais exigentes na 3º geração da plataforma Evo — Foto: Reprodução/Intel

Outras especificações apresentadas pela Intel incluem um mínimo de 8 GB de RAM de canal duplo, SSD PCIe NVMe de 256 GB, recursos de login biométrico como câmera IR, leitor de impressão digital, sensor de proximidade Bluetooth e conectividade Gigabit LTE opcional.

Em resumo

O Intel Evo é um emblema que promete um padrão de laptops de alta qualidade certificado pela Intel. As características encontradas nos modelos aprovados e qualificados pelo selo são:

  • Resposta consistente na bateria;
  • ativação em menos de um segundo quando estiver no modo suspenso ;
  • nove horas ou mais de duração real da bateria (notebooks com tela Full HD);
  • quatro horas ou mais de duração da bateria em uma carga de 30 minutos em (notebooks com tela Full HD);
  • conectividade Wi-Fi 6;
  • portas Thunderbolt 4 e carregamento USB-C.

O que muda com a 3º geração?

  • SoC Intel de 12ª geração;
  • suporte a Wi-Fi 6E;
  • Intel Connectivity Performance Suite (disponível apenas no Windows);
  • supressão dinâmica de ruído de fundo;
  • tecnologia Intel Visual Sensing;
  • câmera FHD (altamente recomendada) ou câmera Intel IPU6/MIPI.

Sistemas Intel H-Series de 12ª geração foram incluídos na plataforma Evo, com requisitos extras:

  • CPU Intel Core H-Series de 12ª geração (35 Watts a 45 Watts TDP);
  • GPU Intek Arc Discrete com Intel Deep Ink;
  • tela entre 15 e 16 polegadas.

Segundo a fabricante, o selo garante que o usuário realize múltiplas tarefas com alto desempenho do produto — Foto: Reprodução/Intel

Preço e alternativas

Embora o selo ofereça uma boa qualidade de computadores, é sempre importante pensar na necessidade pessoal do usuário. Um dos fatores de peso nessa decisão pode ser o preço, já que os produtos que possuem a qualificação costumam ser mais caros, geralmente vendidos por mais de mil libras. No Brasil, a categoria não sai por menos de R$ 8.000. Por exemplo, o modelo XPS 13 da Dell é encontrado por R$ 9.299 na loja oficial, enquanto o Galaxy Book Pro, da Samsung, é vendido por R$ 9.499 no site da marca.

A plataforma Evo comporta apenas chips Intel, mas em relação aos produtos com qualidade semelhante, é possível encontrar computadores com bom desempenho, como os processadores AMD, com a série Ryzen 6000. Outro exemplo são os processadores baseados em ARM, que prometem oferecer bateria duradoura , como é o caso da fabricante Qualcomm. Vale lembrar que a Apple também trabalha com chips de alto desempenho, como os modelos M1 Pro e M1 Max, sendo mais uma alternativa ao selo.

No vídeo abaixo, conheça dicas para evitar problemas ao vender um notebook usado

Vai vender notebook usado? Veja dicas para evitar problemas

Vai vender notebook usado? Veja dicas para evitar problemas

Mais do TechTudo