Placas
Publicidade

Por FIlipe Garrett, para o TechTudo

Divulgação/Nvidia

GeForce RTX 2060 e RTX 3050 e são placas de vídeo da Nvidia posicionadas entre os mercados de entrada e intermediário. Feitas com arquiteturas diferentes, elas oferecem tecnologias atuais, como o DLSS e Ray Tracing. Ambas são encontradas no mercado brasileiro a partir de R$ 2.199, mas acabam diferindo bastante em performance.

Mesmo sendo um modelo mais antigo, a RTX 2060 ainda supera a RTX 3050 em comparativos que consideram resultados de benchmarks e desempenho em games recentes. A seguir, o TechTudo separou as principais especificações técnicas das GPUs para você compará-las e ver qual é a melhor para o seu PC.

Especificações

RTX 3050 chegou em janeiro ao mercado — Foto: Divulgação/Nvidia

Entre as duas placas, a RTX 2060 é a mais antiga e é servida por um processador gráfico formado por 1.920 núcleos CUDA de processamento. Além disso, conta com 240 núcleos Tensor — usados em tarefas de inteligência artificial — e outros 30 núcleos RT, esses dedicados ao processamento de efeitos de Ray Tracing em tempo real.

Já a RTX 3050 é parte de uma arquitetura mais recente da Nvidia. O processador dessa GeForce conta com 2.560 núcleos CUDA, 80 Tensor e 20 unidades RT. Enquanto a RTX 2060 pode funcionar em velocidades de 1.365 a 1.680 MHz, a GPU da 3050 atinge velocidades mais altas, entre 1.552 e 1.777 MHz.

As duas placas de vídeo também diferem na memória RAM. A 2060 tem a seu serviço um total de 6 GB de GDDR6, conectados ao processador gráfico da placa por meio de uma interface de 192 bits. Isso é suficiente para que os dois componentes troquem até 336 GB de dados a cada segundo.

A RTX 3050 vem com 8 GB, mas como usa uma interface mais estreita de 128 bits, acaba trocando 224 GB/s com a GPU. A diferença é considerável, e de saída indica que, embora com menos memória, a RTX 2060 pode se dar melhor em games rodando a resoluções mais altas.

Desempenho

RTX 2060 supera a RTX 3050 em 23% na média — Foto: Divulgação/Nvidia

Os números anteriores, com ampla vantagem para a RTX 3050 em contagem de núcleos e velocidades, parecem mostrar que a nova placa é melhor. Mas, na prática, a performance computacional bruta ainda favorece a RTX 2060. Em testes sintéticos de benchmark, a antecessora pode ser até 20% mais rápida.

O agregador de benchmarks GPU UserBenchmark reforça essa impressão: a RTX 2060 é 23% mais rápida na média dos resultados agregados em testes realizados por usuários do mundo inteiro.

Recursos

Ray Tracing aparece nas ruas RTX — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

As duas GeForce são bem parecidas em termos de tecnologia embarcada. Nos dois casos, há suporte a Ray Tracing e DLSS. Contudo, assim como nas medidas de desempenho bruto, testes mostram que a RTX 2060 é melhor no Ray Tracing do que a irmã mais nova. No DLSS, um cenário similar se repete, embora aqui os resultados variem mais conforme o game.

Além das tecnologias embarcadas no hardware, as duas placas de vídeo da Nvidia têm acesso aos recursos mais novos dos drivers e do GeForce Experience. Ferramentas para realizar lives com efeitos aprimorados em tempo real com o uso de IA, o Nvidia Ansel para capturas de imagens e vídeo de alta qualidade dos games, além de suporte a filtros em jogos mais antigos são apenas alguns dos exemplos.

Consumo

GeForce RTX 3050 consome menos e aparece em versões compactas para PCs mini — Foto: Divulgação/Nvidia

Mais lenta do que a irmã mais velha, a RTX 3050 tem uma vantagem: mais eficiente, a placa precisa de menos energia para funcionar. Ela é mais econômica com um TBP estimado pela Nvidia em 130 W, também deve esquentar menos e emitir menos ruído.

A RTX 2060 precisa de mais eletricidade para funcionar a 100% de suas capacidades: são 160 W nas contas da Nvidia. Enquanto a fabricante recomenda fonte de 450 W de potência como mínimo em um PC com a 2060, a RTX 3050 vai requerer uma unidade de apenas 300 W para funcionar de forma estável.

Preço e disponibilidade

Os preços para as duas placas andam bem parecidos no mercado brasileiro. Em nossas buscas, encontramos tanto a RTX 2060 como a RTX 3050 saindo de R$ 2.199 no anúncio mais em conta, considerando lojas de boa reputação em hardware.

Há opções mais caras para as duas GPUs, variando sobretudo em especificações técnicas alteradas pelos fabricantes parceiros: a RTX 2060 Evo Dual com overclock de fábrica da Asus vai sair por R$ 2.799, por exemplo. Já a edição da Galax com overclock a um clique da RTX 3050 não sai por menos de R$ 2.598.

Custo-benefício

No resumo, a RTX 2060 é uma placa de vídeo superior à RTX 3050, mesmo que a frieza dos números indique o contrário. A placa tem menos velocidade e núcleos, mas é servida por memória mais rápida e entrega performance 23% superior à 3050.

Além de mais rápida, a RTX 2060 custa basicamente a mesma coisa do que a RTX 3050, tornando a indicação pela placa mais recente algo difícil. Talvez o único caso de uso que possa justificar o investimento na 3050 seja aquele do consumidor interessado em montar um computador com gabinete compacto. Nesse caso, as versões pequeninas da RTX 3050 acabam sendo uma escolha mais racional do que a 2060.

RTX 3050 vs RTX 2060

Especificações RTX 3050 RTX 2060
Lançamento Janeiro de 2022 Janeiro de 2019
Núcleos 2.560 núcleos CUDA 1.920 núcleos CUDA
Velocidade 1.552 a 1.777 MHz 1.365 a 1.680 MHz
Memória RAM 8 GB GDDR6 6 GB GDDR6
Velocidade da memória 14 Gb/s 14 Gb/s
Interface de memória 128 bits 192 bits
Largura de banda 224 GB/s 336 GB/s
TGP 130 W 160 W

Com informações de Nvidia (1 e 2), TechPowerUp, MakeUseOf e GPU UserBenchmark

No vídeo abaixo, aprenda a descobrir o modelo de sua placa-mãe

Como descobrir o modelo de sua placa-mãe

Como descobrir o modelo de sua placa-mãe

Mais do TechTudo